Artigo Anais X CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

A INFLUÊNCIA DOS CONTOS DE FADAS NO PROCESSO DE FORMAÇÃO DO SUJEITO

Palavra-chaves: SUBJETIVIDADE, CONTOS DE FADA, PSICANÁLISE Comunicação Oral (CO) Contos de fada e problemas de gênero Publicado em 04 de junho de 2014

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo mostrar a importância dos contos de fadas e de que forma influenciam na formação subjetiva do individuo e o seu desenvolvimento sexual. Bem como demonstrar até que ponto a fantasia desses contos interferem no processo educacional, compreendendo o que existe entre a linha do gênero de Masculino e Feminino e fazendo um paralelo com o real e a fantasia nos contos de fadas. Sendo o conto uma das formas da criança compreender o que se passa á nível de consciente e inconsciente, através do conto temos o significado com várias percepções (BETTELHEIM 2002). Os contos infantis fornecem as crianças pistas para resolução de seus problemas de desenvolvimento quotidiano, baseado na teoria psicanalítica que propõe o entendimento e análise do homem compreendido enquanto sujeito do inconsciente. O que destaca a posição psicanalítica em relação a infância é a forma da elaboração teórica em torno deste período da vida humana e, consequentemente, o modo próprio como os psicanalistas escutam os relatos de seus pacientes em relação aos seus primeiros anos de vida.Nesse sentido é importante ressaltarmos que a constituição dessa ideia do infantil de Freud, acontece a partir da escuta dos pacientes em análise . É no contexto dessa escuta que Freud vai gradualmente, conferindo um lugar determinante á infância e constituindo o contorno do infantil.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.