Artigo Anais IV CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

RENDIMENTO E ANÁLISE TÉRMICA ENTRE DESSALINIZADORES DE ÁGUA VIA ENERGIA SOLAR

Palavra-chaves: DESSALINIZAÇÃO SOLAR, ENERGIA SOLAR, EFICIÊNCIA TÉRMICA, ÁGUA SALOBRA Pôster (PO) AT 06: Engenharias - abordagens sobre Ensino e pesquisa Publicado em 02 de setembro de 2019

Resumo

O PROBLEMA PARA SE CONSEGUIR OBTER ACESSO À ÁGUA DOCE JÁ É BASTANTE ANTIGO E TEM TOMADO MAIOR ESPAÇO EM DISCURSÕES ATUAIS, POIS A CADA DIA A ESCASSEZ DE ÁGUA TEM ATINGIDO ÁREAS REMOTAS E ÁRIDAS, LEVANDO EM CONSIDERAÇÃO TAMBÉM O AUMENTO DA POPULAÇÃO DE FORMA DEMASIADA, QUE OCASIONA NO CRESCIMENTO PELA DEMANDA DE ÁGUA POTÁVEL PARA CONSUMO HUMANO. DESSA FORMA, ALTERNATIVAS PARA A OBTENÇÃO DESSA ÁGUA DE BOA QUALIDADE VÊM SIDO ESTUDADA. SENDO ASSIM, A PESQUISA ALMEJA FAZER UMA ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE AS TEMPERATURAS DE DOIS MODELOS DE DESSALINIZADORES, UM DO TIPO TELHADO E OUTRO DO TIPO PIRÂMIDE, NO QUAL PROCURA IDENTIFICAR QUAL APRESENTA A MAIOR TEMPERATURA E MELHOR OBTENÇÃO DE ÁGUA DESTILADA. COM A CONCLUSÃO DOS EXPERIMENTOS, FOI POSSÍVEL CLASSIFICAR OS RENDIMENTOS COMO SATISFATÓRIOS PARA OS DESSALINIZADORES. CONSIDERANDO QUE A REGIÃO FORNECE GRANDES INCIDÊNCIAS DE RADIAÇÃO SOLAR, AS TEMPERATURAS NESSES EQUIPAMENTOS SÃO ELEVADAS, O QUE AJUDA NO PROCESSO DA DESTILAÇÃO DA ÁGUA BRUTA. NESSE CASO, FORAM NOTADAS OS PICOS DE TEMPERATURA ENTRE OS HORÁRIOS DE 11:00H E 13:30H, QUE CONSEQUENTEMENTE FOI QUANDO OS VALORES DE RADIAÇÃO SOLAR FORAM MAIORES, CHEGANDO A 75°C E 85°C DENTRO DOS DESSALINIZADORES NOS DIAS MAIS QUENTES. ENTRETANTO, AO REALIZAR A ANALISE COMPARATIVA DOS DOIS DESSALINIZADORES, PODE-SE CONSTATAR UM DESEMPENHO MAIOR DO DESSALINIZADOR SOLAR DO TIPO PIRÂMIDE, POIS O MESMO APRESENTOU UMA MELHOR PRODUTIVIDADE.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.