Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

TRAUMATISMO CRÂNIO ENCEFÁLICO: CONHECIMENTO DOS ENFERMEIROS NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

Palavra-chaves: CONHECIMENTO, ENFERMAGEM, TRAUMATISMO CRÂNIO ENCEFÁLICO Pôster (PO) Enfermagem
"2014-04-09 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 5591
    "edicao_id" => 17
    "trabalho_id" => 575
    "inscrito_id" => 2118
    "titulo" => "TRAUMATISMO CRÂNIO ENCEFÁLICO: CONHECIMENTO DOS ENFERMEIROS NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA"
    "resumo" => "O traumatismo crânio-encefálico constitui-se de uma lesão ao tecido cerebral causada por uma força externa, sendo caracterizado por déficits de consciência, amnésia pós-traumática, fratura de crânio e alterações durante a avaliação do estado mental e físico. Vários são os fatores que estão ligados a esse trauma, destacando-se por sua amplitude nos aspectos de saúde. O presente estudo tem como objetivo tecer um olhar sobre o conhecimento dos enfermeiros da unidade de terapia intensiva acerca do TCE, pois é fundamental que os enfermeiros tenham profunda compreensão sobre esse tipo de acontecimento para realizar corretamente a assistência de enfermagem e evitar possíveis lesões secundárias que podem deixar seqüelas ou dependência física permanente nas vitimas. A metodologia adotada corresponde a uma pesquisa exploratória descritiva com abordagem qualitativa, desenvolvida no mês de abril de 2013, cuja amostra compreendeu 05 enfermeiros plantonistas da UTI de um hospital público no município de Cajazeiras-PB, que aceitaram participar do estudo respondendo um questionário semi-estruturado. O estudo fundamentou-se na Resolução Nº 466/12, que regulamenta as pesquisas com seres humanos. Os resultados revelaram que os participantes mostram certo domínio sobre os conhecimentos da fisiopatologia, incidência e cuidados de enfermagem ao paciente com TCE, contudo, faz-se necessário aprimorar esses conhecimentos para que possam oferecer uma assistência efetiva e eficaz. Este estudo evidenciou também a necessidade de aprimoramento dos atendimentos, com a implantação de uma unidade de neurologia e/ou neurocirurgia com profissionais especializados para garantir a continuidade do tratamento."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "Enfermagem"
    "palavra_chave" => "CONHECIMENTO, ENFERMAGEM, TRAUMATISMO CRÂNIO ENCEFÁLICO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_22_03_2014_12_04_40_idinscrito_2118_1a50b41968e770f2bc2bbfc619930fad.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:51"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:08:39"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "THAYS JORGEANA ALEXANDRE E SILVA"
    "autor_nome_curto" => "THAYS JORGEANA"
    "autor_email" => "thaysjorgeana@hotmail.com"
    "autor_ies" => "FACULDADE SANTA MARIA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-conacis"
    "edicao_nome" => "Anais CONACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conacis/2014"
    "edicao_logo" => "5e48b0ffd111d_16022020000327.png"
    "edicao_capa" => "5f183ea35f5aa_22072020102659.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-04-09 00:00:00"
    "publicacao_id" => 15
    "publicacao_nome" => "Revista CONACIS"
    "publicacao_codigo" => "2358-0186"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 5591
    "edicao_id" => 17
    "trabalho_id" => 575
    "inscrito_id" => 2118
    "titulo" => "TRAUMATISMO CRÂNIO ENCEFÁLICO: CONHECIMENTO DOS ENFERMEIROS NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA"
    "resumo" => "O traumatismo crânio-encefálico constitui-se de uma lesão ao tecido cerebral causada por uma força externa, sendo caracterizado por déficits de consciência, amnésia pós-traumática, fratura de crânio e alterações durante a avaliação do estado mental e físico. Vários são os fatores que estão ligados a esse trauma, destacando-se por sua amplitude nos aspectos de saúde. O presente estudo tem como objetivo tecer um olhar sobre o conhecimento dos enfermeiros da unidade de terapia intensiva acerca do TCE, pois é fundamental que os enfermeiros tenham profunda compreensão sobre esse tipo de acontecimento para realizar corretamente a assistência de enfermagem e evitar possíveis lesões secundárias que podem deixar seqüelas ou dependência física permanente nas vitimas. A metodologia adotada corresponde a uma pesquisa exploratória descritiva com abordagem qualitativa, desenvolvida no mês de abril de 2013, cuja amostra compreendeu 05 enfermeiros plantonistas da UTI de um hospital público no município de Cajazeiras-PB, que aceitaram participar do estudo respondendo um questionário semi-estruturado. O estudo fundamentou-se na Resolução Nº 466/12, que regulamenta as pesquisas com seres humanos. Os resultados revelaram que os participantes mostram certo domínio sobre os conhecimentos da fisiopatologia, incidência e cuidados de enfermagem ao paciente com TCE, contudo, faz-se necessário aprimorar esses conhecimentos para que possam oferecer uma assistência efetiva e eficaz. Este estudo evidenciou também a necessidade de aprimoramento dos atendimentos, com a implantação de uma unidade de neurologia e/ou neurocirurgia com profissionais especializados para garantir a continuidade do tratamento."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "Enfermagem"
    "palavra_chave" => "CONHECIMENTO, ENFERMAGEM, TRAUMATISMO CRÂNIO ENCEFÁLICO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_22_03_2014_12_04_40_idinscrito_2118_1a50b41968e770f2bc2bbfc619930fad.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:51"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:08:39"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "THAYS JORGEANA ALEXANDRE E SILVA"
    "autor_nome_curto" => "THAYS JORGEANA"
    "autor_email" => "thaysjorgeana@hotmail.com"
    "autor_ies" => "FACULDADE SANTA MARIA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-conacis"
    "edicao_nome" => "Anais CONACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conacis/2014"
    "edicao_logo" => "5e48b0ffd111d_16022020000327.png"
    "edicao_capa" => "5f183ea35f5aa_22072020102659.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-04-09 00:00:00"
    "publicacao_id" => 15
    "publicacao_nome" => "Revista CONACIS"
    "publicacao_codigo" => "2358-0186"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 09 de abril de 2014

Resumo

O traumatismo crânio-encefálico constitui-se de uma lesão ao tecido cerebral causada por uma força externa, sendo caracterizado por déficits de consciência, amnésia pós-traumática, fratura de crânio e alterações durante a avaliação do estado mental e físico. Vários são os fatores que estão ligados a esse trauma, destacando-se por sua amplitude nos aspectos de saúde. O presente estudo tem como objetivo tecer um olhar sobre o conhecimento dos enfermeiros da unidade de terapia intensiva acerca do TCE, pois é fundamental que os enfermeiros tenham profunda compreensão sobre esse tipo de acontecimento para realizar corretamente a assistência de enfermagem e evitar possíveis lesões secundárias que podem deixar seqüelas ou dependência física permanente nas vitimas. A metodologia adotada corresponde a uma pesquisa exploratória descritiva com abordagem qualitativa, desenvolvida no mês de abril de 2013, cuja amostra compreendeu 05 enfermeiros plantonistas da UTI de um hospital público no município de Cajazeiras-PB, que aceitaram participar do estudo respondendo um questionário semi-estruturado. O estudo fundamentou-se na Resolução Nº 466/12, que regulamenta as pesquisas com seres humanos. Os resultados revelaram que os participantes mostram certo domínio sobre os conhecimentos da fisiopatologia, incidência e cuidados de enfermagem ao paciente com TCE, contudo, faz-se necessário aprimorar esses conhecimentos para que possam oferecer uma assistência efetiva e eficaz. Este estudo evidenciou também a necessidade de aprimoramento dos atendimentos, com a implantação de uma unidade de neurologia e/ou neurocirurgia com profissionais especializados para garantir a continuidade do tratamento.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.