Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

PRÁTICAS BOTÂNICAS NO ENSINO NÃO FORMAL: PERCEPÇÃO DE ALUNOS VISITANTES DA SALA DE CIÊNCIAS NO SESC –PB

Palavra-chaves: ENSINO NÃO FORMAL, ENSINO DE BOTÂNICA, EDUCAÇÃO AMBIENTAL Comunicação Oral (CO) GT 16 – Ensino de Ciências Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

A Sala de Ciências - SESC PB é um ambiente de ensino não formal, que atua com diversas áreas entre elas a Biologia, inserido em uma vasta área verde da cidade de João Pessoa-PB, propício para o ensino de Botânica e Educação Ambiental, as atividades durante as visitas incentivam práticas sustentáveis, apoiando-se no ensino de Botânica, visto que em uma sociedade com tantos problemas ambientais fica cada vez mais necessária a promoção de ações para a sensibilização da população. Este trabalho possui o objetivo de apresentar as atividades utilizadas neste ambiente como estratégias para o ensino de práticas educativas e sustentáveis, como também, o ensino de botânica em ambiente de ensino não formal, além de avaliar o potencial didático dessas atividades, na percepção dos visitantes. Para tal, durante a Semana da Árvore, buscou-se levar aos visitantes temas como consumo sustentável, poluição e práticas de permacultura, a fim de sensibilizar o público visitante para mudança de comportamento e também apresentar um pouco da botânica no dia-a-dia das pessoas. Após isso foi aplicado um questionário avaliativo, com suas respostas analisadas segundo a análise de conteúdo. A partir das respostas nos questionários, foi verificado que a maioria dos alunos gostavam de Botânica e consideravam diferente as atividades desenvolvidas em um espaço de ensino não formal e o ensino na escola. Desse modo, constatamos que aulas em ambientes não formais despertam um maior interesse no aluno. Isso pode ser observado nas declarações dos alunos questionados a respeito da importância dessa experiência extraclasse. Os alunos comentam que, quando se tem o contato com o ambiente, os conteúdos são mais bem assimilados, e que a prática vinculada a teoria, os deixa mais estimulados.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.