Artigo Anais V CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

DIDÁTICA CULTURAL SURDA E OS MÉTODOS DE ENSINO PARA ATUAR COM O ALUNO SURDO

Palavra-chaves: DIDÁTICA CULTURAL SURDA, METODOLOGIAS, SURDO Comunicação Oral (CO) GT 10. Educação Especial
"2018-10-17 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 46965
    "edicao_id" => 101
    "trabalho_id" => 1102
    "inscrito_id" => 9026
    "titulo" => "DIDÁTICA CULTURAL SURDA E OS MÉTODOS DE ENSINO PARA ATUAR COM O ALUNO SURDO"
    "resumo" => "No início do processo educacional dos surdos utilizavam-se diferentes métodos visando a “melhor” forma de ensiná-los, sendo que, muitas vezes alguns desses métodos eram violentos, pois não importava tanto a técnica, desde que levasse o surdo a falar. Depois de muitos movimentos sociais os surdos começaram a ter acesso ao conhecimento através da língua de sinais e a divulgação da cultura surda resultou em um maior respeito aos seus aspectos culturais e sociais. Quanto ao processo educacional, a Didática passou a ser pensada no sentido de conduzir o aprendizado tanto pelo trabalho docente quanto pelo resultado desse trabalho na vivência escolar dos alunos surdos. Nesse processo surgiu uma nova didática denominada Didática Cultural Surda. Buscando aprofundar uma reflexão sobre essa temática, o presente estudo tem como objetivo apresentar uma breve reflexão sobre o que é a Didática Surda, analisando os principais métodos de ensino para atuar com o aluno surdo. Para tanto, fizemos uso de uma pesquisa bibliográfica, através da consulta de autores como Poker (2002), Perlin e Rezende (2011), Libâneo (2013) e Quadros (2005). Os resultados revelam que uma das metodologias mais defendidas para ensinar o aluno surdo é aquela que faz o uso de imagens, sobretudo, na leitura de textos. Isso justifica-se pelo fato do aprendizado do aluno surdo ser através do visual-espacial. Concluímos que as escolas devem garantir os mínimos de recursos possíveis ao aluno surdo, além de professores capacitados e comprometidos com a educação de todos."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 10. Educação Especial"
    "palavra_chave" => "DIDÁTICA CULTURAL SURDA, METODOLOGIAS, SURDO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV117_MD1_SA10_ID9026_31082018160228.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:31"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:33:55"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "CAMILA CAROLINE"
    "autor_nome_curto" => "DE LIMA SILVA"
    "autor_email" => "camila.silva@ifac.edu.br"
    "autor_ies" => "UFAC"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-v-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais V CONEDU"
    "edicao_evento" => "V Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2018"
    "edicao_logo" => "5e4a040030b34_17022020000952.jpg"
    "edicao_capa" => "5e4a040030246_17022020000952.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-10-17 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 46965
    "edicao_id" => 101
    "trabalho_id" => 1102
    "inscrito_id" => 9026
    "titulo" => "DIDÁTICA CULTURAL SURDA E OS MÉTODOS DE ENSINO PARA ATUAR COM O ALUNO SURDO"
    "resumo" => "No início do processo educacional dos surdos utilizavam-se diferentes métodos visando a “melhor” forma de ensiná-los, sendo que, muitas vezes alguns desses métodos eram violentos, pois não importava tanto a técnica, desde que levasse o surdo a falar. Depois de muitos movimentos sociais os surdos começaram a ter acesso ao conhecimento através da língua de sinais e a divulgação da cultura surda resultou em um maior respeito aos seus aspectos culturais e sociais. Quanto ao processo educacional, a Didática passou a ser pensada no sentido de conduzir o aprendizado tanto pelo trabalho docente quanto pelo resultado desse trabalho na vivência escolar dos alunos surdos. Nesse processo surgiu uma nova didática denominada Didática Cultural Surda. Buscando aprofundar uma reflexão sobre essa temática, o presente estudo tem como objetivo apresentar uma breve reflexão sobre o que é a Didática Surda, analisando os principais métodos de ensino para atuar com o aluno surdo. Para tanto, fizemos uso de uma pesquisa bibliográfica, através da consulta de autores como Poker (2002), Perlin e Rezende (2011), Libâneo (2013) e Quadros (2005). Os resultados revelam que uma das metodologias mais defendidas para ensinar o aluno surdo é aquela que faz o uso de imagens, sobretudo, na leitura de textos. Isso justifica-se pelo fato do aprendizado do aluno surdo ser através do visual-espacial. Concluímos que as escolas devem garantir os mínimos de recursos possíveis ao aluno surdo, além de professores capacitados e comprometidos com a educação de todos."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 10. Educação Especial"
    "palavra_chave" => "DIDÁTICA CULTURAL SURDA, METODOLOGIAS, SURDO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV117_MD1_SA10_ID9026_31082018160228.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:31"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:33:55"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "CAMILA CAROLINE"
    "autor_nome_curto" => "DE LIMA SILVA"
    "autor_email" => "camila.silva@ifac.edu.br"
    "autor_ies" => "UFAC"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-v-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais V CONEDU"
    "edicao_evento" => "V Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2018"
    "edicao_logo" => "5e4a040030b34_17022020000952.jpg"
    "edicao_capa" => "5e4a040030246_17022020000952.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-10-17 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 17 de outubro de 2018

Resumo

No início do processo educacional dos surdos utilizavam-se diferentes métodos visando a “melhor” forma de ensiná-los, sendo que, muitas vezes alguns desses métodos eram violentos, pois não importava tanto a técnica, desde que levasse o surdo a falar. Depois de muitos movimentos sociais os surdos começaram a ter acesso ao conhecimento através da língua de sinais e a divulgação da cultura surda resultou em um maior respeito aos seus aspectos culturais e sociais. Quanto ao processo educacional, a Didática passou a ser pensada no sentido de conduzir o aprendizado tanto pelo trabalho docente quanto pelo resultado desse trabalho na vivência escolar dos alunos surdos. Nesse processo surgiu uma nova didática denominada Didática Cultural Surda. Buscando aprofundar uma reflexão sobre essa temática, o presente estudo tem como objetivo apresentar uma breve reflexão sobre o que é a Didática Surda, analisando os principais métodos de ensino para atuar com o aluno surdo. Para tanto, fizemos uso de uma pesquisa bibliográfica, através da consulta de autores como Poker (2002), Perlin e Rezende (2011), Libâneo (2013) e Quadros (2005). Os resultados revelam que uma das metodologias mais defendidas para ensinar o aluno surdo é aquela que faz o uso de imagens, sobretudo, na leitura de textos. Isso justifica-se pelo fato do aprendizado do aluno surdo ser através do visual-espacial. Concluímos que as escolas devem garantir os mínimos de recursos possíveis ao aluno surdo, além de professores capacitados e comprometidos com a educação de todos.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.