Artigo Anais IV CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

ANALISE DOS PESOS CORPORAIS DOS ANIMAIS, TESTÍCULO E ÍNDICE GONADOSSOMÁTICO NO EFEITOS DA HIPERPROLACTINEMIA TRATADA COM MELATONINA

Palavra-chaves: GONADOSSOMÁTICO, HIPERPROLACTINEMIA, MELATONINA, TESTÍCULO Pôster (PO) AT 10: Ciências da Saúde: abordagens na pesquisa e no ensino
"2019-09-02 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 56482
    "edicao_id" => 110
    "trabalho_id" => 1086
    "inscrito_id" => 1906
    "titulo" => "ANALISE DOS PESOS CORPORAIS DOS ANIMAIS, TESTÍCULO E ÍNDICE GONADOSSOMÁTICO NO EFEITOS DA HIPERPROLACTINEMIA TRATADA COM MELATONINA"
    "resumo" => "A PROLACTINA É O HORMÔNIO COM FUNÇÃO DE RELAXAR O CORPO APÓS O ORGASMO, SEU EXCESSO CAUSA HIPERPROLACTNEMIA QUE É UMA PATOLOGIA ONDE APRESENTAR ORIGEM NA DESORDEM FISIOLÓGICAS. PARA SEU TRATAMENTO, USAM-SE FÁRMACOS COM PROPRIEDADES AGONISTAS DOPAMINÉRGICOS UTILIZADA NA PARTICIPAÇÃO DAS VIAS DE INIBIÇÃO DE LIBERAÇÃO DA PROLACTINA. A MELATONINA É UM HORMÔNIO DA GLÂNDULA PINEAL QUE TEM AÇÕES PLEIOTRÓPICAS, MEDIADAS POR RECEPTORES NUCLEARES E DE MEMBRANA. A MELANTONINA APRESENTA PROPRIEDADES DE AGONISTA DOPAMINÉRGICO, DESTE MODO, PODERIA SER USADA NO TRATAMENTO DA HIPERPROLACTINEMIA. PORTANTO, O OBJETIVO DO PRESENTE TRABALHO É APRESENTAR O EFEITO DA HIPERPROLACTNEMIA TRATADA COM MELATONINA E SEUS EFEITOS NO PESO CORPORAL DOS ANIMAIS, TESTÍCULO E ÍNDICE ORGANOSSOMÁTICO. PARA ISSO FORAM UTILIZADOS 15 ANIMAIS, OS QUAIS FORAM DIVIDIDOS EM RATOS CONTROLE (GRUPO I), RATOS INDUZIDOS A HIPERPROLACTINEMIA (GRUPO II) E RATOS INDUZIDOS A HIPERPROLACTINEMIA E TRATADOS COM MELATONINA (GRUPO III). A HIPERPROLACTINEMIA FOI INDUZIDA ATRAVÉS DE INJEÇÕES SUBCUTÂNEAS COM 4MG DE DOMPERIDONA. O TRATAMENTO COM MELATONINA FOI REALIZADO POR MEIO DE INJEÇÕES SUBCUTÂNEA NA DOSE DE 200 μG DE MELATONINA POR 100G DE PESO CORPORAL. O RESULTADO DO PESO CORPORAL E DO TESTÍCULO FORAM OBTIDOS ATRAVÉS DE BALANÇA ANALÍTICA E FOI CALCULADO O ÍNDICE GONADOSSOMÁTICO. A ANÁLISE ESTATÍSTICA DE TODOS OS DADOS FOI REALIZADA POR MEIO DE TESTE ANOVA ONE WAY, COM POST-HOC TUKEY. E MAIS UMA VEZ A PROLACTINA ALIADA A MELATONINA APRESENTARAM EFEITO DE DIMINUIÇÃO DOS SINTOMAS DA HIPERPROLACTINEMIA, FAZENDO COM QUE A MÉDIA DE PESO TESTICULAR, DIMINUA."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 10: Ciências da Saúde: abordagens na pesquisa e no ensino"
    "palavra_chave" => "GONADOSSOMÁTICO, HIPERPROLACTINEMIA, MELATONINA, TESTÍCULO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV126_MD4_SA10_ID1906_02082019205523.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:52"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:23:38"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARIA EDUARDA DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "MARIA EDUARDA"
    "autor_email" => "mariaeduardaufpe@gmail.co"
    "autor_ies" => "UFPE"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conapesc"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONAPESC"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/conapesc/2019"
    "edicao_logo" => "5e49fc4622961_16022020233654.png"
    "edicao_capa" => "5f1841846340e_22072020103916.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-09-02 00:00:00"
    "publicacao_id" => 28
    "publicacao_nome" => "Anais do Conapesc"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 56482
    "edicao_id" => 110
    "trabalho_id" => 1086
    "inscrito_id" => 1906
    "titulo" => "ANALISE DOS PESOS CORPORAIS DOS ANIMAIS, TESTÍCULO E ÍNDICE GONADOSSOMÁTICO NO EFEITOS DA HIPERPROLACTINEMIA TRATADA COM MELATONINA"
    "resumo" => "A PROLACTINA É O HORMÔNIO COM FUNÇÃO DE RELAXAR O CORPO APÓS O ORGASMO, SEU EXCESSO CAUSA HIPERPROLACTNEMIA QUE É UMA PATOLOGIA ONDE APRESENTAR ORIGEM NA DESORDEM FISIOLÓGICAS. PARA SEU TRATAMENTO, USAM-SE FÁRMACOS COM PROPRIEDADES AGONISTAS DOPAMINÉRGICOS UTILIZADA NA PARTICIPAÇÃO DAS VIAS DE INIBIÇÃO DE LIBERAÇÃO DA PROLACTINA. A MELATONINA É UM HORMÔNIO DA GLÂNDULA PINEAL QUE TEM AÇÕES PLEIOTRÓPICAS, MEDIADAS POR RECEPTORES NUCLEARES E DE MEMBRANA. A MELANTONINA APRESENTA PROPRIEDADES DE AGONISTA DOPAMINÉRGICO, DESTE MODO, PODERIA SER USADA NO TRATAMENTO DA HIPERPROLACTINEMIA. PORTANTO, O OBJETIVO DO PRESENTE TRABALHO É APRESENTAR O EFEITO DA HIPERPROLACTNEMIA TRATADA COM MELATONINA E SEUS EFEITOS NO PESO CORPORAL DOS ANIMAIS, TESTÍCULO E ÍNDICE ORGANOSSOMÁTICO. PARA ISSO FORAM UTILIZADOS 15 ANIMAIS, OS QUAIS FORAM DIVIDIDOS EM RATOS CONTROLE (GRUPO I), RATOS INDUZIDOS A HIPERPROLACTINEMIA (GRUPO II) E RATOS INDUZIDOS A HIPERPROLACTINEMIA E TRATADOS COM MELATONINA (GRUPO III). A HIPERPROLACTINEMIA FOI INDUZIDA ATRAVÉS DE INJEÇÕES SUBCUTÂNEAS COM 4MG DE DOMPERIDONA. O TRATAMENTO COM MELATONINA FOI REALIZADO POR MEIO DE INJEÇÕES SUBCUTÂNEA NA DOSE DE 200 μG DE MELATONINA POR 100G DE PESO CORPORAL. O RESULTADO DO PESO CORPORAL E DO TESTÍCULO FORAM OBTIDOS ATRAVÉS DE BALANÇA ANALÍTICA E FOI CALCULADO O ÍNDICE GONADOSSOMÁTICO. A ANÁLISE ESTATÍSTICA DE TODOS OS DADOS FOI REALIZADA POR MEIO DE TESTE ANOVA ONE WAY, COM POST-HOC TUKEY. E MAIS UMA VEZ A PROLACTINA ALIADA A MELATONINA APRESENTARAM EFEITO DE DIMINUIÇÃO DOS SINTOMAS DA HIPERPROLACTINEMIA, FAZENDO COM QUE A MÉDIA DE PESO TESTICULAR, DIMINUA."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 10: Ciências da Saúde: abordagens na pesquisa e no ensino"
    "palavra_chave" => "GONADOSSOMÁTICO, HIPERPROLACTINEMIA, MELATONINA, TESTÍCULO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV126_MD4_SA10_ID1906_02082019205523.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:52"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:23:38"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARIA EDUARDA DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "MARIA EDUARDA"
    "autor_email" => "mariaeduardaufpe@gmail.co"
    "autor_ies" => "UFPE"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conapesc"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONAPESC"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/conapesc/2019"
    "edicao_logo" => "5e49fc4622961_16022020233654.png"
    "edicao_capa" => "5f1841846340e_22072020103916.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-09-02 00:00:00"
    "publicacao_id" => 28
    "publicacao_nome" => "Anais do Conapesc"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 02 de setembro de 2019

Resumo

A PROLACTINA É O HORMÔNIO COM FUNÇÃO DE RELAXAR O CORPO APÓS O ORGASMO, SEU EXCESSO CAUSA HIPERPROLACTNEMIA QUE É UMA PATOLOGIA ONDE APRESENTAR ORIGEM NA DESORDEM FISIOLÓGICAS. PARA SEU TRATAMENTO, USAM-SE FÁRMACOS COM PROPRIEDADES AGONISTAS DOPAMINÉRGICOS UTILIZADA NA PARTICIPAÇÃO DAS VIAS DE INIBIÇÃO DE LIBERAÇÃO DA PROLACTINA. A MELATONINA É UM HORMÔNIO DA GLÂNDULA PINEAL QUE TEM AÇÕES PLEIOTRÓPICAS, MEDIADAS POR RECEPTORES NUCLEARES E DE MEMBRANA. A MELANTONINA APRESENTA PROPRIEDADES DE AGONISTA DOPAMINÉRGICO, DESTE MODO, PODERIA SER USADA NO TRATAMENTO DA HIPERPROLACTINEMIA. PORTANTO, O OBJETIVO DO PRESENTE TRABALHO É APRESENTAR O EFEITO DA HIPERPROLACTNEMIA TRATADA COM MELATONINA E SEUS EFEITOS NO PESO CORPORAL DOS ANIMAIS, TESTÍCULO E ÍNDICE ORGANOSSOMÁTICO. PARA ISSO FORAM UTILIZADOS 15 ANIMAIS, OS QUAIS FORAM DIVIDIDOS EM RATOS CONTROLE (GRUPO I), RATOS INDUZIDOS A HIPERPROLACTINEMIA (GRUPO II) E RATOS INDUZIDOS A HIPERPROLACTINEMIA E TRATADOS COM MELATONINA (GRUPO III). A HIPERPROLACTINEMIA FOI INDUZIDA ATRAVÉS DE INJEÇÕES SUBCUTÂNEAS COM 4MG DE DOMPERIDONA. O TRATAMENTO COM MELATONINA FOI REALIZADO POR MEIO DE INJEÇÕES SUBCUTÂNEA NA DOSE DE 200 μG DE MELATONINA POR 100G DE PESO CORPORAL. O RESULTADO DO PESO CORPORAL E DO TESTÍCULO FORAM OBTIDOS ATRAVÉS DE BALANÇA ANALÍTICA E FOI CALCULADO O ÍNDICE GONADOSSOMÁTICO. A ANÁLISE ESTATÍSTICA DE TODOS OS DADOS FOI REALIZADA POR MEIO DE TESTE ANOVA ONE WAY, COM POST-HOC TUKEY. E MAIS UMA VEZ A PROLACTINA ALIADA A MELATONINA APRESENTARAM EFEITO DE DIMINUIÇÃO DOS SINTOMAS DA HIPERPROLACTINEMIA, FAZENDO COM QUE A MÉDIA DE PESO TESTICULAR, DIMINUA.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.