Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 291
GESTÃO DEMOCRÁTICA NA ESCOLA PÚBLICA: A PERSPECTIVA DOS GESTORES ESCOLARES

Palavra-chaves: GESTÃO DEMOCRÁTICA, ESCOLA PÚBLICA, GESTORES Comunicação Oral (CO) GT 03 - História da Educação Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

O presente artigo tem como objetivo identificar a presença ou não da gestão democrática em cinco escolas públicas do interior da Paraíba. Cabe salientar que este estudo faz parte de uma investigação mais ampla, uma dissertação de mestrado de nossa autoria. Do ponto de vista teórico, contextualizamos, de forma breve, como se deu o processo de gestão democrática no Brasil. Para alcançar esse objetivo, tem-se como objetivos secundários, contextualizar o processo de democratização da educação pública no Brasil; historicizar o surgimento, a evolução e as abordagens contemporâneas da gestão em educação; conhecer a gestão escolar e sua dinâmica em escolas da rede pública de Cacimba de Dentro-PB. Tomou-se como procedimento de coleta de dados, a aplicação de questionários junto aos gestores escolares de cinco instituições municipais e estaduais de Cacimba de Dentro-PB, através das quais se analisou como a gestão democrática escolar tem se apresentado na prática cotidiana das escolas públicas. Do ponto de vista metodológico, utilizou-se o paradigma hipotético-dedutivo, numa abordagem quantitativa, tendo como principal instrumento para coleta de dados, o questionário aplicado a uma amostra de com 15 (quinze) gestores escolares. Os resultados da pesquisa foram apresentados em gráficos contendo a percepção dos entrevistados sobre a gestão em suas referidas escolas, projeto político pedagógico conselho escolar e as relações deste com a gestão e, práticas da gestão, dentre outros. Com relação aos resultados, a pesquisa demonstrou que não há sintonia entre a teoria e a prática nas escolas pesquisadas. Os dados obtidos apontam para uma maioria de escolas cujos membros de equipes diretivas são indicados por questões políticas. Além disso, a maioria dos dados aponta para um profundo descompasso entre os princípios basilares da gestão democrática e as práticas cotidianas nas escolas pesquisadas, em especial quando se trata da participação da comunidade na escola, autonomia e avaliação.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.