Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 234
UTILIZAÇÃO DA EXPERIMENTAÇÃO NO ENSINO DE QUÍMICA COMO ESTRATÉGIA DIDÁTICA: IDENTIFICAÇÃO DE REAÇÕES QUÍMICAS

Palavra-chaves: EXPERIMENTAÇÃO, ENSINO DE QUÍMICA, REAÇÕES QUÍMICAS Comunicação Oral (CO) GT 16 – Ensino de Ciências Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

Para o Ensino de Química, assim como as demais áreas científicas, muitas críticas são consideráveis, em função de que o conhecimento que está sendo desenvolvido seja puramente acadêmico, que está causando nos estudantes, uma sensação que é determinada uma definição está pronto e acabado, ou seja, não colocando dúvidas sobre o que se ensina. Em grande parte, as atividades experimentais, utilizam ou não o ambiente adequado como o de um laboratório escolar, que podem ser utilizados como ponto de partida para a compreensão de conceitos e sua relação com as ideias, podendo interligar teoria a pratica. Sendo assim, a Experimentação surge como uma parte imprescindível no que se diz respeito ao processo de investigação. Portanto, a função da experimentação está na caracterização de seu papel investigativo e função pedagógica no método de auxiliar o aluno na compreensão dos fenômenos químicos essa necessidade é reconhecida para todos aqueles que fazem o ensino de ciências. O objetivo desse artigo é verificar se o uso de aulas experimentais para o aprendizado de Reações Químicas no ensino médio é realmente eficaz, podendo assim, observar e avaliar o desempenho e domínio dos alunos antes dos experimentos e após os experimentos. Mostrando que as reações químicas são aplicadas ao dia a dia dos alunos. O público alvo da pesquisa foram 29 alunos da modalidade do Ensino médio de uma Escola Pública, localizadas na cidade de Areia – PB. Os dados foram coletados através de um questionário para a avaliação da prática na concepção dos alunos, era composto com 8 questões, sendo que as 4 primeiras perguntas foram pré-experimento e as outras 4 pós- experimento com espaço para comentários. Para a atividade experimental “identificação de reações químicas de acordo com a variação de complexidade” foi elaborada em etapas, onde cada reação química era realizada por vez para reconhecer os diferentes tipos de reações químicas. Esta pesquisa envolveu discussões sobre a identificação de reações químicas de acordo com a variação de complexidade, a prática experimental surgiu como uma metodologia para auxiliar os alunos no processo de ensino-aprendizagem.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.