Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

Visualizações: 152
DEPRESSÃO NA ADOLESCÊNCIA: ASPECTOS ETIOLÓGICOS

Palavra-chaves: DEPRESSÃO, ADOLESCENTE, PSICOPATOLOGIA Pôster (PO) Enfermagem

Resumo

INTRODUÇÃO: A depressão antes vista como uma psicopatologia específica da fase adulta passou a ser considerada, da década de 60, como integrante do universo infantil e adolescente. Sendo que em 1975 se intensificam as pesquisas, atraindo os interesses acerca da temática, tornando-se crescente durante as ultimas décadas. Mesmo assim alguns estudos, por exemplo: o Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-IV) e na Classificação Internacional de Doenças (CID-10) traçam um paralelo das sintomatologias da depressão, entre adolescência e a fase adulta. Mais recentemente vem se falando da necessidade de se considerar a especificidade do quadro da sintomatologia na adolescência, chagando, aos seguintes sintomas: humor deprimido, sentimento de desesperança e/ou culpa, considerável alteração no sono, isolamento, dificuldade de concentração, a baixa autoestima, ideias e tentativas de suicídio e problemas graves de comportamentos, e por se tratar de uma psicopatologia crescente na adolescência, é justificável, que se pesquise o que tem contribuído para este aumento. OBJETIVOS. No presente trabalho buscou-se compreender quais os fatores que levam ao indivíduo na adolescência a adquirir um quadro depressivo. METODOLOGIA: O método que adotamos foi o de pesquisa bibliográfica, a partir de uma revisão da literatura, realizada na base de dados da Scientificelectroniclibrary (Scielo),e na Biblioteca Virtual de Saúde (BVS) onde localizamos 40 artigos, com o seguinte descritor, “Depressão AND adolescência” e filtramos aqueles pertinentes ao tema, através da leitura flutuante do resumo e na íntegra dos artigos e excluímos os coincidentes. RESULTADOS. Com base nas pesquisas notou-se um aumento no risco da depressão em adolescente. Os seguintes fatores contribuem para este aumento: existência no histórico familiar de algum parente com o quadro depressivo, falta de estabelecimento de vinculo principalmente genitores; estressores ambientais: o abuso físico, psicológico e sexual; a perda de algum ente querido; o bullying. A incidência de depressão é maior nas mulheres do que nos homens, sendo que estes tendem a chegarem a um grau de quadro clínico mais elevado (suicídio). CONCLUSÃO. Portanto, vimos que os estudos apontam vários fatores que podem ser a causa da depressão na adolescência e que a frequência do quadro depressivo vem aumentando nos adolescente. Contudo se faz necessário com que as pesquisas envolvendo esta psicopatologia se intensifiquem, pois as mesmas servem de ferramentas para uma melhor atuação dos muitos profissionais na área de saúde, de maneira interdisciplinar.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.