Artigo Anais IV CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

Visualizações: 272
A ARTE COMO ELEMENTO DE CONTEXTUALIZAÇÃO NO ENSINO DE FÍSICA: REFLEXÕES SOBRE VIVÊNCIAS EM ESCOLA ESTADUAL DE PERNAMBUCO

Palavra-chaves: ENSINO DE FÍSICA, CONTEXTUALIZAÇÃO, RELATO DE EXPERIÊNCIA Comunicação Oral (CO) AT 02: Física e Astronomia: desafios na contemporaneidade Publicado em 02 de setembro de 2019

Resumo

É FATO QUE HÁ DIVERSOS PROBLEMAS NA QUALIDADE DO ENSINO DE FÍSICA NAS ESCOLAS, SEJAM PÚBLICAS OU PRIVADAS. VÁRIOS ESTUDOS SÃO PUBLICADOS RELACIONANDO QUE O PERFIL DOS PROFESSORES CONTRIBUI PARA AS PRÁTICAS TRADICIONAIS E DESCONTEXTUALIZADAS. O ENSINO POR INVESTIGAÇÃO E A ABORDAGEM TRIANGULAR TÊM EM COMUM A PRÁTICA E A CONTEXTUALIZAÇÃO, E CORRESPONDE A UMA POSSIBILIDADE DE ORIENTAÇÃO METODOLÓGICA PARA OS DOCENTES EM FÍSICA. O PRESENTE ARTIGO TEVE COMO OBJETIVO DESCREVER E DOCUMENTAR A OBSERVAÇÃO DO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DE FÍSICA EM UMA ESCOLA ESTADUAL DE PERNAMBUCO, LOCALIZADA NA CIDADE DO RECIFE. PARA ALCANÇAR O PROPÓSITO, BUSCAMOS ORIENTAR NOSSO TRABALHO NO ENSINO POR INVESTIGAÇÃO E NA ABORDAGEM TRIANGULAR, ENTRE OUTROS. A METODOLOGIA FOI QUALITATIVA DE CARÁTER DESCRITIVO, O QUE FACILITA UM MELHOR DIAGNÓSTICO DOS ACONTECIMENTOS DAS SALAS DE AULA. AS OBSERVAÇÕES FORAM REALIZADAS ENTRE FEVEREIRO DE 2017 E OUTUBRO DE 2018 E REGISTRADAS EM UM RELATÓRIO. AS REGÊNCIAS E O PROJETO DE INTERVENÇÃO FORAM REALIZADOS DE FEVEREIRO DE 2018 ATÉ OUTUBRO DE 2018; NO ANO DE 2017, FORAM REALIZADAS APENAS AS OBSERVAÇÕES DA ESCOLA, COMO GESTÃO E SALAS DE AULA. A ANÁLISE E DISCUSSÃO DOS DADOS NOS APONTOU RESULTADOS DE QUE SE MANTÊM FORTEMENTE O ENSINO TRADICIONAL, PAUTADO EM MEMORIZAÇÃO DE FÓRMULAS E DESCONTEXTUALIZAÇÕES, PRECISANDO INVESTIR MAIS EM METODOLOGIAS QUE POSSAM APROXIMAR OS DIVERSOS TIPOS DE ALUNOS.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.