Artigo Anais III CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

ATIVIDADE ANTINEOPLÁSICA DO LUPEOL: UM TESTE IN SILICO

Palavra-chaves: ANTIONEPLÁSICO, CÉLULAS CANCERÍGENAS, LUPEOL, TERPENOS, TERPENOS Pôster (PO) AT 10 - Ciências Biológicas e Biomedicina: novas abordagens na pesquisa e no ensino
"2018-07-17 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 42954
    "edicao_id" => 91
    "trabalho_id" => 112
    "inscrito_id" => 862
    "titulo" => "ATIVIDADE ANTINEOPLÁSICA DO LUPEOL: UM TESTE IN SILICO"
    "resumo" => "Este trabalho na área das Ciências Biológicas e Biomedicina: novas abordagens na pesquisa e no ensino traz como objetivo analisar à eficácia da atividade antineoplásica in silico do produto natural Lupeol. Desse modo, vale ressaltar que o câncer é tido como uma das doenças que mais causam receio na sociedade, por ter se tornado um estigma de morte e dor. Nesse contexto, vêm sendo elaborados e efetuados estudos com fitoterápicos a partir de óleos essenciais de plantas medicinais. Dentre eles está um grupo de compostos chamados de terpenos, que possuem um alto índice terapêutico. A metodologia utilizada consiste em um estudo in silico, onde todas as informações químicas do terpeno selecionado (lupeol) foram obtidas no site http://www.chemspider.com/. Para a análise das propriedades do lupeol optou-se pelo software Previsão do Espectro de Atividade para Substâncias (PASS) online, onde fornece previsões simultâneas de muitos tipos de atividades biológicas com base na estrutura dos compostos orgânicos e dá várias facetas da ação biológica de um composto, obtendo os índices Pa e Pi estimando a categorização de um composto potencial em ser pertencente à subclasse de compostos ativos ou inativos, respectivamente. Observa-se como resultados que o lupeol obteve valores de potencial de ativação (Pa) para os efeitos estudados bem mais elevados que os valores de potencial de inativação (Pi). Em suma, pode-se ressaltar que o lupeol (triterpenóide) tem grande potencial e eficácia na atividade antineoplásica no estudo in silico. No entanto, ainda existem poucos estudos in vitro e in vivo com esse composto."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 10 - Ciências Biológicas e Biomedicina: novas abordagens na pesquisa e no ensino"
    "palavra_chave" => "ANTIONEPLÁSICO, CÉLULAS CANCERÍGENAS, LUPEOL, TERPENOS, TERPENOS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV107_MD4_SA20_ID862_30042018134000.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:27"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:22:28"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MILLENA DE SOUZA ALVES"
    "autor_nome_curto" => "MILLENA"
    "autor_email" => "millenaasouzaa@gmail.com"
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iii-conapesc"
    "edicao_nome" => "Anais III CONAPESC"
    "edicao_evento" => "III Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/conapesc/2018"
    "edicao_logo" => "5e49fcf7a5075_16022020233951.jpg"
    "edicao_capa" => "5e49fcf7a4784_16022020233951.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-07-17 00:00:00"
    "publicacao_id" => 28
    "publicacao_nome" => "Anais do Conapesc"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 42954
    "edicao_id" => 91
    "trabalho_id" => 112
    "inscrito_id" => 862
    "titulo" => "ATIVIDADE ANTINEOPLÁSICA DO LUPEOL: UM TESTE IN SILICO"
    "resumo" => "Este trabalho na área das Ciências Biológicas e Biomedicina: novas abordagens na pesquisa e no ensino traz como objetivo analisar à eficácia da atividade antineoplásica in silico do produto natural Lupeol. Desse modo, vale ressaltar que o câncer é tido como uma das doenças que mais causam receio na sociedade, por ter se tornado um estigma de morte e dor. Nesse contexto, vêm sendo elaborados e efetuados estudos com fitoterápicos a partir de óleos essenciais de plantas medicinais. Dentre eles está um grupo de compostos chamados de terpenos, que possuem um alto índice terapêutico. A metodologia utilizada consiste em um estudo in silico, onde todas as informações químicas do terpeno selecionado (lupeol) foram obtidas no site http://www.chemspider.com/. Para a análise das propriedades do lupeol optou-se pelo software Previsão do Espectro de Atividade para Substâncias (PASS) online, onde fornece previsões simultâneas de muitos tipos de atividades biológicas com base na estrutura dos compostos orgânicos e dá várias facetas da ação biológica de um composto, obtendo os índices Pa e Pi estimando a categorização de um composto potencial em ser pertencente à subclasse de compostos ativos ou inativos, respectivamente. Observa-se como resultados que o lupeol obteve valores de potencial de ativação (Pa) para os efeitos estudados bem mais elevados que os valores de potencial de inativação (Pi). Em suma, pode-se ressaltar que o lupeol (triterpenóide) tem grande potencial e eficácia na atividade antineoplásica no estudo in silico. No entanto, ainda existem poucos estudos in vitro e in vivo com esse composto."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 10 - Ciências Biológicas e Biomedicina: novas abordagens na pesquisa e no ensino"
    "palavra_chave" => "ANTIONEPLÁSICO, CÉLULAS CANCERÍGENAS, LUPEOL, TERPENOS, TERPENOS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV107_MD4_SA20_ID862_30042018134000.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:27"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:22:28"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MILLENA DE SOUZA ALVES"
    "autor_nome_curto" => "MILLENA"
    "autor_email" => "millenaasouzaa@gmail.com"
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iii-conapesc"
    "edicao_nome" => "Anais III CONAPESC"
    "edicao_evento" => "III Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/conapesc/2018"
    "edicao_logo" => "5e49fcf7a5075_16022020233951.jpg"
    "edicao_capa" => "5e49fcf7a4784_16022020233951.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-07-17 00:00:00"
    "publicacao_id" => 28
    "publicacao_nome" => "Anais do Conapesc"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 17 de julho de 2018

Resumo

Este trabalho na área das Ciências Biológicas e Biomedicina: novas abordagens na pesquisa e no ensino traz como objetivo analisar à eficácia da atividade antineoplásica in silico do produto natural Lupeol. Desse modo, vale ressaltar que o câncer é tido como uma das doenças que mais causam receio na sociedade, por ter se tornado um estigma de morte e dor. Nesse contexto, vêm sendo elaborados e efetuados estudos com fitoterápicos a partir de óleos essenciais de plantas medicinais. Dentre eles está um grupo de compostos chamados de terpenos, que possuem um alto índice terapêutico. A metodologia utilizada consiste em um estudo in silico, onde todas as informações químicas do terpeno selecionado (lupeol) foram obtidas no site http://www.chemspider.com/. Para a análise das propriedades do lupeol optou-se pelo software Previsão do Espectro de Atividade para Substâncias (PASS) online, onde fornece previsões simultâneas de muitos tipos de atividades biológicas com base na estrutura dos compostos orgânicos e dá várias facetas da ação biológica de um composto, obtendo os índices Pa e Pi estimando a categorização de um composto potencial em ser pertencente à subclasse de compostos ativos ou inativos, respectivamente. Observa-se como resultados que o lupeol obteve valores de potencial de ativação (Pa) para os efeitos estudados bem mais elevados que os valores de potencial de inativação (Pi). Em suma, pode-se ressaltar que o lupeol (triterpenóide) tem grande potencial e eficácia na atividade antineoplásica no estudo in silico. No entanto, ainda existem poucos estudos in vitro e in vivo com esse composto.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.