Artigo Anais V CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

LUÍSA: TRANSGRESSÃO E HISTERIA EM O PRIMO BASÍLIO DE EÇA DE QUEIROZ

Palavra-chaves: REALISMO PORTUGUÊS;, LUÍSA;, PSICANÁLISE;, LITERATURA Comunicação Oral (CO) GT 18. Educação Emocional
"2018-10-17 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 47798
    "edicao_id" => 101
    "trabalho_id" => 4365
    "inscrito_id" => 10684
    "titulo" => """
      LUÍSA: TRANSGRESSÃO E HISTERIA EM O PRIMO BASÍLIO\r\n
      DE EÇA DE QUEIROZ
      """
    "resumo" => """
      Resumo:\r\n
      Trazer a discussão sobre a histeria em Luiza, personagem principal de O primo Basílio (1878), do escritor lusitano Eça de Queiroz (1845 – 1900), é, antes de tudo, buscar compreender o lugar da mulher em uma sociedade alicerçada nos valores do patriarcado que, de maneira arbitrária, circunscreve o corpo feminino ao espaço doméstico. Nessa perspectiva, questionar esta mulher é entender a sociedade pela óptica do realismo português, tendo como pano de fundo a ascensão da burguesia e a hipocrisia que encobria o escárnio social. Isto posto, propomo-nos analisar a personagem feminina da narrativa em foco, utilizando-nos do aparato teórico da psicanálise, compreendendo, também, os princípios vigentes à época. Pretendemos, ainda, investigar, por meio da categoria da histeria, como Luiza se inscreve ao longo da obra e examinar as suas transgressões como maneira de contestar as amarras impostas pela sociedade.
      """
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 18. Educação Emocional"
    "palavra_chave" => "REALISMO  PORTUGUÊS;, LUÍSA;, PSICANÁLISE;, LITERATURA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV117_MD1_SA18_ID10684_17092018214632.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:32"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:33:57"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ROSILENE FELIX MAMEDES"
    "autor_nome_curto" => "ROSILENE"
    "autor_email" => "rosilenefmamedes@gmail.co"
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-v-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais V CONEDU"
    "edicao_evento" => "V Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2018"
    "edicao_logo" => "5e4a040030b34_17022020000952.jpg"
    "edicao_capa" => "5e4a040030246_17022020000952.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-10-17 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 47798
    "edicao_id" => 101
    "trabalho_id" => 4365
    "inscrito_id" => 10684
    "titulo" => """
      LUÍSA: TRANSGRESSÃO E HISTERIA EM O PRIMO BASÍLIO\r\n
      DE EÇA DE QUEIROZ
      """
    "resumo" => """
      Resumo:\r\n
      Trazer a discussão sobre a histeria em Luiza, personagem principal de O primo Basílio (1878), do escritor lusitano Eça de Queiroz (1845 – 1900), é, antes de tudo, buscar compreender o lugar da mulher em uma sociedade alicerçada nos valores do patriarcado que, de maneira arbitrária, circunscreve o corpo feminino ao espaço doméstico. Nessa perspectiva, questionar esta mulher é entender a sociedade pela óptica do realismo português, tendo como pano de fundo a ascensão da burguesia e a hipocrisia que encobria o escárnio social. Isto posto, propomo-nos analisar a personagem feminina da narrativa em foco, utilizando-nos do aparato teórico da psicanálise, compreendendo, também, os princípios vigentes à época. Pretendemos, ainda, investigar, por meio da categoria da histeria, como Luiza se inscreve ao longo da obra e examinar as suas transgressões como maneira de contestar as amarras impostas pela sociedade.
      """
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 18. Educação Emocional"
    "palavra_chave" => "REALISMO  PORTUGUÊS;, LUÍSA;, PSICANÁLISE;, LITERATURA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV117_MD1_SA18_ID10684_17092018214632.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:32"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:33:57"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ROSILENE FELIX MAMEDES"
    "autor_nome_curto" => "ROSILENE"
    "autor_email" => "rosilenefmamedes@gmail.co"
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-v-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais V CONEDU"
    "edicao_evento" => "V Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2018"
    "edicao_logo" => "5e4a040030b34_17022020000952.jpg"
    "edicao_capa" => "5e4a040030246_17022020000952.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-10-17 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 17 de outubro de 2018

Resumo

Resumo: Trazer a discussão sobre a histeria em Luiza, personagem principal de O primo Basílio (1878), do escritor lusitano Eça de Queiroz (1845 – 1900), é, antes de tudo, buscar compreender o lugar da mulher em uma sociedade alicerçada nos valores do patriarcado que, de maneira arbitrária, circunscreve o corpo feminino ao espaço doméstico. Nessa perspectiva, questionar esta mulher é entender a sociedade pela óptica do realismo português, tendo como pano de fundo a ascensão da burguesia e a hipocrisia que encobria o escárnio social. Isto posto, propomo-nos analisar a personagem feminina da narrativa em foco, utilizando-nos do aparato teórico da psicanálise, compreendendo, também, os princípios vigentes à época. Pretendemos, ainda, investigar, por meio da categoria da histeria, como Luiza se inscreve ao longo da obra e examinar as suas transgressões como maneira de contestar as amarras impostas pela sociedade.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.