Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

AFETIVIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL: A INFLUÊNCIA DA AFETIVIDADE NA RELAÇÃO PROFESSOR-ALUNO.

Palavra-chaves: AFETIVIDADE, RELAÇÃO PROFESSOR-ALUNO., CRESCIMENTO, CRIANÇA Comunicação Oral (CO) GT 18 - Educação Emocional
"2017-12-20 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 35733
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 2186
    "inscrito_id" => 6209
    "titulo" => "AFETIVIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL: A INFLUÊNCIA DA AFETIVIDADE NA RELAÇÃO PROFESSOR-ALUNO."
    "resumo" => "Neste estudo realizamos um diagnostico sobre a temática afetividade na relação professor-aluno. A referida pesquisa foi de cunho bibliográfico, com abordagem qualitativa, para construção do mesmo fizemos uso de livros, TCCs, e periódicos. È importante observar que todo o trabalho docente começa primeiramente no próprio docente que, se não tiver domínio de seu campo mental, de seus pensamentos, deixará de atuar positivamente no interno do aluno. A criança capta muito do sentir do docente e sente o bem que este quer realizar. Em sua prática, o docente deve estar muito atento ao seu interno, pois para ajudar alguém há de se estar preparado. A afetividade é amizade, é a certeza do porto seguro, do ombro amigo, do abraço, do sorriso, são derrotas, tristezas, angustias temores e inseguranças que fragilizam o indivíduo, ao mesmo tempo em que oferecem a ele as condições necessárias ao crescimento e ao amadurecimento. Este artigo que teve como temática a afetividade na educação infantil nos revelou que a afetividade é a mistura de todos os sentimentos, e que aprender a cuidar adequadamente de todas essas emoções é que vai proporcionar ao sujeito uma vida emocional plena e equilibrada. Entende-se que todas as relações, quer sejam familiares, profissionais ou pessoais, devem ser permeadas pela afetividade, e esta pode ser legitimada por todos, em qualquer faixa etária e em qualquer nível social e cultural. Percebemos que as necessidades de amor e afeto precisam ser atendidas para a chama da motivação crescer, pois os alunos sentem quando o professor gosta de verdade de cada um deles e isso os estimula a aprender e a crescer e que os professores, ao lidarem com a formação de seres humanos, trabalham com os aspectos cognitivos e afetivos e isso exige uma diversificação de atitudes para atender às diferentes demandas escolares e sociais."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 18 - Educação Emocional"
    "palavra_chave" => "AFETIVIDADE, RELAÇÃO PROFESSOR-ALUNO., CRESCIMENTO, CRIANÇA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD1_SA18_ID6209_11092017181331.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:20"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:03"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "VERA LÚCIA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "VERA LUCIA"
    "autor_email" => "veraclaraphb@hotmail.com"
    "autor_ies" => "0000"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 35733
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 2186
    "inscrito_id" => 6209
    "titulo" => "AFETIVIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL: A INFLUÊNCIA DA AFETIVIDADE NA RELAÇÃO PROFESSOR-ALUNO."
    "resumo" => "Neste estudo realizamos um diagnostico sobre a temática afetividade na relação professor-aluno. A referida pesquisa foi de cunho bibliográfico, com abordagem qualitativa, para construção do mesmo fizemos uso de livros, TCCs, e periódicos. È importante observar que todo o trabalho docente começa primeiramente no próprio docente que, se não tiver domínio de seu campo mental, de seus pensamentos, deixará de atuar positivamente no interno do aluno. A criança capta muito do sentir do docente e sente o bem que este quer realizar. Em sua prática, o docente deve estar muito atento ao seu interno, pois para ajudar alguém há de se estar preparado. A afetividade é amizade, é a certeza do porto seguro, do ombro amigo, do abraço, do sorriso, são derrotas, tristezas, angustias temores e inseguranças que fragilizam o indivíduo, ao mesmo tempo em que oferecem a ele as condições necessárias ao crescimento e ao amadurecimento. Este artigo que teve como temática a afetividade na educação infantil nos revelou que a afetividade é a mistura de todos os sentimentos, e que aprender a cuidar adequadamente de todas essas emoções é que vai proporcionar ao sujeito uma vida emocional plena e equilibrada. Entende-se que todas as relações, quer sejam familiares, profissionais ou pessoais, devem ser permeadas pela afetividade, e esta pode ser legitimada por todos, em qualquer faixa etária e em qualquer nível social e cultural. Percebemos que as necessidades de amor e afeto precisam ser atendidas para a chama da motivação crescer, pois os alunos sentem quando o professor gosta de verdade de cada um deles e isso os estimula a aprender e a crescer e que os professores, ao lidarem com a formação de seres humanos, trabalham com os aspectos cognitivos e afetivos e isso exige uma diversificação de atitudes para atender às diferentes demandas escolares e sociais."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 18 - Educação Emocional"
    "palavra_chave" => "AFETIVIDADE, RELAÇÃO PROFESSOR-ALUNO., CRESCIMENTO, CRIANÇA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD1_SA18_ID6209_11092017181331.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:20"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:03"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "VERA LÚCIA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "VERA LUCIA"
    "autor_email" => "veraclaraphb@hotmail.com"
    "autor_ies" => "0000"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

Neste estudo realizamos um diagnostico sobre a temática afetividade na relação professor-aluno. A referida pesquisa foi de cunho bibliográfico, com abordagem qualitativa, para construção do mesmo fizemos uso de livros, TCCs, e periódicos. È importante observar que todo o trabalho docente começa primeiramente no próprio docente que, se não tiver domínio de seu campo mental, de seus pensamentos, deixará de atuar positivamente no interno do aluno. A criança capta muito do sentir do docente e sente o bem que este quer realizar. Em sua prática, o docente deve estar muito atento ao seu interno, pois para ajudar alguém há de se estar preparado. A afetividade é amizade, é a certeza do porto seguro, do ombro amigo, do abraço, do sorriso, são derrotas, tristezas, angustias temores e inseguranças que fragilizam o indivíduo, ao mesmo tempo em que oferecem a ele as condições necessárias ao crescimento e ao amadurecimento. Este artigo que teve como temática a afetividade na educação infantil nos revelou que a afetividade é a mistura de todos os sentimentos, e que aprender a cuidar adequadamente de todas essas emoções é que vai proporcionar ao sujeito uma vida emocional plena e equilibrada. Entende-se que todas as relações, quer sejam familiares, profissionais ou pessoais, devem ser permeadas pela afetividade, e esta pode ser legitimada por todos, em qualquer faixa etária e em qualquer nível social e cultural. Percebemos que as necessidades de amor e afeto precisam ser atendidas para a chama da motivação crescer, pois os alunos sentem quando o professor gosta de verdade de cada um deles e isso os estimula a aprender e a crescer e que os professores, ao lidarem com a formação de seres humanos, trabalham com os aspectos cognitivos e afetivos e isso exige uma diversificação de atitudes para atender às diferentes demandas escolares e sociais.

Compartilhe:

Visualização do Artigo

Infelizmente, não conseguimos localizar o arquivo para download. Mas não se preocupe, nossa equipe já foi notificada do problema e já estamos trabalhando para a resolução! Tente novamente mais tarde!

Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.