Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

UTILIZANDO A LUDICIDADE COMO METODOLOGIA NO ENSINO DE CIÊNCIAS: RELATO DE EXPERIÊNCIA NO 7º ANO

Palavra-chaves: INVERTEBRADOS TERRESTRES, ENSINO FUNDAMENTAL, TRABALHO EM GRUPO Comunicação Oral (CO) GT 16 – Ensino de Ciências
"2017-12-20 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1638
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 38873
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 1962
    "inscrito_id" => 5541
    "titulo" => "UTILIZANDO A LUDICIDADE COMO METODOLOGIA NO ENSINO DE CIÊNCIAS: RELATO DE EXPERIÊNCIA NO 7º ANO"
    "resumo" => "No ensino de ciências há a possibilidade de utilizar métodos diferenciados que são importantes para o aprendizado, pois associar teoria à prática de forma lúdica, traz como produto uma experiência enriquecedora tanto para docentes quanto para os discentes. Objetivou-se com este projeto, sensibilizar de maneira lúdica o ensino-aprendizagem dos invertebrados terrestres quanto ao seu reconhecimento e importância na interação homem-ambiente utilizando uma metodologia teórico-prática complementando o assunto abordado em sala de aula. O público-alvo foram 50 alunos, sendo 50% do sexo masculino e 50% do feminino, do 7° ano (três turmas) da Escola Municipal de Ensino Fundamental Chico Xavier (EMEF Chico Xavier) localizada no bairro do Bessa, João Pessoa, Paraíba. Inicialmente, trabalhou-se com uma abordagem quali-quantitativa, onde foi aplicado um pré-teste com o objetivo de analisar os conhecimentos prévios dos alunos. Foram realizadas intervenções, através de aulas teórico-práticas e atividades lúdicas, como montagem de cartazes com figuras da diversidade animal; desenhos da morfologia e órgãos de uma minhoca através da visualização com lupa de mão e da manipulação da mesma, cruzadinha sobre anelídeos; quiz com o tema dos moluscos e jogo da trilha sobre os artrópodes. Essas atividades foram realizadas de abril a agosto de 2017, com intervenções quinzenais e semanais quando necessário. A partir da análise percebeu-se a necessidade do diálogo com os alunos para que houvesse uma maior relação entre a teoria e a prática.  Os alunos trabalharam as atividades propostas em grupo demonstrando um aproveitamento a partir das atividades lúdicas desenvolvidas pelos bolsistas do PROLICEN. Ao produzirem o que foi solicitado, como a observação das estruturas de uma minhoca viva, os alunos mostraram que tinham entendido o que foi explicado anteriormente. Conclui-se, portanto, que aulas de ciências com recursos diferenciados e momentos lúdicos propiciam uma relação proveitosa entre o ensino-aprendizagem."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 16 – Ensino de Ciências"
    "palavra_chave" => "INVERTEBRADOS TERRESTRES, ENSINO FUNDAMENTAL, TRABALHO EM GRUPO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD1_SA16_ID5541_11092017154401.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:23"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:12"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ANA PAULA NEVES CAVALCANTE DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "ANA PAULA"
    "autor_email" => "paulacavalcante2012@hotma"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA (UFPB)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 38873
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 1962
    "inscrito_id" => 5541
    "titulo" => "UTILIZANDO A LUDICIDADE COMO METODOLOGIA NO ENSINO DE CIÊNCIAS: RELATO DE EXPERIÊNCIA NO 7º ANO"
    "resumo" => "No ensino de ciências há a possibilidade de utilizar métodos diferenciados que são importantes para o aprendizado, pois associar teoria à prática de forma lúdica, traz como produto uma experiência enriquecedora tanto para docentes quanto para os discentes. Objetivou-se com este projeto, sensibilizar de maneira lúdica o ensino-aprendizagem dos invertebrados terrestres quanto ao seu reconhecimento e importância na interação homem-ambiente utilizando uma metodologia teórico-prática complementando o assunto abordado em sala de aula. O público-alvo foram 50 alunos, sendo 50% do sexo masculino e 50% do feminino, do 7° ano (três turmas) da Escola Municipal de Ensino Fundamental Chico Xavier (EMEF Chico Xavier) localizada no bairro do Bessa, João Pessoa, Paraíba. Inicialmente, trabalhou-se com uma abordagem quali-quantitativa, onde foi aplicado um pré-teste com o objetivo de analisar os conhecimentos prévios dos alunos. Foram realizadas intervenções, através de aulas teórico-práticas e atividades lúdicas, como montagem de cartazes com figuras da diversidade animal; desenhos da morfologia e órgãos de uma minhoca através da visualização com lupa de mão e da manipulação da mesma, cruzadinha sobre anelídeos; quiz com o tema dos moluscos e jogo da trilha sobre os artrópodes. Essas atividades foram realizadas de abril a agosto de 2017, com intervenções quinzenais e semanais quando necessário. A partir da análise percebeu-se a necessidade do diálogo com os alunos para que houvesse uma maior relação entre a teoria e a prática.  Os alunos trabalharam as atividades propostas em grupo demonstrando um aproveitamento a partir das atividades lúdicas desenvolvidas pelos bolsistas do PROLICEN. Ao produzirem o que foi solicitado, como a observação das estruturas de uma minhoca viva, os alunos mostraram que tinham entendido o que foi explicado anteriormente. Conclui-se, portanto, que aulas de ciências com recursos diferenciados e momentos lúdicos propiciam uma relação proveitosa entre o ensino-aprendizagem."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 16 – Ensino de Ciências"
    "palavra_chave" => "INVERTEBRADOS TERRESTRES, ENSINO FUNDAMENTAL, TRABALHO EM GRUPO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD1_SA16_ID5541_11092017154401.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:23"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:12"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ANA PAULA NEVES CAVALCANTE DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "ANA PAULA"
    "autor_email" => "paulacavalcante2012@hotma"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA (UFPB)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

No ensino de ciências há a possibilidade de utilizar métodos diferenciados que são importantes para o aprendizado, pois associar teoria à prática de forma lúdica, traz como produto uma experiência enriquecedora tanto para docentes quanto para os discentes. Objetivou-se com este projeto, sensibilizar de maneira lúdica o ensino-aprendizagem dos invertebrados terrestres quanto ao seu reconhecimento e importância na interação homem-ambiente utilizando uma metodologia teórico-prática complementando o assunto abordado em sala de aula. O público-alvo foram 50 alunos, sendo 50% do sexo masculino e 50% do feminino, do 7° ano (três turmas) da Escola Municipal de Ensino Fundamental Chico Xavier (EMEF Chico Xavier) localizada no bairro do Bessa, João Pessoa, Paraíba. Inicialmente, trabalhou-se com uma abordagem quali-quantitativa, onde foi aplicado um pré-teste com o objetivo de analisar os conhecimentos prévios dos alunos. Foram realizadas intervenções, através de aulas teórico-práticas e atividades lúdicas, como montagem de cartazes com figuras da diversidade animal; desenhos da morfologia e órgãos de uma minhoca através da visualização com lupa de mão e da manipulação da mesma, cruzadinha sobre anelídeos; quiz com o tema dos moluscos e jogo da trilha sobre os artrópodes. Essas atividades foram realizadas de abril a agosto de 2017, com intervenções quinzenais e semanais quando necessário. A partir da análise percebeu-se a necessidade do diálogo com os alunos para que houvesse uma maior relação entre a teoria e a prática. Os alunos trabalharam as atividades propostas em grupo demonstrando um aproveitamento a partir das atividades lúdicas desenvolvidas pelos bolsistas do PROLICEN. Ao produzirem o que foi solicitado, como a observação das estruturas de uma minhoca viva, os alunos mostraram que tinham entendido o que foi explicado anteriormente. Conclui-se, portanto, que aulas de ciências com recursos diferenciados e momentos lúdicos propiciam uma relação proveitosa entre o ensino-aprendizagem.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.