Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

PROIFPE: UM AUXÍLIO PARA O APRENDIZADO DE MATEMÁTICA AOS ESTUDANTES DE ENSINO MÉDIO DO IFPE

Palavra-chaves: PROIFPE, MONITORIA, ENSINO DE MATEMÁTICA Pôster (PO) GT 02 - Didática, Currículo e Política Educacional
"2017-12-20 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 38381
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 4049
    "inscrito_id" => 731
    "titulo" => "PROIFPE: UM AUXÍLIO PARA O APRENDIZADO DE MATEMÁTICA AOS ESTUDANTES DE ENSINO MÉDIO DO IFPE"
    "resumo" => "O presente trabalho constitui-se, primordialmente, como um relato e análise das experiências vivenciadas, bem como dos resultados alcançados, no campus Recife, pelo PROIFPE, Programa Institucional criado pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE). Esse programa se constitui enquanto uma política afirmativa que visa ao acesso, à permanência e ao êxito de estudantes no instituto, tendo sido um mecanismo implantado para ampliar a ação das cotas, após ter se diagnosticado que vários alunos ao ingressarem nessa instituição na modalidade de ensino integrado, que corresponde ao ensino médio e técnico acontecendo concomitantemente, apresentavam um déficit nos conteúdos referentes à matemática básica. Em Recife, o programa é atualmente coordenado pelos professores Fábio Nicácio e Tetsuo Usui, com o apoio de estagiários licenciandos em Matemática pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). O intuito da ação desenvolvida é de ajudar os alunos recém-ingressos a atenuar suas dúvidas e consolidar conhecimentos matemáticos. As atividades de monitoria pretendem minimizar dificuldades remanescentes de séries anteriores e contribuir para a compreensão de conteúdos que constituem a curricularização da disciplina Matemática I, ofertada aos alunos do primeiro período, corroborando para uma melhor formação e aproveitamento desses estudantes. Para a análise pretendida, buscamos explanar de maneira sucinta o funcionamento e a dinâmica do projeto e, a partir dessa contextualização, traçar uma análise de cunho quantitativo-comparativa dos resultados apresentados pelos alunos no início e no fim do período letivo, verificados através de avaliação diagnóstica. Isso é possível porque as aulas são baseadas no uso de um processo de avaliação formativo para que, com um acompanhamento contínuo, os alunos possam avançar na aprendizagem matemática. A análise se sucedeu com base em algumas considerações teóricas de Fontanive (2013), Machado (2009) e do próprio Projeto Político Pedagógico Institucional do IFPE. Os resultados obtidos ilustram os saltos de aprendizagem que foram subsidiados por essa iniciativa, o que é ratificado por meio de uma análise qualitativa dos depoimentos de ex-alunos contrastados com os documentos oficiais do PROIFPE. Diante disso, entendemos que o PROIFPE cumpre com sua finalidade, que é poder dar mais subsídios para que os alunos consigam obter não só a aprovação, mas construir o próprio conhecimento. A partir dos exemplos postos, que partem da visibilidade e da mostra da importância de um trabalho de monitoria, almejamos que o trabalho em questão venha a ser um agente propulsor de iniciativas que atuem no acompanhamento pedagógico e na diminuição dos hiatos de aprendizagem nas escolas básicas brasileiras."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "GT 02 - Didática, Currículo e Política Educacional"
    "palavra_chave" => "PROIFPE, MONITORIA, ENSINO DE MATEMÁTICA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD4_SA2_ID731_16102017163540.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:23"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:10"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JOSÉ GENIVAL DOS SANTOS"
    "autor_nome_curto" => "GENIVAL"
    "autor_email" => "genivalsantos19@hotmail.c"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO (UFPE)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 38381
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 4049
    "inscrito_id" => 731
    "titulo" => "PROIFPE: UM AUXÍLIO PARA O APRENDIZADO DE MATEMÁTICA AOS ESTUDANTES DE ENSINO MÉDIO DO IFPE"
    "resumo" => "O presente trabalho constitui-se, primordialmente, como um relato e análise das experiências vivenciadas, bem como dos resultados alcançados, no campus Recife, pelo PROIFPE, Programa Institucional criado pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE). Esse programa se constitui enquanto uma política afirmativa que visa ao acesso, à permanência e ao êxito de estudantes no instituto, tendo sido um mecanismo implantado para ampliar a ação das cotas, após ter se diagnosticado que vários alunos ao ingressarem nessa instituição na modalidade de ensino integrado, que corresponde ao ensino médio e técnico acontecendo concomitantemente, apresentavam um déficit nos conteúdos referentes à matemática básica. Em Recife, o programa é atualmente coordenado pelos professores Fábio Nicácio e Tetsuo Usui, com o apoio de estagiários licenciandos em Matemática pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). O intuito da ação desenvolvida é de ajudar os alunos recém-ingressos a atenuar suas dúvidas e consolidar conhecimentos matemáticos. As atividades de monitoria pretendem minimizar dificuldades remanescentes de séries anteriores e contribuir para a compreensão de conteúdos que constituem a curricularização da disciplina Matemática I, ofertada aos alunos do primeiro período, corroborando para uma melhor formação e aproveitamento desses estudantes. Para a análise pretendida, buscamos explanar de maneira sucinta o funcionamento e a dinâmica do projeto e, a partir dessa contextualização, traçar uma análise de cunho quantitativo-comparativa dos resultados apresentados pelos alunos no início e no fim do período letivo, verificados através de avaliação diagnóstica. Isso é possível porque as aulas são baseadas no uso de um processo de avaliação formativo para que, com um acompanhamento contínuo, os alunos possam avançar na aprendizagem matemática. A análise se sucedeu com base em algumas considerações teóricas de Fontanive (2013), Machado (2009) e do próprio Projeto Político Pedagógico Institucional do IFPE. Os resultados obtidos ilustram os saltos de aprendizagem que foram subsidiados por essa iniciativa, o que é ratificado por meio de uma análise qualitativa dos depoimentos de ex-alunos contrastados com os documentos oficiais do PROIFPE. Diante disso, entendemos que o PROIFPE cumpre com sua finalidade, que é poder dar mais subsídios para que os alunos consigam obter não só a aprovação, mas construir o próprio conhecimento. A partir dos exemplos postos, que partem da visibilidade e da mostra da importância de um trabalho de monitoria, almejamos que o trabalho em questão venha a ser um agente propulsor de iniciativas que atuem no acompanhamento pedagógico e na diminuição dos hiatos de aprendizagem nas escolas básicas brasileiras."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "GT 02 - Didática, Currículo e Política Educacional"
    "palavra_chave" => "PROIFPE, MONITORIA, ENSINO DE MATEMÁTICA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD4_SA2_ID731_16102017163540.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:23"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:10"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JOSÉ GENIVAL DOS SANTOS"
    "autor_nome_curto" => "GENIVAL"
    "autor_email" => "genivalsantos19@hotmail.c"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO (UFPE)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

O presente trabalho constitui-se, primordialmente, como um relato e análise das experiências vivenciadas, bem como dos resultados alcançados, no campus Recife, pelo PROIFPE, Programa Institucional criado pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE). Esse programa se constitui enquanto uma política afirmativa que visa ao acesso, à permanência e ao êxito de estudantes no instituto, tendo sido um mecanismo implantado para ampliar a ação das cotas, após ter se diagnosticado que vários alunos ao ingressarem nessa instituição na modalidade de ensino integrado, que corresponde ao ensino médio e técnico acontecendo concomitantemente, apresentavam um déficit nos conteúdos referentes à matemática básica. Em Recife, o programa é atualmente coordenado pelos professores Fábio Nicácio e Tetsuo Usui, com o apoio de estagiários licenciandos em Matemática pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). O intuito da ação desenvolvida é de ajudar os alunos recém-ingressos a atenuar suas dúvidas e consolidar conhecimentos matemáticos. As atividades de monitoria pretendem minimizar dificuldades remanescentes de séries anteriores e contribuir para a compreensão de conteúdos que constituem a curricularização da disciplina Matemática I, ofertada aos alunos do primeiro período, corroborando para uma melhor formação e aproveitamento desses estudantes. Para a análise pretendida, buscamos explanar de maneira sucinta o funcionamento e a dinâmica do projeto e, a partir dessa contextualização, traçar uma análise de cunho quantitativo-comparativa dos resultados apresentados pelos alunos no início e no fim do período letivo, verificados através de avaliação diagnóstica. Isso é possível porque as aulas são baseadas no uso de um processo de avaliação formativo para que, com um acompanhamento contínuo, os alunos possam avançar na aprendizagem matemática. A análise se sucedeu com base em algumas considerações teóricas de Fontanive (2013), Machado (2009) e do próprio Projeto Político Pedagógico Institucional do IFPE. Os resultados obtidos ilustram os saltos de aprendizagem que foram subsidiados por essa iniciativa, o que é ratificado por meio de uma análise qualitativa dos depoimentos de ex-alunos contrastados com os documentos oficiais do PROIFPE. Diante disso, entendemos que o PROIFPE cumpre com sua finalidade, que é poder dar mais subsídios para que os alunos consigam obter não só a aprovação, mas construir o próprio conhecimento. A partir dos exemplos postos, que partem da visibilidade e da mostra da importância de um trabalho de monitoria, almejamos que o trabalho em questão venha a ser um agente propulsor de iniciativas que atuem no acompanhamento pedagógico e na diminuição dos hiatos de aprendizagem nas escolas básicas brasileiras.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.