Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

Visualizações: 237
FARMACÊUTICO: TRAJETÓRIA HISTÓRICA DE SUA PROFISSÃO E FORMAÇÃO ACADÊMICA

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO, FARMACÊUTICO, GRADE CURRICULAR Pôster (PO) Farmácia Publicado em 09 de abril de 2014

Resumo

A educação farmacêutica é matriz do pensar e do fazer profissionais. Ela é um organismo vivo e submetido a um tenso e permanente processo de adaptação às transformações rápidas por que passam a sociedade, a saúde, o mercado, as técnicas e as ciências. Por isso, não pode ser estanque, nem acomodada. No Brasil, a educação farmacêutica vem experimentando uma mudança abrangente, trazida pelas Diretrizes Curriculares editadas pelo Ministério da Educação, em fevereiro de 2002. A Resolução do Conselho Nacional de Educação e a Câmara de Educação Superior n°. 2, de 19/02/2002, do Ministério da Educação que institui as Diretrizes Curriculares Nacionais flexibilizou as regras para a organização de cursos e favorece a construção de maiores compromissos das Instituições de Ensino Superior com o profissional e a sociedade. Com base nestas informações, este estudo tem como principal objetivo investigar a evolução histórica da malha curricular do bacharel em Farmácia no Brasil, nos últimos cinquenta anos (1 960-2010). Após a análise documental, observa-se os significados formais e adjacentes da malha curricular do curso de formação do profissional de farmácia, que acompanhou as necessidades de cada época, seja ela comercial, tecnológica ou assistencial. E com isto, se encontra preparada para assumir seu papel comunitário dentro de uma sociedade moderna. Pronta, para atender uma equipe multidisciplinar da saúde preocupado com as questões sobre o uso de medicamentos é reforçada por outros aspectos relativos ao desvio de uso dos medicamentos. Investigar a evolução histórica da legislação e da malha curricular farmacêutica é indispensável, pois subsidia a formação do profissional ao qual deve ser acompanhada por atividades de pesquisa e extensão, estimulando a iniciativa da aprendizagem continuada. Essa condição favorece a percepção dos alunos e de quem busca o conhecimento, seja no âmbito dos medicamentos, indústria ou análises clínicas, resultando em um profissional capaz de analisar passado, viver as expectativas do presente e se projetar para o futuro.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.