Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 223
HENRIQUE ANTUNES CUNHA JÚNIOR – UM DESTACADO PROFESSOR – MILITANTE NA SUA LUTA NÃO - VIOLENTA EM BUSCA DO PODER PARA OS AFRODESCENDENTES

Palavra-chaves: POPULAÇÃO NEGRA, PROFESSOR, MILITANTE Comunicação Oral (CO) GT 06 - Educação e Relações Étnico-Raciais

Resumo

O presente artigo foi desenvolvido a partir de uma entrevista biográfica realizada com o professor Henrique Antunes Cunha Júnior. Com base na entrevista foi possível entrar em contato com sua história de vida e o percurso que o professor realizou até ser considerado, atualmente, uma das principais referências nas discussões sobre afrodescendência no Brasil. Sendo assim, o professor fez uma autobiografia, onde em seus relatos foram obtidos diversos dados que foram analisados e interpretados consolidando a fonte desse artigo. Entretanto, foi utilizada a entrevista quase que na íntegra para contemplar as necessidades pertinentes ao desenvolvimento deste trabalho, sendo os dados obtidos correlacionados a outros autores e momentos importantes da história do povo negro brasileiro. Nesse contexto, durante a leitura dessa pesquisa, é possível conhecer a historia de vida do professor Henrique Cunha, assim como observar nos diversos períodos históricos citados pelo entrevistado, a diversidade que a população negra brasileira vivenciava, seja através dos movimentos negros, da arte, dos negros pobres, dos negros mais favorecidos financeiramente, das relações entre negros e brancos, e tantos outros contextos que emergem na autobiografia através das experiências de vida que o entrevistado relata. Além de todas essas questões, nos relatos autobiográficos o professor aborda um fato importante e impulsionador para outros estudiosos das questões da afrodescendência no Brasil, ao expor os motivos e importância de se adotar o conceito de etnia em detrimento ao conceito de raça. Em suma, a entrevista autobiográfica do professor Henrique Cunha permite entrar em contato com o percurso de formação, trajetória de vida, mudanças pessoais e profissionais que contribuem para compreensão das diversas realidades dos afrodescendentes.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.