Artigo Anais IV CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

UMA ABORDAGEM SOBRE O USO DAS PLANTAS MEDICINAIS EM PACIENTES PORTADORES DE HAS: UMA REUNIÃO DE INFORMAÇÕES DA LITERATURA CIENTÍFICA.

Palavra-chaves: HIPERTENSÃO, PLANTAS MEDICINAIS, TERAPIAS COMPLEMENTARES Pôster (PO) AT 10: Ciências da Saúde: abordagens na pesquisa e no ensino Publicado em 02 de setembro de 2019

Resumo

A HAS É UMA DOENÇA CRÔNICA MULTIFATORIAL, CARACTERIZADA PELOS PORTADORES APRESENTAREM NÍVEIS PRESSÓRICAS CONSTANTEMENTE ELEVADOS, ONDE PA SISTÓLICA POSSUI VALORES >140MMHG E PA DIASTÓLICA >90MMHG. A MAIORIA DOS INDIVÍDUOS PORTADORES DE HAS NÃO APRESENTA SINTOMAS, PARA AUXILIAR AO CONTROLE DE TAIS NÍVEIS, DESTACA-SE 3 ABORDAGENS QUANTO A TERAPIA: FARMACOLÓGICA, NÃO FARMACOLÓGICA E COMPLEMENTAR. POSSUI FINALIDADE DE PREVENIR AUMENTO DE NÍVEIS PRESSÓRICOS, OU REDUÇÃO AOS NÍVEIS DE PA JÁ ELEVADOS. A PRODUÇÃO DE METABÓLITOS SECUNDÁRIOS É O RESPONSÁVEL POR PRODUZIR PROPRIEDADES ANTI-HIPERTENSIVAS EM PLANTAS, OCORRENDO AÇÃO POR DIVERSOS MECANISMOS. ASSIM, TORNA-SE ESSENCIAL UM ESTUDO QUE REÚNA INFORMAÇÕES ACERCA DO USO POPULAR CORRELACIONANDO COM ESTUDOS FARMACOLÓGICOS, AVALIAÇÕES DE ENSAIOS E EFEITOS, ASSIM COMO FAMÍLIAS E ESPÉCIES QUE SE DESTACAM. TRATA-SE DE UMA REVISÃO LITERÁRIA QUE UTILIZOU COMO FONTE DE PESQUISA TRABALHOS INDEXADOS NO BANCO DE DADOS DO GOOGLE ACADÊMICO E SCIELO, E COMO DESCRITORES HIPERTENSÃO, PLANTAS MEDICINAIS E TERAPIA COMPLEMENTAR. DIVERSAS PLANTAS SE DESTACARAM COM POTENCIAL ANTI-HIPERTENSIVO/HIPOTENSIVO, COMO ALLIUM SATIVUM FAMÍLIA LILIACEAE, A QUAL TAMBÉM SE RELATOU AVALIAÇÃO DE TESTES EM ESTUDOS NÃO RANDOMIZADOS, ANETHUM GRAVEOLENS FAMÍLIA APIACEAE, ROSMARINUS OFFICINALIS FAMÍLIA LAMIACEAE E SAMBUCUS AUSTRALIS/SAMBUCUS NIGRA FAMÍLIA ADOXACEAE. FOI OBSERVADA A UTILIZAÇÃO DAS MESMAS CONCOMITANTE AO TRATAMENTO CONVENCIONAL, E FALTA DE PREPARAÇÃO DE PROFISSIONAIS DE SAÚDE HABILITADOS A PROCEDER COM ORIENTAÇÕES SOBRE USO CORRETO. É ESSENCIAL A DISSEMINAÇÃO DE INFORMAÇÕES E CAPACITAÇÕES AOS PROFISSIONAIS, ASSIM COMO REALIZAÇÃO DE ENSAIOS CLÍNICOS PARA SE OBTER INFORMAÇÕES CORRETAS QUANTO A EFICÁCIA FARMACOLÓGICA DAS MESMAS.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.