Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

O PAPEL DO GESTOR NA CONSTRUÇÃO DE UMA ESCOLA PÚBLICA E DEMOCRÁTICA

Palavra-chaves: ESCOLHA DE GESTORES, ELEIÇÃO DE DIRETORES, GESTÃO DEMOCRÁTICA Comunicação Oral (CO) GT 02 - Didática, Currículo e Política Educacional
"2017-12-20 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 37842
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 4399
    "inscrito_id" => 967
    "titulo" => "O PAPEL DO GESTOR NA CONSTRUÇÃO DE UMA ESCOLA PÚBLICA E DEMOCRÁTICA"
    "resumo" => "O processo de escolha de gestores de escolas públicas, segundo Mendonça (2011), vem sendo uma questão motivadora para que  pesquisadores/as se debrucem nas investigações empíricas sobre a gestão democrática na educação brasileira. Estes estudos vem se  ampliando devido a importância da relação entre o processo eleitoral e a gestão democrática da escola pública que tem sido a bandeira de luta dos movimentos sociais das últimas décadas. É a partir de 1980 que vem se discutindo a questão da indicação de gestoresas escolares por meios políticos, problematizando a gestão democrática reduzida apenas a esse mecanismo, assim como as suas implicações como: Os métodos centralizadores de administração, a indicação política a pessoas que não possuem identificação com a escola. Portanto, o referido estudo tem por objetivo analisar por meios de documentos, como a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), aprovada em 1996, e a partir da revisão  bibliográficas de alguns atores como Mendonça (2001), Silva (2007), Paro (1993), Mares (1983), como importantes fontes e embasamento teórico para a análise deste objeto de estudo. Assim, nos interessamos por abordar de que forma os mecanismos de escolha do/A gestor/a escolar pode influenciar no processo democrático de uma escola pública? a partir da  reflexão aqui realizada, percebemos que os/as gestores/as e toda comunidade escolar devem ter consciência da importância da gestão democrática, levando em consideração as eleições diretas para cargo de gestor/A como um promotor da democracia, junto com um trabalho autônomo, participativo e descentralizado por parte da gestão educacional. Superando a ideia de uma gestão por indicação política, em que, o trabalho desenvolvido na escola esteja ligada aos interesses de lideranças políticas. Portanto, é importante estudos científicos que discutam as formas de acesso ao cargo de gestor/a escolar, contribuindo assim, com sinalizações para que se pense na importância do processo d escolha dos/as gestores/as escolares com a  participação da comunidade escolar, como mecanismo de autonomia, promovendo com isto,  uma instituição democrática."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 02 - Didática, Currículo e Política Educacional"
    "palavra_chave" => "ESCOLHA DE GESTORES, ELEIÇÃO DE DIRETORES, GESTÃO DEMOCRÁTICA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD1_SA2_ID967_16102017212636.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:22"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:09"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ALINE OLIVEIRA COSTA"
    "autor_nome_curto" => "ALINE OLIVEIRA"
    "autor_email" => "alineoliveiracosta10@gmai"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA (UEPB)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 37842
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 4399
    "inscrito_id" => 967
    "titulo" => "O PAPEL DO GESTOR NA CONSTRUÇÃO DE UMA ESCOLA PÚBLICA E DEMOCRÁTICA"
    "resumo" => "O processo de escolha de gestores de escolas públicas, segundo Mendonça (2011), vem sendo uma questão motivadora para que  pesquisadores/as se debrucem nas investigações empíricas sobre a gestão democrática na educação brasileira. Estes estudos vem se  ampliando devido a importância da relação entre o processo eleitoral e a gestão democrática da escola pública que tem sido a bandeira de luta dos movimentos sociais das últimas décadas. É a partir de 1980 que vem se discutindo a questão da indicação de gestoresas escolares por meios políticos, problematizando a gestão democrática reduzida apenas a esse mecanismo, assim como as suas implicações como: Os métodos centralizadores de administração, a indicação política a pessoas que não possuem identificação com a escola. Portanto, o referido estudo tem por objetivo analisar por meios de documentos, como a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), aprovada em 1996, e a partir da revisão  bibliográficas de alguns atores como Mendonça (2001), Silva (2007), Paro (1993), Mares (1983), como importantes fontes e embasamento teórico para a análise deste objeto de estudo. Assim, nos interessamos por abordar de que forma os mecanismos de escolha do/A gestor/a escolar pode influenciar no processo democrático de uma escola pública? a partir da  reflexão aqui realizada, percebemos que os/as gestores/as e toda comunidade escolar devem ter consciência da importância da gestão democrática, levando em consideração as eleições diretas para cargo de gestor/A como um promotor da democracia, junto com um trabalho autônomo, participativo e descentralizado por parte da gestão educacional. Superando a ideia de uma gestão por indicação política, em que, o trabalho desenvolvido na escola esteja ligada aos interesses de lideranças políticas. Portanto, é importante estudos científicos que discutam as formas de acesso ao cargo de gestor/a escolar, contribuindo assim, com sinalizações para que se pense na importância do processo d escolha dos/as gestores/as escolares com a  participação da comunidade escolar, como mecanismo de autonomia, promovendo com isto,  uma instituição democrática."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 02 - Didática, Currículo e Política Educacional"
    "palavra_chave" => "ESCOLHA DE GESTORES, ELEIÇÃO DE DIRETORES, GESTÃO DEMOCRÁTICA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD1_SA2_ID967_16102017212636.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:22"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:09"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ALINE OLIVEIRA COSTA"
    "autor_nome_curto" => "ALINE OLIVEIRA"
    "autor_email" => "alineoliveiracosta10@gmai"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA (UEPB)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

O processo de escolha de gestores de escolas públicas, segundo Mendonça (2011), vem sendo uma questão motivadora para que pesquisadores/as se debrucem nas investigações empíricas sobre a gestão democrática na educação brasileira. Estes estudos vem se ampliando devido a importância da relação entre o processo eleitoral e a gestão democrática da escola pública que tem sido a bandeira de luta dos movimentos sociais das últimas décadas. É a partir de 1980 que vem se discutindo a questão da indicação de gestoresas escolares por meios políticos, problematizando a gestão democrática reduzida apenas a esse mecanismo, assim como as suas implicações como: Os métodos centralizadores de administração, a indicação política a pessoas que não possuem identificação com a escola. Portanto, o referido estudo tem por objetivo analisar por meios de documentos, como a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), aprovada em 1996, e a partir da revisão bibliográficas de alguns atores como Mendonça (2001), Silva (2007), Paro (1993), Mares (1983), como importantes fontes e embasamento teórico para a análise deste objeto de estudo. Assim, nos interessamos por abordar de que forma os mecanismos de escolha do/A gestor/a escolar pode influenciar no processo democrático de uma escola pública? a partir da reflexão aqui realizada, percebemos que os/as gestores/as e toda comunidade escolar devem ter consciência da importância da gestão democrática, levando em consideração as eleições diretas para cargo de gestor/A como um promotor da democracia, junto com um trabalho autônomo, participativo e descentralizado por parte da gestão educacional. Superando a ideia de uma gestão por indicação política, em que, o trabalho desenvolvido na escola esteja ligada aos interesses de lideranças políticas. Portanto, é importante estudos científicos que discutam as formas de acesso ao cargo de gestor/a escolar, contribuindo assim, com sinalizações para que se pense na importância do processo d escolha dos/as gestores/as escolares com a participação da comunidade escolar, como mecanismo de autonomia, promovendo com isto, uma instituição democrática.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.