Artigo Anais V CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA NO ENSINO DE CIÊNCIAS ATRAVÉS DA UTILIZAÇÃO DE JOGOS DIDÁTICOS PARA DISCENTES COM SÍNDROME DE DOWN.

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO, GENÉTICA, LUDICIDADE. Comunicação Oral (CO) GT 17. Ensino e suas interseções Publicado em 17 de outubro de 2018

Resumo

A presente pesquisa tem como objetivo principal desenvolver atividades com jogos didáticos alunos com Síndrome de Down, que facilitem no processo de ensino-aprendizagem de discentes com necessidades especiais, com relação ao ensino de ciências em particular 1 Lei de Mendel. A intervenção foi planejada a partir de observações de algumas aulas de genética verificaram-se as dificuldades dos discentes na resolução de questões. Sendo assim, foi criada essa alternativa lúdica “jogo da memória” para facilitar o ensino e aprendizagem dos discentes de uma escola pública. Foram elaboradas quatro perguntas com conceitos genéticos. A atividade foi realizada em primeiro momento: Explicação dos conteúdos, e a construção do jogo. A busca e organização das informações estimularam o uso dos conceitos teóricos recebidos em sala de aula e permitiram o exercício de habilidades necessárias para a pesquisa em ciência, tais como: observação e registro. Sendo um momento rico que propiciou o desenvolvimento de conteúdos sobre a Primeira e Segunda Lei de Mendel. Foi possível observar pelos resultados apresentados que a proposta de jogos didáticos é sim uma prática bem produtiva para conformação do processo de ensino-aprendizagem e que à mesma deve ser mais desenvolvida pelos educadores a fim de propiciar aos discentes com necessidades especiais uma aprendizagem não somente científica, mas também de socialização uns para com os outros, e para com toda a sociedade.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.