Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

AÇÕES MULTIDISCIPLINARES PARA O TRATAMENTO NÃO FARMACOLÓGICO DE IDOSOS COM HIPERTENSÃO E/OU DIABETES

Palavra-chaves: IDOSOS;, MULTIDISCIPLINARES;, HIPERTENSÃO E DIABETES. Relato de Experiência(RE) Saúde Pública
"2014-04-09 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 5272
    "edicao_id" => 17
    "trabalho_id" => 651
    "inscrito_id" => 437
    "titulo" => "AÇÕES MULTIDISCIPLINARES PARA O TRATAMENTO NÃO FARMACOLÓGICO DE IDOSOS COM HIPERTENSÃO E/OU DIABETES"
    "resumo" => "INTRODUÇÃO: O envelhecimento saudável e bem estar do indivíduo depende de fatores biológicos, físicos, comportamentais, fisiológicos. Para o idoso, envelhecer constitui-se em um desafio a ser enfrentado, as novas realidades e limitações da vida requerem uma maior adaptação na mudança de comportamento e hábitos. O surgimento de doenças crônicas interfere nesse desenvolvimento com qualidade e consequentemente na expectativa de vida. OBJETIVOS: Relatar as intervenções realizadas com idosos na cidade de Campina Grande/PB através do Programa de Educação Tutorial “PET-saúde vigilância, doenças crônicas” da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). METODOLOGIA: Trata-se de um relato de experiência das intervenções realizadas em comunidade com um grupo de idosos hipertensos e/ou diabéticos (tipo 2), residentes em bairros situados na cidade de Campina Grande-PB. O PETSAÚDE da UEPB é desenvolvido nas unidades básicas de saúde da família (UBSF) do bairro Araxá e Ramadinha. Contamos com a participação de 12 acadêmicos dos cursos de odontologia, fisioterapia, enfermagem, psicologia, 2 preceptoras inseridas na equipe de estratégia de saúde da família de 2 UBSF, dos bairros Araxá e Ramadinha, e 2 tutores professores da UEPB. As intervenções são realizadas semanalmente, nas unidades de saúde e através de visitas domiciliares. Os encontros baseiam-se no investimento do conhecimento com vistas a melhores condições de saúde, no intuito de prevenir e/ou minimizar os agravos existentes.. RESULTADOS: A partir de dados obtidos percebeu-se que o número de idosos hipertensos é maior que o de diabéticos, em ambos os bairros. O grau de instrução sobre determinadas informações básicas relacionadas à alimentação e cuidados que deve-se ter para não agravar a enfermidade são insuficientes, e muitos idosos não tem o apoio familiar para o enfrentamento da doença. Poucos idosos praticam atividade física em seu cotidiano e poucos têm acompanhamento médico. CONCLUSÃO: A atividade de programas como o PETSAÚDE contribui positivamente na qualidade de vida desses idosos, que passam a ter uma atenção primária direcionada refletindo na autonomia para o autocuidado. A atuação de universitários nesse contexto permite uma visão ampla da necessidade de promoção, prevenção e reabilitação de saúde com qualidade e, desenvolve um aspecto crítico a respeito dos fatores que desencadeiam determinadas enfermidades e assim nos prepara para uma assistência mais íntegra e humanizada para com os pacientes."
    "modalidade" => "Relato de Experiência(RE)"
    "area_tematica" => "Saúde Pública"
    "palavra_chave" => "IDOSOS;, MULTIDISCIPLINARES;, HIPERTENSÃO E DIABETES."
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_3datahora_24_03_2014_11_56_29_idinscrito_437_c6ed835d43fa60ada85a93012b05c1e2.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:51"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:08:38"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JACQUELANE SILVA SANTOS"
    "autor_nome_curto" => "JACK SILVA"
    "autor_email" => "jack_laane@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-conacis"
    "edicao_nome" => "Anais CONACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conacis/2014"
    "edicao_logo" => "5e48b0ffd111d_16022020000327.png"
    "edicao_capa" => "5f183ea35f5aa_22072020102659.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-04-09 00:00:00"
    "publicacao_id" => 15
    "publicacao_nome" => "Revista CONACIS"
    "publicacao_codigo" => "2358-0186"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 5272
    "edicao_id" => 17
    "trabalho_id" => 651
    "inscrito_id" => 437
    "titulo" => "AÇÕES MULTIDISCIPLINARES PARA O TRATAMENTO NÃO FARMACOLÓGICO DE IDOSOS COM HIPERTENSÃO E/OU DIABETES"
    "resumo" => "INTRODUÇÃO: O envelhecimento saudável e bem estar do indivíduo depende de fatores biológicos, físicos, comportamentais, fisiológicos. Para o idoso, envelhecer constitui-se em um desafio a ser enfrentado, as novas realidades e limitações da vida requerem uma maior adaptação na mudança de comportamento e hábitos. O surgimento de doenças crônicas interfere nesse desenvolvimento com qualidade e consequentemente na expectativa de vida. OBJETIVOS: Relatar as intervenções realizadas com idosos na cidade de Campina Grande/PB através do Programa de Educação Tutorial “PET-saúde vigilância, doenças crônicas” da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). METODOLOGIA: Trata-se de um relato de experiência das intervenções realizadas em comunidade com um grupo de idosos hipertensos e/ou diabéticos (tipo 2), residentes em bairros situados na cidade de Campina Grande-PB. O PETSAÚDE da UEPB é desenvolvido nas unidades básicas de saúde da família (UBSF) do bairro Araxá e Ramadinha. Contamos com a participação de 12 acadêmicos dos cursos de odontologia, fisioterapia, enfermagem, psicologia, 2 preceptoras inseridas na equipe de estratégia de saúde da família de 2 UBSF, dos bairros Araxá e Ramadinha, e 2 tutores professores da UEPB. As intervenções são realizadas semanalmente, nas unidades de saúde e através de visitas domiciliares. Os encontros baseiam-se no investimento do conhecimento com vistas a melhores condições de saúde, no intuito de prevenir e/ou minimizar os agravos existentes.. RESULTADOS: A partir de dados obtidos percebeu-se que o número de idosos hipertensos é maior que o de diabéticos, em ambos os bairros. O grau de instrução sobre determinadas informações básicas relacionadas à alimentação e cuidados que deve-se ter para não agravar a enfermidade são insuficientes, e muitos idosos não tem o apoio familiar para o enfrentamento da doença. Poucos idosos praticam atividade física em seu cotidiano e poucos têm acompanhamento médico. CONCLUSÃO: A atividade de programas como o PETSAÚDE contribui positivamente na qualidade de vida desses idosos, que passam a ter uma atenção primária direcionada refletindo na autonomia para o autocuidado. A atuação de universitários nesse contexto permite uma visão ampla da necessidade de promoção, prevenção e reabilitação de saúde com qualidade e, desenvolve um aspecto crítico a respeito dos fatores que desencadeiam determinadas enfermidades e assim nos prepara para uma assistência mais íntegra e humanizada para com os pacientes."
    "modalidade" => "Relato de Experiência(RE)"
    "area_tematica" => "Saúde Pública"
    "palavra_chave" => "IDOSOS;, MULTIDISCIPLINARES;, HIPERTENSÃO E DIABETES."
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_3datahora_24_03_2014_11_56_29_idinscrito_437_c6ed835d43fa60ada85a93012b05c1e2.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:51"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:08:38"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JACQUELANE SILVA SANTOS"
    "autor_nome_curto" => "JACK SILVA"
    "autor_email" => "jack_laane@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-conacis"
    "edicao_nome" => "Anais CONACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conacis/2014"
    "edicao_logo" => "5e48b0ffd111d_16022020000327.png"
    "edicao_capa" => "5f183ea35f5aa_22072020102659.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-04-09 00:00:00"
    "publicacao_id" => 15
    "publicacao_nome" => "Revista CONACIS"
    "publicacao_codigo" => "2358-0186"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 09 de abril de 2014

Resumo

INTRODUÇÃO: O envelhecimento saudável e bem estar do indivíduo depende de fatores biológicos, físicos, comportamentais, fisiológicos. Para o idoso, envelhecer constitui-se em um desafio a ser enfrentado, as novas realidades e limitações da vida requerem uma maior adaptação na mudança de comportamento e hábitos. O surgimento de doenças crônicas interfere nesse desenvolvimento com qualidade e consequentemente na expectativa de vida. OBJETIVOS: Relatar as intervenções realizadas com idosos na cidade de Campina Grande/PB através do Programa de Educação Tutorial “PET-saúde vigilância, doenças crônicas” da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). METODOLOGIA: Trata-se de um relato de experiência das intervenções realizadas em comunidade com um grupo de idosos hipertensos e/ou diabéticos (tipo 2), residentes em bairros situados na cidade de Campina Grande-PB. O PETSAÚDE da UEPB é desenvolvido nas unidades básicas de saúde da família (UBSF) do bairro Araxá e Ramadinha. Contamos com a participação de 12 acadêmicos dos cursos de odontologia, fisioterapia, enfermagem, psicologia, 2 preceptoras inseridas na equipe de estratégia de saúde da família de 2 UBSF, dos bairros Araxá e Ramadinha, e 2 tutores professores da UEPB. As intervenções são realizadas semanalmente, nas unidades de saúde e através de visitas domiciliares. Os encontros baseiam-se no investimento do conhecimento com vistas a melhores condições de saúde, no intuito de prevenir e/ou minimizar os agravos existentes.. RESULTADOS: A partir de dados obtidos percebeu-se que o número de idosos hipertensos é maior que o de diabéticos, em ambos os bairros. O grau de instrução sobre determinadas informações básicas relacionadas à alimentação e cuidados que deve-se ter para não agravar a enfermidade são insuficientes, e muitos idosos não tem o apoio familiar para o enfrentamento da doença. Poucos idosos praticam atividade física em seu cotidiano e poucos têm acompanhamento médico. CONCLUSÃO: A atividade de programas como o PETSAÚDE contribui positivamente na qualidade de vida desses idosos, que passam a ter uma atenção primária direcionada refletindo na autonomia para o autocuidado. A atuação de universitários nesse contexto permite uma visão ampla da necessidade de promoção, prevenção e reabilitação de saúde com qualidade e, desenvolve um aspecto crítico a respeito dos fatores que desencadeiam determinadas enfermidades e assim nos prepara para uma assistência mais íntegra e humanizada para com os pacientes.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.