Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

Visualizações: 189
BIOÉTICA NA ENFERMAGEM

Palavra-chaves: ÉTICA, BIOÉTICA, ENFERMAGEM Pôster (PO) Bioética

Resumo

Introdução: a Bioética entrou em discussão nos anos 70. Apesar disto, ainda é possível visualizar condutas que ferem os princípios bioéticos, inclusive no exercício profissional de enfermagem. Neste contexto, a enfermagem enquanto categoria profissional de relevância no contexto da saúde deve fundamentar suas ações em seus preceitos, respeitando a dignidade humana. Destarte, investigações que considerem o conhecimento de enfermeiros sobre a temática, bem como evidenciem o emprego de seus princípios (autonomia, não maleficência, beneficência e justiça), carecem ser realizadas em caráter de urgência, pois somente assim será possível identificar a real situação em que se encontra o desenvolvimento científico na área. Objetivo: analisar o perfil das publicações sobre a Bioética na Enfermagem. Metodologia: Revisão Integrativa da Literatura com busca realizada na Biblioteca Virtual de Saúde (BVS) entre os meses de fevereiro e março de 2014, utilizando como Descritores Controlados em Ciências da Saúde (DeCS) a associação entre os temas Bioética e Enfermagem. Para delineamento amostral consideraram-se os critérios de inclusão: artigos disponíveis na íntegra online, que apresentassem no título os DeCS citados, publicados nos últimos 20 anos e nos idiomas inglês, português e espanhol. Excluíram-se os artigos repetidos em mais de uma base de dados. Assim, chegou-se a nove artigos. Resultados: 100% das trabalhos foram publicados no LILACS (n=9), 78% (n=7) em português, 22,2% (n=2) no ano de 2013 e 33,3% (n=3) na Revista Brasileira Online de Enfermagem. Quanto a abordagem temática (AT), 11,2% (n=1) destacou a história da Bioética na Enfermagem (AT1), 44,4% (n=4) enfatizaram o ensino da Bioética nos cursos de Enfermagem (AT2) e 44,4% (n=4) ressaltaram a aplicabilidade da Bioética no exercício profissional da Enfermagem (AT3). Considerando a AT1, foi possível verificar que tem havido constantemente a tentativa de incorporar os preceitos éticos na área; quanto a AT2 as pesquisas demonstram que o conteúdo da Bioética está presente em todas as unidades curriculares do curso de maneira a abarcar as condições dilemáticas ante ao cuidado integral do ser humano; em se tratando da AT3 constatou-se desconhecimento dos enfermeiros sobre aspectos importantes da Bioética. Conclusão: a partir dos achados, verificou-se a existência de poucas pesquisas relacionadas ao objeto de estudo, sinalizando para a necessidade de novas abordagens. Ainda, embora exista o esforço em ensinar Bioética nos cursos de formação, ainda há pouco esclarecimento sobre o tema e efetividade na aplicabilidade de seus princípios. Fato que edifica o imperativo de articular o ensino com a prática cotidiana da Bioética no exercício profissional da Enfermagem.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.