Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

DIAGNÓSTICOS DE ENFERMAGEM DE MULHER CONSTIPADA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

Palavra-chaves: CONSTIPAÇÃO INTESTINAL, DIAGNÓSTICO DE ENFERMAGEM, CUIDADOS DE ENFERMAGEM Relato de Experiência(RE) Enfermagem Publicado em 09 de abril de 2014

Resumo

INTRODUÇÃO: Constipação é o termo empregado para descrever uma irregularidade da defecação com o endurecimento anormal das fezes que dificulta sua eliminação, que pode ser dolorosa, uma diminuição no volume das fezes ou retenção durante um período prolongado. OBJETIVO: Relatar a experiência de atendimento a uma mulher que se encontrava constipada, identificando os diagnóstico de enfermagem, segundo a Taxonomia da NANDA. METODOLOGIA: Estudo do tipo relato de experiência, realizado em set./2013 em um hospital regional da cidade de Picos-PI. Para coleta de dados, utilizou-se um formulário contento questões referentes à anamnese e ao exame físico, além de informações extraídas do prontuário da mesma. RESULTADOS: I.P.J.S., 61 anos, feminino, parda, separada, brasileira, natural de Itainópolis-PI, dona de casa, residente em casa própria, de alvenaria, evangélica. Relata constipação intestinal há nove dias, encontrava-se consciente, orientada, fásica, pele e mucosas higienizadas e integras, deambulando sem auxilio, sono e repouso prejudicados. Alimentação de dieta oral liquida, diurese presente e eliminações intestinais ausentes a nove dias. Venoclise em membro superior direito, rede venosa palpável. Ao exame físico: couro cabeludo integro, pele integra e hidratada, mucosa conjuntiva normocorada, cavidade oral integra, normocorada e higienizada, feita palpação da glândula tireoide, tórax sem alteração e com boa expansibilidade, abdômen com presença de cicatriz cirúrgica, globoso, rígido, presença de ruídos hidroaéreos, sons predominantemente timpânicos. Afebril, normocárdica, eupnéica e hipertensa. Foi possível detectar alguns diagnósticos de enfermagem, tais como constipação, padrão de sono prejudicado e risco de infecção. Com relação a constipação espera-se que a paciente apresente eliminações intestinal adequada em no máximo seis horas, e que a paciente tenha melhora do padrão de sono em no máximo vinte e quatro horas, e quanto ao risco de infecção a mesma receberá alta o mais breve possível . A identificação dos diagnósticos de enfermagem é fundamental em qualquer atendimento, pois além de nortear as práticas, permite a adequação das intervenções às reais necessidades do paciente, individualizando assim o cuidado, e o tornando único e holístico para cada paciente/cliente no contexto da assistência. CONCLUSÃO: A experiência foi muito enriquecedora para o grupo, sendo possível através dela adquirir conhecimentos tanto acerca da patologia instalada na paciente, quanto a assistência necessária ao individuo constipado.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.