Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

Visualizações: 180
USO DE FLUORETOS EM ODONTOLOGIA E SEU MECANISMO DE AÇÃO ANTICÁRIE

Palavra-chaves: FLUORETOS, CÁRIE DENTÁRIA, PREVENÇÃO Pôster (PO) Odontologia

Resumo

EVIDÊNCIAS PARA O USO DE FLUORETOS EM ODONTOLOGIA – REVISÃO DE LITERATURATuanny Lopes Alves Silvestre;Gymenna Maria Tenório Guênes;Manuella Santos Carneiro Almeida;Felipe Bezerra Barros Figueiredo;Camila Helena Machado da Costa.Universidade Federal de Campina Grande - UFCGtuanny_silvestre@hotmail.comO presente trabalho teve como objetivo revisar a literatura odontológica atual sobre a utilização de fluoretos na prática clínica, analisando as evidências científicas disponíveis e discutindo os princípios da indicação da aplicação de flúor. A descoberta do efeito preventivo do flúor, o transformou ao longo do século, no principal agente utilizado no enfrentamento da doença cárie em todo o mundo. Assim, ao se eleger o tipo de fluorterapia indicado para cada paciente, é necessário analisar as vantagens e desvantagens do uso de cada tipo de produto fluoretado e também conhecer e seguir a técnica de aplicação correta de cada tipo de material para se obter o máximo de eficácia com o mínimo de risco de toxicidade. Atualmente, a classificação mais racional para os meios de uso de fluoreto inclui sua abrangência e modo de aplicação, sendo classificado como método de aplicação profissional, coletiva e individual de flúor. A indicação da necessidade, do tipo de produto e da frequência da aplicação deve ser individualizada para cada paciente e deve se basear na análise de risco e de atividade da doença cárie. Desta forma, é importante que os profissionais procurem adotar em sua prática clínica a experiência profissional associada com a melhor evidência científica disponível.Descritores: Fluoretos; prevenção; cárie dentária.Área temática: 10.29 - Odontologia Preventiva e SocialCategoria: Pôster

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.