Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

TÍTULO: DISCUSSÕES ÉTNICO-RACIAIS NA EDUCAÇÃO: DISCRIMINAÇÃO RACIAL E CONSTRUÇÃO DA PRÓPRIA IDENTIDADE

Palavra-chaves: CULTURA, , DISCRIMINAÇÃO RACIAL, , ESCOLAS. Comunicação Oral (CO) GT 06 - Educação e Relações Étnico-Raciais Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

RESUMO:O tema pesquisado é de grande relevância para a sociedade, pois busca discutir sobre as relações étnico-raciais nas instituições de ensino e na comunidade como um todo. É notório a necessidade de explorar temáticas que tratem sobre as questões raciais, sobre o respeito a todas às pessoas independentemente da etnia. O trabalho tem como principal objetivo a disseminação do estudo da história e da cultura afro-brasileira nas escolas, buscando cessar a discriminação racial e tecendo esclarecimentos sobre a construção da identidade étnico-racial. O referido estudo foi desenvolvido com base em pesquisas e leituras bibliográficas que resultou em esclarecimentos em torno da temática. É considerável instruir-se também sobre as relações interpessoais e a tolerância racial nas escolas, pois é relevante que seja propiciado ao educando a oportunidade de conhecer a história dos seus antepassados. Portanto as conversas, os debates, a interação social entre diferentes grupos étnicos promovem esclarecimentos em torno do assunto explorado. Cada grupo étnico tem a sua cultura e sua história que merece ser contada aos seus descendentes e valorizada como parte de um todo que contribui com a diversidade de um país. A escola é uma das instituições relevantes na sociedade que pode contribuir com o debate, com as discussões que formará na mente das novas gerações um pensamento igualitário com relação aos direitos constitucionais dos cidadãos e também, com base no conhecimento das diferentes culturas, podendo assumir uma postura mais tolerante no que se refere ao outro, independente das diferenças de grupos. É em casa que se inicia o processo de socialização tendo continuidade na escola, sendo de grande importância que a criança negra possa ter na família uma referência positiva no que se refere ao contexto sócio histórico. Sendo assim a criança verá na família o alicerce que precisa para ter autoconfiança e mostrar-se segura diante das situações discriminatórias, na escola este processo deve ser promovido de forma contínua no decorrer dos anos para que seja consolidado dentro e fora das instituições de ensino a batalha contra a discriminação racial. Palavras-chaves: Cultura, discriminação racial, escolas.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.