Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

Visualizações: 211
ÚLCERAS POR PRESSÃO: CUIDADOS DE ENFERMAGEM NAS UNIDADES HOSPITALARES

Palavra-chaves: ENFERMAGEM, INTERVENÇÕES DE ENFERMAGEM, ÚLCERAS POR PRESSÃO Pôster (PO) Enfermagem Publicado em 09 de abril de 2014

Resumo

INTRODUÇÃO: As úlceras por pressão constituem uma problemática de saúde, representando um dos maiores desafios para enfermagem, requerendo destes profissionais, além de conhecimento científico especifico muita sensibilidade e sentido de observação com relação á manutenção da integridade da pele dos clientes sob seus cuidados, principalmente daqueles que apresentam maior risco de déficit tegumentar em razão da longa permanência na mesma posição, ocasionada por patologias agudas ou crônicas de diferentes etiologias, que comprometa a permanência prolongada no leito ou na cadeira de rodas. Neste caso a abordagem a equipe multiprofissional, representa um papel muito importante a contribui para sua prevenção e tratamento, por sua vez qualificando a assistência. OBJETIVO: Abordar as intervenções de Enfermagem no cuidado as úlceras por pressão em unidades hospitalares. METODOLOGIA: Estudo do tipo descritivo, de caráter bibliográfico, realizado em base de dados científicas nacionais, como Scielo, Lilacs, Biblioteca Virtual de Saúde, além de sete livros que abordavam a temática. A coleta de dados ocorreu no período de 2009 a 2013, usando os seguintes descritores: úlceras por pressão, Enfermagem e intervenções de Enfermagem. Para a análise de dados realizou-se leituras sucessivas e fichamentos dos materiais selecionados, compreendendo-se o período de Setembro a Novembro de 2013. RESULTADOS:Verifica-se assim, que as intervenções da equipe de enfermagem ao realizar procedimentos específicos ao tratamento das úlceras por pressão como mudança de decúbito em duas em duas horas, realização de curativo com técnicas asséptica e eficaz, promover medidas de conforto, identificar o risco de infecção, solicitar o exame de cultura, verificar o estado nutricional do paciente, manter a integridade da pele entre outros, tem valor relevante no tratamento dos pacientes, principalmente nos que se encontram debilitados. Desta forma identificamos também um menor risco de infecções nos setores hospitalares, em destaque as UTI’s, reduzindo assim o custo dos materiais utilizados e a prestação de serviço da equipe responsável.CONCLUSÃO: Diante o exposto, conclui-se que a equipe de enfermagem tem como dever se mostrar hábil as práticas postas a ela diante as úlceras apresentadas, mantendo o conhecimento científico, técnico, ético aos cuidados com o paciente. Com isso o trabalho prestado dinamizar a satisfação do cliente no processo da cicatrização.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.