Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

O ENSINO DE CIÊNCIAS NAS SÉRIES INICIAIS: OS DESAFIOS DE UMA ESCOLA DA REDE PÚBLICA MUNICIPAL DE BRAGANÇA-PA.

Palavra-chaves: ENSINO DE CIÊNCIAS, ESCOLA PÚBLICA, AVALIAÇÃO, RECURSOS DIDÁTICOS Pôster (PO) GT 16 – Ensino de Ciências
"2017-12-19 23:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 37660
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 2612
    "inscrito_id" => 7904
    "titulo" => "O ENSINO DE CIÊNCIAS NAS SÉRIES INICIAIS: OS DESAFIOS DE UMA ESCOLA DA REDE PÚBLICA MUNICIPAL DE BRAGANÇA-PA."
    "resumo" => "Este trabalho apresenta resultados parciais de uma pesquisa sobre as principais dificuldades na formação dos professores e na aplicação de metodologias de ensino de Ciências no Município de Bragança, no Pará. Trata-se de um estudo de caso da Escola Municipal Padre Ângelo Maria, com o objetivo de conhecer aspectos da realidade do ensino de física dentro da disciplina Ciências em escolas públicas do município paraense. O trabalho pretende subsidiar estudantes e professores de física com dados pertinentes ao ensino da disciplina na região bragantina, com o intuito de desvelar algumas características do campo de atuação do professor dessa disciplina. Através de entrevista com os professores responsáveis pelas turmas do 1º ao 5º ano do ensino fundamental, observamos que eles usam o livro didático como o recurso mais frequente, buscando diversificar suas estratégias de avaliação, e na medida do possível, desenvolver atividades extraclasses. Consideram como os assuntos mais difíceis de abordar àqueles ligados à Física e à Química.  Os temas que mais despertam a atenção de seus alunos são os que envolvem a Sexualidade e o Meio Ambiente. Os professores citam o custo alto dos livros e revistas científicas e a falta de tempo como principais empecilhos para sua atualização pedagógica. A avaliação mais frequentemente utilizada pelos professores de Ciências baseia-se em sua maioria na avaliação escrita. Tais avaliações consistem de questões discursivas e questões de múltipla escolha sobre os tópicos apresentados ao longo do curso. Frequentemente, ao trabalhar os conteúdos, os educadores sentem dificuldades, pelo fato dos frágeis instrumentos de trabalho, o que pode gerar dependência ao uso do livro didático. Desse modo, os alunos do ensino fundamental da rede pública por vezes deparam-se com metodologias que nem sempre promovem a efetiva construção de seu conhecimento. Tampouco lhes são oferecidos mecanismos de compensação por defasagens sociais, que vão desde problemas de natureza familiar ao limitado acesso a livros, sites e outras fontes de conhecimento, o que dificulta o interesse pelo conhecimento cientifico."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "GT 16 – Ensino de Ciências"
    "palavra_chave" => "ENSINO DE CIÊNCIAS, ESCOLA PÚBLICA, AVALIAÇÃO, RECURSOS DIDÁTICOS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD4_SA16_ID7904_15092017073621.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:22"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:09"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "IGOR DE JESUS TAVARES DE AVIZ"
    "autor_nome_curto" => "IGOR AVIZ"
    "autor_email" => "igor.fisica2015@gmail.com"
    "autor_ies" => "INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PARÁ (IFPA)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-19 23:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 37660
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 2612
    "inscrito_id" => 7904
    "titulo" => "O ENSINO DE CIÊNCIAS NAS SÉRIES INICIAIS: OS DESAFIOS DE UMA ESCOLA DA REDE PÚBLICA MUNICIPAL DE BRAGANÇA-PA."
    "resumo" => "Este trabalho apresenta resultados parciais de uma pesquisa sobre as principais dificuldades na formação dos professores e na aplicação de metodologias de ensino de Ciências no Município de Bragança, no Pará. Trata-se de um estudo de caso da Escola Municipal Padre Ângelo Maria, com o objetivo de conhecer aspectos da realidade do ensino de física dentro da disciplina Ciências em escolas públicas do município paraense. O trabalho pretende subsidiar estudantes e professores de física com dados pertinentes ao ensino da disciplina na região bragantina, com o intuito de desvelar algumas características do campo de atuação do professor dessa disciplina. Através de entrevista com os professores responsáveis pelas turmas do 1º ao 5º ano do ensino fundamental, observamos que eles usam o livro didático como o recurso mais frequente, buscando diversificar suas estratégias de avaliação, e na medida do possível, desenvolver atividades extraclasses. Consideram como os assuntos mais difíceis de abordar àqueles ligados à Física e à Química.  Os temas que mais despertam a atenção de seus alunos são os que envolvem a Sexualidade e o Meio Ambiente. Os professores citam o custo alto dos livros e revistas científicas e a falta de tempo como principais empecilhos para sua atualização pedagógica. A avaliação mais frequentemente utilizada pelos professores de Ciências baseia-se em sua maioria na avaliação escrita. Tais avaliações consistem de questões discursivas e questões de múltipla escolha sobre os tópicos apresentados ao longo do curso. Frequentemente, ao trabalhar os conteúdos, os educadores sentem dificuldades, pelo fato dos frágeis instrumentos de trabalho, o que pode gerar dependência ao uso do livro didático. Desse modo, os alunos do ensino fundamental da rede pública por vezes deparam-se com metodologias que nem sempre promovem a efetiva construção de seu conhecimento. Tampouco lhes são oferecidos mecanismos de compensação por defasagens sociais, que vão desde problemas de natureza familiar ao limitado acesso a livros, sites e outras fontes de conhecimento, o que dificulta o interesse pelo conhecimento cientifico."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "GT 16 – Ensino de Ciências"
    "palavra_chave" => "ENSINO DE CIÊNCIAS, ESCOLA PÚBLICA, AVALIAÇÃO, RECURSOS DIDÁTICOS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD4_SA16_ID7904_15092017073621.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:22"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:09"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "IGOR DE JESUS TAVARES DE AVIZ"
    "autor_nome_curto" => "IGOR AVIZ"
    "autor_email" => "igor.fisica2015@gmail.com"
    "autor_ies" => "INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PARÁ (IFPA)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-19 23:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 19 de dezembro de 2017

Resumo

Este trabalho apresenta resultados parciais de uma pesquisa sobre as principais dificuldades na formação dos professores e na aplicação de metodologias de ensino de Ciências no Município de Bragança, no Pará. Trata-se de um estudo de caso da Escola Municipal Padre Ângelo Maria, com o objetivo de conhecer aspectos da realidade do ensino de física dentro da disciplina Ciências em escolas públicas do município paraense. O trabalho pretende subsidiar estudantes e professores de física com dados pertinentes ao ensino da disciplina na região bragantina, com o intuito de desvelar algumas características do campo de atuação do professor dessa disciplina. Através de entrevista com os professores responsáveis pelas turmas do 1º ao 5º ano do ensino fundamental, observamos que eles usam o livro didático como o recurso mais frequente, buscando diversificar suas estratégias de avaliação, e na medida do possível, desenvolver atividades extraclasses. Consideram como os assuntos mais difíceis de abordar àqueles ligados à Física e à Química. Os temas que mais despertam a atenção de seus alunos são os que envolvem a Sexualidade e o Meio Ambiente. Os professores citam o custo alto dos livros e revistas científicas e a falta de tempo como principais empecilhos para sua atualização pedagógica. A avaliação mais frequentemente utilizada pelos professores de Ciências baseia-se em sua maioria na avaliação escrita. Tais avaliações consistem de questões discursivas e questões de múltipla escolha sobre os tópicos apresentados ao longo do curso. Frequentemente, ao trabalhar os conteúdos, os educadores sentem dificuldades, pelo fato dos frágeis instrumentos de trabalho, o que pode gerar dependência ao uso do livro didático. Desse modo, os alunos do ensino fundamental da rede pública por vezes deparam-se com metodologias que nem sempre promovem a efetiva construção de seu conhecimento. Tampouco lhes são oferecidos mecanismos de compensação por defasagens sociais, que vão desde problemas de natureza familiar ao limitado acesso a livros, sites e outras fontes de conhecimento, o que dificulta o interesse pelo conhecimento cientifico.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.