Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

VERIFICAÇÃO DO GRAU DE SATISFAÇÃO DO USUÁRIO EM AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM ATRAVÉS DE EXPRESSÃO FACIAL DE ALEGRIA OU TRISTEZA

Palavra-chaves: SATISFAÇÃO, AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM, MEDIR SATISFAÇÃO DO USUÁRIO AUTOMATICAMENTE Comunicação Oral (CO) GT 19 - Tecnologias e Educação Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

Com o uso cada vez mais freqüente de Ambientes Virtuais de Aprendizagem – AVA por docentes e alunos, uma grande questão importante é saber o nível de satisfação do aluno enquanto ele interage com ambiente virtual. A satisfação do aluno não é somente um indicador da qualidade, mas é, ela própria, um componente de sua aprendizagem. Contudo, esse processo de avaliar a satisfação do usuário geralmente é feito após o uso do ambiente através da aplicação de questionários com os estudantes. Dessa maneira, os resultados de satisfação sempre vêm de forma tardia, após a finalização do curso. Neste sentido, o presente artigo apresenta uma solução para avaliar constantemente e automaticamente o nível de satisfação do usuário em um AVA através das expressões faciais de alegria e tristeza do mesmo durante sua interação com ambiente, observando três regiões no rosto: boca, olhos e sobrancelhas. A satisfação é observada e calculada capturando imagens do rosto do usuário durante sua interação com o ambiente através de uma webcam. A proposta, implementada em Python usando a biblioteca openCV, propõe uma avaliação contínua e subjetiva de modo que o aluno é avaliado enquanto ele interage, não atrapalhando sua aprendizagem e fornecendo subsídios a fim de que o ambiente possa, por exemplo, modificar a metodologia de ensino utilizada em tempo de execução, ao contrário das abordagens tradicionais com questionários pós-uso, caso a mesma não esteja aumentando a aprendizagem do usuário. Desta forma, com a solução apresentada, foi possível facilitar e melhorar o processo de avaliação em ambientes virtuais de aprendizagem.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.