Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

EQUIPE MULTIPROFISSIONAL DE SAÚDE: A INTERFACE ENTRE TRABALHO E INTERAÇÃO

Palavra-chaves: EQUIPE MULTIPROFISSIONAL, SAÚDE, TRABALHO Pôster (PO) Saúde Coletiva
"2014-04-09 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 5403
    "edicao_id" => 17
    "trabalho_id" => 442
    "inscrito_id" => 758
    "titulo" => "EQUIPE MULTIPROFISSIONAL DE SAÚDE: A INTERFACE ENTRE TRABALHO E INTERAÇÃO"
    "resumo" => "Introdução: O trabalho em equipe multiprofissional é considerado um pressuposto fundamental à reorganização do processo de trabalho nos serviços de saúde com intuito a transformações na operacionalização das formas de agir sobre os fatores que interferem no processo saúde-doença da população, por meio de relações e ações interativas, coletivas e compartilhadas entre os profissionais.  A articulação entre as ações e a interação entre os profissionais é essencial à configuração do trabalho em equipe, no entanto, cada profissional deve ter definidas as suas atribuições e sua base de atuação, sendo estimulado a participar do processo de trabalho coletivo, cujo produto deve resultar da contribuição de sua profissão. Objetivo: Analisar os aspectos contextuais entre o trabalho e interação da equipe multiprofissional de saúde. Metodologia: Trata-se de uma pesquisa bibliográfica concernente à produção no campo das Ciências da Saúde, realizada em janeiro e fevereiro de 2013, nas bases de dados MEDLINE, LILACS e BDENF. Os descritores utilizados foram: equipe multiprofissional, saúde e trabalho. Os critérios de inclusão consistiam em trabalhos publicados no Brasil, que abordassem a temática, compreendidos no período de 2009 a 2013. Resultados: O estudo foi constituído por 479 publicações, proporcionando a aquisição de 06 artigos científicos para composição da amostra da pesquisa, uma vez que atenderam aos critérios previamente estabelecidos. Os resultados mostraram que os desafios encontrados para o trabalho e a interação entre a equipe multiprofissional encontram-se na organização do serviço que favoreçam a conexão entre a alta complexidade de saberes, a responsabilidade coletiva das ações e a efetiva interação dos profissionais das diferentes áreas, possibilitando a superação das atuações fragmentadas, mantedoras do isolamento e das relações de poder entre os profissionais e destes com os usuários dos serviços, que prejudicam o desenvolvimento do trabalho em equipe para o alcance de uma atenção à saúde mais integral e resolutiva. Observa-se, que o trabalho em equipe em saúde geralmente é desenvolvido de forma individualizada, mesmo que haja a divisão de atribuições entre os profissionais, falta uma adequada interação dos profissionais e o compartilhamento de ações, o que afeta negativamente a eficácia da assistência nos serviços de atenção à saúde. Conclusão: Destarte, é necessário a criação de ambientes para explicitação e enfrentamento dialógico de conflitos, visando uma relação de complementariedade e interdependência relativa como um saber próprio dos distintos profissionais para o alcance da qualidade das ações de saúde."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "Saúde Coletiva"
    "palavra_chave" => "EQUIPE MULTIPROFISSIONAL, SAÚDE, TRABALHO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_12_03_2014_23_03_30_idinscrito_758_2e1f8a871ba538430e8e11891e449e8e.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:51"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:08:39"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARIA APARECIDA DE FREITAS"
    "autor_nome_curto" => "MARIA APARECIDA"
    "autor_email" => "aparecidafreitas1984@hotm"
    "autor_ies" => ""
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-conacis"
    "edicao_nome" => "Anais CONACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conacis/2014"
    "edicao_logo" => "5e48b0ffd111d_16022020000327.png"
    "edicao_capa" => "5f183ea35f5aa_22072020102659.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-04-09 00:00:00"
    "publicacao_id" => 15
    "publicacao_nome" => "Revista CONACIS"
    "publicacao_codigo" => "2358-0186"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 5403
    "edicao_id" => 17
    "trabalho_id" => 442
    "inscrito_id" => 758
    "titulo" => "EQUIPE MULTIPROFISSIONAL DE SAÚDE: A INTERFACE ENTRE TRABALHO E INTERAÇÃO"
    "resumo" => "Introdução: O trabalho em equipe multiprofissional é considerado um pressuposto fundamental à reorganização do processo de trabalho nos serviços de saúde com intuito a transformações na operacionalização das formas de agir sobre os fatores que interferem no processo saúde-doença da população, por meio de relações e ações interativas, coletivas e compartilhadas entre os profissionais.  A articulação entre as ações e a interação entre os profissionais é essencial à configuração do trabalho em equipe, no entanto, cada profissional deve ter definidas as suas atribuições e sua base de atuação, sendo estimulado a participar do processo de trabalho coletivo, cujo produto deve resultar da contribuição de sua profissão. Objetivo: Analisar os aspectos contextuais entre o trabalho e interação da equipe multiprofissional de saúde. Metodologia: Trata-se de uma pesquisa bibliográfica concernente à produção no campo das Ciências da Saúde, realizada em janeiro e fevereiro de 2013, nas bases de dados MEDLINE, LILACS e BDENF. Os descritores utilizados foram: equipe multiprofissional, saúde e trabalho. Os critérios de inclusão consistiam em trabalhos publicados no Brasil, que abordassem a temática, compreendidos no período de 2009 a 2013. Resultados: O estudo foi constituído por 479 publicações, proporcionando a aquisição de 06 artigos científicos para composição da amostra da pesquisa, uma vez que atenderam aos critérios previamente estabelecidos. Os resultados mostraram que os desafios encontrados para o trabalho e a interação entre a equipe multiprofissional encontram-se na organização do serviço que favoreçam a conexão entre a alta complexidade de saberes, a responsabilidade coletiva das ações e a efetiva interação dos profissionais das diferentes áreas, possibilitando a superação das atuações fragmentadas, mantedoras do isolamento e das relações de poder entre os profissionais e destes com os usuários dos serviços, que prejudicam o desenvolvimento do trabalho em equipe para o alcance de uma atenção à saúde mais integral e resolutiva. Observa-se, que o trabalho em equipe em saúde geralmente é desenvolvido de forma individualizada, mesmo que haja a divisão de atribuições entre os profissionais, falta uma adequada interação dos profissionais e o compartilhamento de ações, o que afeta negativamente a eficácia da assistência nos serviços de atenção à saúde. Conclusão: Destarte, é necessário a criação de ambientes para explicitação e enfrentamento dialógico de conflitos, visando uma relação de complementariedade e interdependência relativa como um saber próprio dos distintos profissionais para o alcance da qualidade das ações de saúde."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "Saúde Coletiva"
    "palavra_chave" => "EQUIPE MULTIPROFISSIONAL, SAÚDE, TRABALHO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_12_03_2014_23_03_30_idinscrito_758_2e1f8a871ba538430e8e11891e449e8e.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:51"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:08:39"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARIA APARECIDA DE FREITAS"
    "autor_nome_curto" => "MARIA APARECIDA"
    "autor_email" => "aparecidafreitas1984@hotm"
    "autor_ies" => ""
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-conacis"
    "edicao_nome" => "Anais CONACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conacis/2014"
    "edicao_logo" => "5e48b0ffd111d_16022020000327.png"
    "edicao_capa" => "5f183ea35f5aa_22072020102659.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-04-09 00:00:00"
    "publicacao_id" => 15
    "publicacao_nome" => "Revista CONACIS"
    "publicacao_codigo" => "2358-0186"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 09 de abril de 2014

Resumo

Introdução: O trabalho em equipe multiprofissional é considerado um pressuposto fundamental à reorganização do processo de trabalho nos serviços de saúde com intuito a transformações na operacionalização das formas de agir sobre os fatores que interferem no processo saúde-doença da população, por meio de relações e ações interativas, coletivas e compartilhadas entre os profissionais. A articulação entre as ações e a interação entre os profissionais é essencial à configuração do trabalho em equipe, no entanto, cada profissional deve ter definidas as suas atribuições e sua base de atuação, sendo estimulado a participar do processo de trabalho coletivo, cujo produto deve resultar da contribuição de sua profissão. Objetivo: Analisar os aspectos contextuais entre o trabalho e interação da equipe multiprofissional de saúde. Metodologia: Trata-se de uma pesquisa bibliográfica concernente à produção no campo das Ciências da Saúde, realizada em janeiro e fevereiro de 2013, nas bases de dados MEDLINE, LILACS e BDENF. Os descritores utilizados foram: equipe multiprofissional, saúde e trabalho. Os critérios de inclusão consistiam em trabalhos publicados no Brasil, que abordassem a temática, compreendidos no período de 2009 a 2013. Resultados: O estudo foi constituído por 479 publicações, proporcionando a aquisição de 06 artigos científicos para composição da amostra da pesquisa, uma vez que atenderam aos critérios previamente estabelecidos. Os resultados mostraram que os desafios encontrados para o trabalho e a interação entre a equipe multiprofissional encontram-se na organização do serviço que favoreçam a conexão entre a alta complexidade de saberes, a responsabilidade coletiva das ações e a efetiva interação dos profissionais das diferentes áreas, possibilitando a superação das atuações fragmentadas, mantedoras do isolamento e das relações de poder entre os profissionais e destes com os usuários dos serviços, que prejudicam o desenvolvimento do trabalho em equipe para o alcance de uma atenção à saúde mais integral e resolutiva. Observa-se, que o trabalho em equipe em saúde geralmente é desenvolvido de forma individualizada, mesmo que haja a divisão de atribuições entre os profissionais, falta uma adequada interação dos profissionais e o compartilhamento de ações, o que afeta negativamente a eficácia da assistência nos serviços de atenção à saúde. Conclusão: Destarte, é necessário a criação de ambientes para explicitação e enfrentamento dialógico de conflitos, visando uma relação de complementariedade e interdependência relativa como um saber próprio dos distintos profissionais para o alcance da qualidade das ações de saúde.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.