Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

IMPORTÂNCIA DA CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS INFANTIS PARA O DESENVOLVIMENTO DA ORALIDADE

Palavra-chaves: CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS, LEITURA, ORALIDADE, CRIANÇA Pôster (PO) GT 09 - Educação Infantil
"2017-12-20 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 37156
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 4082
    "inscrito_id" => 9183
    "titulo" => "IMPORTÂNCIA DA CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS INFANTIS PARA O DESENVOLVIMENTO DA ORALIDADE"
    "resumo" => "O presente trabalho tem como foco central a importância da contação de histórias infantis para o desenvolvimento da oralidade. A partir do relato de caso que iremos contar paulatinamente durante todo o seu desenvolvimento, que pôde ser observado em um ambiente familiar a partir das experiências concretas com a contação de histórias e da reciprocidade entre mãe e filha. Tendo como objetivo o desenvolvimento da criança em todos os sentidos tais como: afetivo, cognitivo, social, motor; e na aquisição da oralidade. Toda história contada ou lida, é uma experiência nova para a criança. O amor pelos livros não é coisa que apareça de repente. É preciso ajudar a criança a descobrir o que eles lhe podem oferecer. Aos poucos ela ganha intimidade com o objeto- livro.  A leitura deve começar a ser sugerida a criança o mais cedo possível. Por isso, a casa, a família, os pais são os primeiros incentivos à criança. O adulto que pega a criança no colo e a embala com aquelas cantigas tradicionais, que brinca com o bebê usando as histórias, adivinhações, rimas e expressões de nosso folclore, que folheia uma revista ou um livro buscando as figuras conhecidas e pergunta o nome delas, está colaborando para uma atitude positiva diante da leitura. Está investindo e condicionando a criança a se tornar um adulto leitor, possibilitando assim que se faça relação leitura/escola. A contação de histórias constitui se num meio que permite trabalhar integradamente os conteúdos interdisciplinares propiciando um ensino qualitativo, nesse sentido vimos a necessidade a importância da contação de histórias para o desenvolvimento da oralidade nas primeiras fases de uma criança. Assim, o objetivo do nosso trabalho foi  destacar o quanto a contação de histórias de literaturas infantis estimula o gosto e apropriação pela leitura e oralidade, destacando ainda o apoio familiar nesse processo. Participaram como sujeitos da pesquisa uma criança de cinco anos e sua mãe. Como metodologia, utilizamos de conversas informais, observações e leituras bibliográficas.A pesquisa de cunho qualitativo revelou o quanto a contação de historias infantis estimula o desenvolvimento da oralidade infantil bem como desperta desde cedo o prazer pela leitura."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "GT 09 - Educação Infantil"
    "palavra_chave" => "CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS, LEITURA, ORALIDADE, CRIANÇA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD4_SA9_ID9183_16102017171001.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:22"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:07"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "SILVÂNIA KELLY LOURENÇO DA COSTA FLORÊNCIO"
    "autor_nome_curto" => "SILVÂNIA KELLY"
    "autor_email" => "kelly.minam@gmail.com"
    "autor_ies" => "FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU DE CAMPINA GRANDE (FMN CG)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 37156
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 4082
    "inscrito_id" => 9183
    "titulo" => "IMPORTÂNCIA DA CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS INFANTIS PARA O DESENVOLVIMENTO DA ORALIDADE"
    "resumo" => "O presente trabalho tem como foco central a importância da contação de histórias infantis para o desenvolvimento da oralidade. A partir do relato de caso que iremos contar paulatinamente durante todo o seu desenvolvimento, que pôde ser observado em um ambiente familiar a partir das experiências concretas com a contação de histórias e da reciprocidade entre mãe e filha. Tendo como objetivo o desenvolvimento da criança em todos os sentidos tais como: afetivo, cognitivo, social, motor; e na aquisição da oralidade. Toda história contada ou lida, é uma experiência nova para a criança. O amor pelos livros não é coisa que apareça de repente. É preciso ajudar a criança a descobrir o que eles lhe podem oferecer. Aos poucos ela ganha intimidade com o objeto- livro.  A leitura deve começar a ser sugerida a criança o mais cedo possível. Por isso, a casa, a família, os pais são os primeiros incentivos à criança. O adulto que pega a criança no colo e a embala com aquelas cantigas tradicionais, que brinca com o bebê usando as histórias, adivinhações, rimas e expressões de nosso folclore, que folheia uma revista ou um livro buscando as figuras conhecidas e pergunta o nome delas, está colaborando para uma atitude positiva diante da leitura. Está investindo e condicionando a criança a se tornar um adulto leitor, possibilitando assim que se faça relação leitura/escola. A contação de histórias constitui se num meio que permite trabalhar integradamente os conteúdos interdisciplinares propiciando um ensino qualitativo, nesse sentido vimos a necessidade a importância da contação de histórias para o desenvolvimento da oralidade nas primeiras fases de uma criança. Assim, o objetivo do nosso trabalho foi  destacar o quanto a contação de histórias de literaturas infantis estimula o gosto e apropriação pela leitura e oralidade, destacando ainda o apoio familiar nesse processo. Participaram como sujeitos da pesquisa uma criança de cinco anos e sua mãe. Como metodologia, utilizamos de conversas informais, observações e leituras bibliográficas.A pesquisa de cunho qualitativo revelou o quanto a contação de historias infantis estimula o desenvolvimento da oralidade infantil bem como desperta desde cedo o prazer pela leitura."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "GT 09 - Educação Infantil"
    "palavra_chave" => "CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS, LEITURA, ORALIDADE, CRIANÇA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD4_SA9_ID9183_16102017171001.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:22"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:07"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "SILVÂNIA KELLY LOURENÇO DA COSTA FLORÊNCIO"
    "autor_nome_curto" => "SILVÂNIA KELLY"
    "autor_email" => "kelly.minam@gmail.com"
    "autor_ies" => "FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU DE CAMPINA GRANDE (FMN CG)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

O presente trabalho tem como foco central a importância da contação de histórias infantis para o desenvolvimento da oralidade. A partir do relato de caso que iremos contar paulatinamente durante todo o seu desenvolvimento, que pôde ser observado em um ambiente familiar a partir das experiências concretas com a contação de histórias e da reciprocidade entre mãe e filha. Tendo como objetivo o desenvolvimento da criança em todos os sentidos tais como: afetivo, cognitivo, social, motor; e na aquisição da oralidade. Toda história contada ou lida, é uma experiência nova para a criança. O amor pelos livros não é coisa que apareça de repente. É preciso ajudar a criança a descobrir o que eles lhe podem oferecer. Aos poucos ela ganha intimidade com o objeto- livro. A leitura deve começar a ser sugerida a criança o mais cedo possível. Por isso, a casa, a família, os pais são os primeiros incentivos à criança. O adulto que pega a criança no colo e a embala com aquelas cantigas tradicionais, que brinca com o bebê usando as histórias, adivinhações, rimas e expressões de nosso folclore, que folheia uma revista ou um livro buscando as figuras conhecidas e pergunta o nome delas, está colaborando para uma atitude positiva diante da leitura. Está investindo e condicionando a criança a se tornar um adulto leitor, possibilitando assim que se faça relação leitura/escola. A contação de histórias constitui se num meio que permite trabalhar integradamente os conteúdos interdisciplinares propiciando um ensino qualitativo, nesse sentido vimos a necessidade a importância da contação de histórias para o desenvolvimento da oralidade nas primeiras fases de uma criança. Assim, o objetivo do nosso trabalho foi destacar o quanto a contação de histórias de literaturas infantis estimula o gosto e apropriação pela leitura e oralidade, destacando ainda o apoio familiar nesse processo. Participaram como sujeitos da pesquisa uma criança de cinco anos e sua mãe. Como metodologia, utilizamos de conversas informais, observações e leituras bibliográficas.A pesquisa de cunho qualitativo revelou o quanto a contação de historias infantis estimula o desenvolvimento da oralidade infantil bem como desperta desde cedo o prazer pela leitura.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.