Artigo Anais ABRALIC Internacional

ANAIS de Evento

ISSN: 2317-157X

AS PROPOSTAS ESTÉTICAS DE AUGUSTO ABELAIRA

"2013-07-12 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 4340
    "edicao_id" => 14
    "trabalho_id" => 481
    "inscrito_id" => 912
    "titulo" => "AS PROPOSTAS ESTÉTICAS DE AUGUSTO ABELAIRA"
    "resumo" => "AS PROPOSTAS ESTÉTICAS DE AUGUSTO ABELAIRAIsabela Gomes Bustamante Resumo:A escrita experimental de Augusto Abelaira apropria-se de conquistas de movimentos filosóficos, estéticos e literários, em desenvolvimento no século XX, para produzir uma forma inédita de narrativa, em Portugal.  Pensando as propostas estéticas do autor, este estudo tem como objetivo analisar três obras de Abelaira, Bolor (1968), Quatro Paredes Nuas (1972) e Nem só mas também (2004, póstumo), tendo como premissa suas aproximações com o Nouveau Roman e com o Existencialismo Sartriano.  O primeiro, movimento iniciado na França e cujo principal teórico foi o escritor e teórico literário francês Alain Robbe-Grillet, caracterizou a literatura nos anos 50 que experimentava diferentes estilos em contrapartida à escrita tradicional.  Além de compreender as relações do autor com o Nouveau Roman, esta comunicação pretende abordar as relações entre as narrativas ficcionais de Abelaira e o Existencialismo Sartriano.  Para tal, é crucial pensar como o autor compreende o indivíduo, suas inquietações e preocupações existenciais.  Após o estudo das aproximações acima citadas, serão discutidas as práticas realistas que o autor exerce nas obras em estudo. Palavras-chave: Augusto Abelaira, Nouveau Roman, Existencialismo."
    "modalidade" => null
    "area_tematica" => null
    "palavra_chave" => null
    "idioma" => null
    "arquivo" => "Completo_Comunicacao_oral_idinscrito_912_fb60c358af5ffa33a9b5230b9903b740.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:50"
    "updated_at" => "2020-06-10 13:11:26"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ISABELA GOMES BUSTAMANTE"
    "autor_nome_curto" => "ISABELA BUSTAMANTE"
    "autor_email" => "belabustamante@gmail.com"
    "autor_ies" => "PUC- RIO"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-abralic-internacional"
    "edicao_nome" => "Anais ABRALIC Internacional"
    "edicao_evento" => "XIII Congresso Internacional da Associação Brasileira de Literatura Comparada"
    "edicao_ano" => 2013
    "edicao_pasta" => "anais/abralic/2013"
    "edicao_logo" => "5e48acf34819c_15022020234611.png"
    "edicao_capa" => "5f17347012303_21072020153112.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2013-07-12 00:00:00"
    "publicacao_id" => 12
    "publicacao_nome" => "Revista ABRALIC INTERNACIONAL"
    "publicacao_codigo" => "2317-157X"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 4340
    "edicao_id" => 14
    "trabalho_id" => 481
    "inscrito_id" => 912
    "titulo" => "AS PROPOSTAS ESTÉTICAS DE AUGUSTO ABELAIRA"
    "resumo" => "AS PROPOSTAS ESTÉTICAS DE AUGUSTO ABELAIRAIsabela Gomes Bustamante Resumo:A escrita experimental de Augusto Abelaira apropria-se de conquistas de movimentos filosóficos, estéticos e literários, em desenvolvimento no século XX, para produzir uma forma inédita de narrativa, em Portugal.  Pensando as propostas estéticas do autor, este estudo tem como objetivo analisar três obras de Abelaira, Bolor (1968), Quatro Paredes Nuas (1972) e Nem só mas também (2004, póstumo), tendo como premissa suas aproximações com o Nouveau Roman e com o Existencialismo Sartriano.  O primeiro, movimento iniciado na França e cujo principal teórico foi o escritor e teórico literário francês Alain Robbe-Grillet, caracterizou a literatura nos anos 50 que experimentava diferentes estilos em contrapartida à escrita tradicional.  Além de compreender as relações do autor com o Nouveau Roman, esta comunicação pretende abordar as relações entre as narrativas ficcionais de Abelaira e o Existencialismo Sartriano.  Para tal, é crucial pensar como o autor compreende o indivíduo, suas inquietações e preocupações existenciais.  Após o estudo das aproximações acima citadas, serão discutidas as práticas realistas que o autor exerce nas obras em estudo. Palavras-chave: Augusto Abelaira, Nouveau Roman, Existencialismo."
    "modalidade" => null
    "area_tematica" => null
    "palavra_chave" => null
    "idioma" => null
    "arquivo" => "Completo_Comunicacao_oral_idinscrito_912_fb60c358af5ffa33a9b5230b9903b740.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:50"
    "updated_at" => "2020-06-10 13:11:26"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ISABELA GOMES BUSTAMANTE"
    "autor_nome_curto" => "ISABELA BUSTAMANTE"
    "autor_email" => "belabustamante@gmail.com"
    "autor_ies" => "PUC- RIO"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-abralic-internacional"
    "edicao_nome" => "Anais ABRALIC Internacional"
    "edicao_evento" => "XIII Congresso Internacional da Associação Brasileira de Literatura Comparada"
    "edicao_ano" => 2013
    "edicao_pasta" => "anais/abralic/2013"
    "edicao_logo" => "5e48acf34819c_15022020234611.png"
    "edicao_capa" => "5f17347012303_21072020153112.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2013-07-12 00:00:00"
    "publicacao_id" => 12
    "publicacao_nome" => "Revista ABRALIC INTERNACIONAL"
    "publicacao_codigo" => "2317-157X"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 12 de julho de 2013

Resumo

AS PROPOSTAS ESTÉTICAS DE AUGUSTO ABELAIRAIsabela Gomes Bustamante Resumo:A escrita experimental de Augusto Abelaira apropria-se de conquistas de movimentos filosóficos, estéticos e literários, em desenvolvimento no século XX, para produzir uma forma inédita de narrativa, em Portugal. Pensando as propostas estéticas do autor, este estudo tem como objetivo analisar três obras de Abelaira, Bolor (1968), Quatro Paredes Nuas (1972) e Nem só mas também (2004, póstumo), tendo como premissa suas aproximações com o Nouveau Roman e com o Existencialismo Sartriano. O primeiro, movimento iniciado na França e cujo principal teórico foi o escritor e teórico literário francês Alain Robbe-Grillet, caracterizou a literatura nos anos 50 que experimentava diferentes estilos em contrapartida à escrita tradicional. Além de compreender as relações do autor com o Nouveau Roman, esta comunicação pretende abordar as relações entre as narrativas ficcionais de Abelaira e o Existencialismo Sartriano. Para tal, é crucial pensar como o autor compreende o indivíduo, suas inquietações e preocupações existenciais. Após o estudo das aproximações acima citadas, serão discutidas as práticas realistas que o autor exerce nas obras em estudo. Palavras-chave: Augusto Abelaira, Nouveau Roman, Existencialismo.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.