Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 189
ENSINAR E APRENDER MATEMÁTICA POR MEIO DE PRÁTICAS CONTEXTUALIZADAS NA FEIRA LIVRE

Palavra-chaves: APRENDER, ENSINAR, FEIRA LIVRE, MATEMÁTICA Comunicação Oral (CO) GT 13 - Educação Matemática

Resumo

ENSINAR E APRENDER MATEMÁTICA POR MEIO DE PRÁTICAS CONTEXTUALIZADAS NA FEIRA LIVRE Samuel Bezerra de Oliveira Estudante de Especialização em Ensino de Matemática- Instituto de Educação Superior da Paraíba-IESP E-mail: sbosamuel@gmail.com Rosaline Bezerra de Oliveira Doutoranda em Educação – Universidade Grendal do Brasil Professora da Rede Pública de Mmamanguape-PB E-mail: rosalineraiodesol@yahoo.com.br RESUMO A feira livre é um espaço onde as pessoas compram e vendem alimentos cozinhados e/ou crus diversos: carnes, verduras, legumes, cereais. Vende-se e compra-se também: sapatos, roupas, brinquedos, produtos diversos, há quem se alimente, outros encontram pessoas, amigos (as). Ao mesmo tempo que é um ponto de encontro também o é um espaço de trabalho, de negócios. Este trabalho é fruto de uma experiência promovida na Escola Municipal de Ensino Fundamental Ana Cavalcante de Albuquerque que está localizada no bairro Sertãozinho, município de Mamanguape-PB. Teve-se como o campo de pesquisa a feira livre de Mamanguape, que costuma acontecer de segunda à sábado tendo maior movimentação comercial aos sábados. O fator de cerca de 20% dos alunos trabalharem na feira tornou-se um estimulo a construção e ao desenvolvimento do trabalho, alguns plantam e comercializam na feira, outros, neste caso a maioria carrega frete na feira aos sábados, há ainda quem ajude nos mercadinhos com os pacotes. A pesquisa visa desenvolver práticas educativas com os alunos do Ensino Fundamental voltadas para o ensino da Matemática com base no tema: ENSINANDO E APRENDENDO MATEMÁTICA NA FEIRA LIVRE. Trata-se de uma investigação descritiva e exploratória. Contempla uma abordagem qualitativa com metodologia adequada para alcançar o objetivo e responder a questão levantada: que práticas educativas poderão ser desenvolvidas com o alunado na feira livre de Mamanguape para desenvolver a construção do ensino-aprendizado da Matemática? Portanto, a pesquisa qualitativa e descritiva possibilitou compreender e interpretar o objeto em estudo, com base na perspectiva dos sujeitos envolvidos. Como instrumento de coleta de dados utilizamos um livro de registros da qual foi feita uma análise de conteúdo. Os resultados alcançados leva-nos a perceber que as práticas educativas voltadas para o ensino-aprendizagem da Matemática com temas de interesses e necessidades dos educandos possibilitaram uma aprendizagem pertinente. Foi relevante para os (as) alunos (as) participar, construir, desenvolver, sugerir atividades a serem desenvolvidas na perspectiva da feira livre como espaço de reflexão em torno do ensinar/aprender Matemática. Palavras-chaves: Aprender, Ensinar, Feira livre, Matemática.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.