Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 268
O PROCESSO DE URBANIZAÇÃO DO MUNICÍPIO DE ARARA- PB: O ESTUDO DO MEIO COMO FERRAMENTA AUXILIAR NO ESTUDO DA GEOGRAFIA

Palavra-chaves: ESTUDO DO MEIO, , ENSINO MÉDIO, , GEOGRAFIA. Comunicação Oral (CO) GT 17 – Ensino e suas interseções Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

O uso do estudo do meio como metodologia de aprendizagem na maioria das escolas públicas não faz parte do cotidiano escolar, é necessário que as áreas específicas do conhecimento que fazem parte do currículo das escolas de ensino fundamental e médio, em suas intervenções pedagógicas incluir o estudo do meio voltado para o estudo da cidade e do urbano, com toda a sua problemática, na sua grande parte ser desvendados pela observação direta desse espaço. Nesta perspectiva a pesquisa desenvolvida apresentou o estudo do meio como prática metodologica de pesquisa na geografia escolar. A metodologia aplicada nesta pesquisa foi à bibliográfica e visita in loco. Foi realizado o planejamento, o qual conteve: o estudo do meio como método de ensino interdisciplinar, levantamento de questionários elaborados pelos discentes e elaboração do caderno de campo que conteve: capa, roteiro da pesquisa de campo, entrevistas, coleta e análises de dados. Os dados foram analisados através de gráficos de pizza e interpretados de acordo com a luz do referencial teórico da área. Os resultados evidenciaram que a utilização do estudo do meio colaborou no processo de ensino/ aprendizagem na geografia escolar. Neste aspecto foi observado que a intensificação do processo de urbanização do município de Arara- PB ocorreu a partir do ano de 2009, principalmente pela migração do campo/cidade (êxodo rural), os motivos pessoais e a violência no campo foram de suma importância para essa migração. A partir do estudo do meio, percebemos a importância da pesquisa na escola, pois a aula de campo favorece essa compreensão do nosso espaço vivido que é dinâmico e complexo que está sempre em transformação.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.