Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

Visualizações: 172
A PROMOÇÃO DA SAÚDE DO ADOLESCENTE NA ATENÇÃO BÁSICA COMO DESAFIO PARA A ENFERMAGEM

Palavra-chaves: ADOLESCENTE, ATENÇÃO BÁSICA, PROMOÇÃO DA SAÚDE Tema Livre (TL) Enfermagem

Resumo

Estudo qualitativo e descritivo, com objetivos de identificar, descrever e discutir as ações de enfermagem desenvolvidas nas Unidades Básicas de Saúde da Família de Mossoró - RN, para a promoção da Saúde do Adolescente e relatar sua importância. Utilizou-se como instrumento para coleta de dados um roteiro de entrevista semi-estruturada, realizada com nove enfermeiros atuantes na atenção básica em período mínimo de um ano. A análise dos dados foram interpretadas a partir da análise do conteúdo proposta por Bardin, na qual agrupou núcleos temáticos, conforme a técnica de análise de conteúdo, da qual emergiram as categorias: as ações de promoção da saúde do adolescente desenvolvidas pelos enfermeiros; os limites para a promoção da saúde na atenção básica; a educação permanente auxiliando na realização de atividades de promoção da saúde e a importância do trabalho do enfermeiro no desenvolvimento de ações de promoção da saúde do adolescente. Identificou-se a ausência de estratégias de ação para a promoção da saúde dos adolescentes nas UBS, bem como, inúmeras dificuldades para a realização de ações de promoção da saúde, tais como: fragilidade da ação intersetorial, sobrecarga de trabalho e despreparo pessoal, gerando um cuidar centrado no modelo biomédico. Entretanto, os enfermeiros entendem a dimensão da importância do seu trabalho para a promoção da saúde de adolescentes, por desenvolver, efetivamente, atividades de promoção da saúde e sócio-educativas. Conclui-se que é imprescindível pensar na integralidade da assistência para que a promoção da saúde se materialize aliada à intersetorialidade, enfatizando sua relevância para fortalecer as ações de promoção da saúde.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.