Artigo Anais IV CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

AVALIAÇÃO DA ESTABILIDADE TÉRMICA E RESISTÊNCIA AO DESGASTE DE COMPÓSITO POLIMÉRICO REFORÇADO COM PÓ QUASECRISTALINO

Palavra-chaves: QUASICRISTAL, COMPÓSITO, EPÓXI, ANÁLISE TÉRMICA, ANÁLISE TÉRMICA Comunicação Oral (CO) AT 06: Engenharias - abordagens sobre Ensino e pesquisa
"2019-09-02 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 56571
    "edicao_id" => 110
    "trabalho_id" => 1180
    "inscrito_id" => 2826
    "titulo" => "AVALIAÇÃO DA ESTABILIDADE TÉRMICA E RESISTÊNCIA AO DESGASTE DE COMPÓSITO POLIMÉRICO REFORÇADO COM PÓ QUASECRISTALINO"
    "resumo" => "DEVIDO À BUSCA CRESCENTE POR MELHORES MATERIAIS, BEM COMO O APERFEIÇOAMENTO DOS JÁ EXISTENTES, UMA ÁREA DE ESTUDO IMPORTANTE É O DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO DOS MATERIAIS COMPÓSITOS VISANDO ATENDER AS NECESSIDADES EXIGIDAS. UM TIPO DE COMPÓSITO QUE É PROMISSOR, MAS AINDA POUCO EXPLORADO, ENVOLVE POLÍMEROS COM REFORÇO DE MATERIAIS QUASICRISTALINOS, ONDE DESEJA ADQUIRIR UM GANHO DE RESISTÊNCIA AO DESGASTE SE COMPARADO AO POLÍMERO PURO. ESTE EFEITO PODE SER ALCANÇADO DEVIDO ÀS PROPRIEDADES DOS QUASICRISTAIS, COMO BAIXO COEFICIENTE DE ATRITO, ALTA DUREZA E BAIXO COEFICIENTE TÉRMICO. DESTA MANEIRA, PODE SE DESENVOLVER COMPÓSITOS QUASICRISTALINOS PARA APLICAÇÕES DESTES MATERIAIS EM RECOBRIMENTO DE SUPERFÍCIES, TAIS COMO TUBULAÇÃO INDUSTRIAL. O PLANO DESTE TRABALHO VISA À OBTENÇÃO DE COMPÓSITOS DE QUASICRISTAIS ATUANDO COMO REFORÇO EM MATRIZES POLIMÉRICAS, NESTE CASO A RESINA EPÓXI, ONDE DESEJA ADQUIRIR MELHORES PROPRIEDADES MECÂNICAS. PARTINDO DISSO, FORAM OBTIDOS PÓS QUASICRISTALINOS (AL62,2CU25,5FE12,3) PELO MÉTODO DE SOLIDIFICAÇÃO LENTA. AS MISTURAS DO EPÓXI FORAM NAS SEGUINTES PROPORÇÕES EM VOLUME DE QUASICRISTAL: 0, 3, 5, 10 (%VOL.). O PÓ OBTIDO FOI CARACTERIZADO PELA TÉCNICA DE DIFRATOMETRIA DE RAIO-X (DRX).  APÓS A FABRICAÇÃO DOS COMPÓSITOS FOI FEITO ANÁLISE TÉRMICA ATRAVÉS DA TG, DTG. FOI FEITO ENSAIO DE PINO SOBRE DISCO, PARA ANÁLISE DE RESISTÊNCIA AO DESGASTE, COMPARADO A OUTROS MATERIAIS (CSI E AL2O3), OS RESULTADOS FORAM EFICIENTES DE ACORDO COM A COMPOSIÇÃO DO QUASECRISTAL QUE FOI O FOCO DO ENSAIO."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT 06: Engenharias - abordagens sobre Ensino e pesquisa"
    "palavra_chave" => "QUASICRISTAL, COMPÓSITO, EPÓXI, ANÁLISE TÉRMICA, ANÁLISE TÉRMICA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV126_MD1_SA6_ID2826_12082019221841.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:52"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:23:38"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ERICK THIAGO COSTA DE ANDRADE"
    "autor_nome_curto" => "ERICK"
    "autor_email" => "ericktcandrade@gmail.com"
    "autor_ies" => "UFPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conapesc"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONAPESC"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/conapesc/2019"
    "edicao_logo" => "5e49fc4622961_16022020233654.png"
    "edicao_capa" => "5f1841846340e_22072020103916.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-09-02 00:00:00"
    "publicacao_id" => 28
    "publicacao_nome" => "Anais do Conapesc"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 56571
    "edicao_id" => 110
    "trabalho_id" => 1180
    "inscrito_id" => 2826
    "titulo" => "AVALIAÇÃO DA ESTABILIDADE TÉRMICA E RESISTÊNCIA AO DESGASTE DE COMPÓSITO POLIMÉRICO REFORÇADO COM PÓ QUASECRISTALINO"
    "resumo" => "DEVIDO À BUSCA CRESCENTE POR MELHORES MATERIAIS, BEM COMO O APERFEIÇOAMENTO DOS JÁ EXISTENTES, UMA ÁREA DE ESTUDO IMPORTANTE É O DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO DOS MATERIAIS COMPÓSITOS VISANDO ATENDER AS NECESSIDADES EXIGIDAS. UM TIPO DE COMPÓSITO QUE É PROMISSOR, MAS AINDA POUCO EXPLORADO, ENVOLVE POLÍMEROS COM REFORÇO DE MATERIAIS QUASICRISTALINOS, ONDE DESEJA ADQUIRIR UM GANHO DE RESISTÊNCIA AO DESGASTE SE COMPARADO AO POLÍMERO PURO. ESTE EFEITO PODE SER ALCANÇADO DEVIDO ÀS PROPRIEDADES DOS QUASICRISTAIS, COMO BAIXO COEFICIENTE DE ATRITO, ALTA DUREZA E BAIXO COEFICIENTE TÉRMICO. DESTA MANEIRA, PODE SE DESENVOLVER COMPÓSITOS QUASICRISTALINOS PARA APLICAÇÕES DESTES MATERIAIS EM RECOBRIMENTO DE SUPERFÍCIES, TAIS COMO TUBULAÇÃO INDUSTRIAL. O PLANO DESTE TRABALHO VISA À OBTENÇÃO DE COMPÓSITOS DE QUASICRISTAIS ATUANDO COMO REFORÇO EM MATRIZES POLIMÉRICAS, NESTE CASO A RESINA EPÓXI, ONDE DESEJA ADQUIRIR MELHORES PROPRIEDADES MECÂNICAS. PARTINDO DISSO, FORAM OBTIDOS PÓS QUASICRISTALINOS (AL62,2CU25,5FE12,3) PELO MÉTODO DE SOLIDIFICAÇÃO LENTA. AS MISTURAS DO EPÓXI FORAM NAS SEGUINTES PROPORÇÕES EM VOLUME DE QUASICRISTAL: 0, 3, 5, 10 (%VOL.). O PÓ OBTIDO FOI CARACTERIZADO PELA TÉCNICA DE DIFRATOMETRIA DE RAIO-X (DRX).  APÓS A FABRICAÇÃO DOS COMPÓSITOS FOI FEITO ANÁLISE TÉRMICA ATRAVÉS DA TG, DTG. FOI FEITO ENSAIO DE PINO SOBRE DISCO, PARA ANÁLISE DE RESISTÊNCIA AO DESGASTE, COMPARADO A OUTROS MATERIAIS (CSI E AL2O3), OS RESULTADOS FORAM EFICIENTES DE ACORDO COM A COMPOSIÇÃO DO QUASECRISTAL QUE FOI O FOCO DO ENSAIO."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT 06: Engenharias - abordagens sobre Ensino e pesquisa"
    "palavra_chave" => "QUASICRISTAL, COMPÓSITO, EPÓXI, ANÁLISE TÉRMICA, ANÁLISE TÉRMICA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV126_MD1_SA6_ID2826_12082019221841.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:52"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:23:38"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ERICK THIAGO COSTA DE ANDRADE"
    "autor_nome_curto" => "ERICK"
    "autor_email" => "ericktcandrade@gmail.com"
    "autor_ies" => "UFPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conapesc"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONAPESC"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/conapesc/2019"
    "edicao_logo" => "5e49fc4622961_16022020233654.png"
    "edicao_capa" => "5f1841846340e_22072020103916.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-09-02 00:00:00"
    "publicacao_id" => 28
    "publicacao_nome" => "Anais do Conapesc"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 02 de setembro de 2019

Resumo

DEVIDO À BUSCA CRESCENTE POR MELHORES MATERIAIS, BEM COMO O APERFEIÇOAMENTO DOS JÁ EXISTENTES, UMA ÁREA DE ESTUDO IMPORTANTE É O DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO DOS MATERIAIS COMPÓSITOS VISANDO ATENDER AS NECESSIDADES EXIGIDAS. UM TIPO DE COMPÓSITO QUE É PROMISSOR, MAS AINDA POUCO EXPLORADO, ENVOLVE POLÍMEROS COM REFORÇO DE MATERIAIS QUASICRISTALINOS, ONDE DESEJA ADQUIRIR UM GANHO DE RESISTÊNCIA AO DESGASTE SE COMPARADO AO POLÍMERO PURO. ESTE EFEITO PODE SER ALCANÇADO DEVIDO ÀS PROPRIEDADES DOS QUASICRISTAIS, COMO BAIXO COEFICIENTE DE ATRITO, ALTA DUREZA E BAIXO COEFICIENTE TÉRMICO. DESTA MANEIRA, PODE SE DESENVOLVER COMPÓSITOS QUASICRISTALINOS PARA APLICAÇÕES DESTES MATERIAIS EM RECOBRIMENTO DE SUPERFÍCIES, TAIS COMO TUBULAÇÃO INDUSTRIAL. O PLANO DESTE TRABALHO VISA À OBTENÇÃO DE COMPÓSITOS DE QUASICRISTAIS ATUANDO COMO REFORÇO EM MATRIZES POLIMÉRICAS, NESTE CASO A RESINA EPÓXI, ONDE DESEJA ADQUIRIR MELHORES PROPRIEDADES MECÂNICAS. PARTINDO DISSO, FORAM OBTIDOS PÓS QUASICRISTALINOS (AL62,2CU25,5FE12,3) PELO MÉTODO DE SOLIDIFICAÇÃO LENTA. AS MISTURAS DO EPÓXI FORAM NAS SEGUINTES PROPORÇÕES EM VOLUME DE QUASICRISTAL: 0, 3, 5, 10 (%VOL.). O PÓ OBTIDO FOI CARACTERIZADO PELA TÉCNICA DE DIFRATOMETRIA DE RAIO-X (DRX). APÓS A FABRICAÇÃO DOS COMPÓSITOS FOI FEITO ANÁLISE TÉRMICA ATRAVÉS DA TG, DTG. FOI FEITO ENSAIO DE PINO SOBRE DISCO, PARA ANÁLISE DE RESISTÊNCIA AO DESGASTE, COMPARADO A OUTROS MATERIAIS (CSI E AL2O3), OS RESULTADOS FORAM EFICIENTES DE ACORDO COM A COMPOSIÇÃO DO QUASECRISTAL QUE FOI O FOCO DO ENSAIO.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.