Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

Visualizações: 191
DIABETES MELLITUS: O BEM-ESTAR DO PACIENTE NO QUE SE REFERE AO TRATAMENTO.

Palavra-chaves: DIABETES MELLITTUS, BEM-ESTAR, ACOLHIMENTO. Pôster (PO) Bioquímica

Resumo

Introdução: O Diabetes Mellitus compõe um conjunto de alterações metabólicas no que diz respeito ao aumento de glicose no sangue (hiperglicemia), que decorrem de distorções na excreção de insulina e/ou da atuação deste hormônio nos tecidos – alvejado. O diabetes desencadeia um preocupante problema à saúde pública, por sua alta presença na sociedade, pelos elevados custos financeiros envolvidos no tratamento, suas dificuldades relativas aos procedimentos decorrentes do tratamento e o desgaste expressivo da qualidade de vida. Objetivos: O presente esboço incluiu como objetivos: avaliar o bem-estar geral de pacientes acometidos por Diabetes Mellitus, através de questionários; caracterizar os cuidados de padecentes com diabetes e identificar o índice de satisfação com a vida dos portadores de Diabetes Mellittus. Metodologia: A pesquisa seguiu um aspecto de exploração descritiva com abordagem quanti-qualitativa. Os decorrentes dados foram extraídos 60 diabéticos, sendo 23 mulheres e 37 homens, que fazem acompanhamento nas UBSF, no município de Petrolina – PE. Resultados: A coleta foi obtida no mês de fevereiro de 2014, por meio de um questionário contendo questões subjetivas e objetivas, reverenciando as normas éticas de pesquisas envolvendo seres humanos. As informações foram avaliadas através de analises estatísticas (descritiva e inferencial), onde os principais saldos mostraram que os participantes apresentaram médias preocupantes no que diz respeito aos aspectos ansiedade e depressão. Constatou–se ainda que tanto a afetividade dos diabéticos quanto o contentamento com a vida encontram-se mediais. Conclusão: Analisa-se, pois, que o bem-estar universal do padecente diabético está anexado às medidas preventivas e curativas relativamente simples. No entanto, para o domínio dessa patologia, são indispensáveis medidas que submirjam alterações no modo de vida do indivíduo, bem como um cortejo da saúde física e mental do diabético, devendo este ser feito dentro de um sistema hierarquizado ao bem-estar, sendo seu alicerce o nível principal de acolhimento.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.