Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 246
EDUCAÇÃO AMBIENTAL: ATIVIDADES EDUCACIONAIS EM ESPAÇOS NÃO FORMAIS

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO AMBIENTAL, SENSIBILIZAÇÃO, ENSINO NÃO-FORMAL Pôster (PO) GT 14 - Educação Ambiental Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

Ao longo dos anos o uso de recursos naturais pelo ser humano tomou proporções abrangentes, e muitas vezes, sem um mínimo de preocupação ao meio ambiente. Este uso demasiado dos recursos naturais cresceu ao longo dos séculos, possibilitando o desenvolvimento dos países. Porém, dissipou-se apenas a preocupação com o crescimento econômico do planeta como um todo, enquanto que o cuidado com o meio ambiente ficou em segundo plano. Assim, acredita-se que conhecimento provindo da educação ambiental deve ser incluído na formação dos alunos, promovendo uma mudança cultural de nível social, visando o desenvolvimento de uma sociedade com hábitos sustentáveis, para melhorar as condições de vida principalmente das gerações futuras O trabalho foi realizado no Centro da Juventude do bairro Ponte no município de Caxias-MA, através do estágio supervisionado. Um local de ensino não-formal onde frequentam crianças e jovens de 8 a 20 anos de idade. Foi realizado uma roda de conversa, perguntando se eles já ouviram alguma coisa sobre “Educação Ambiental”, por serem a maioria crianças e jovens de baixa renda. Também foi explicado alguns conceitos sobre Educação Ambiental e sua importância para sociedade em geral, como: Conservação e Preservação da natureza e seus recursos naturais, Manuseio de resíduos sólidos e onde fazer os descartes e a importância de conservação e preservação dos riachos, após foram reproduzidos vídeos didáticos das temáticas. Em seguida uma visita no riacho que tem o mesmo nome do bairro (Riacho do Ponte), onde se encontra hoje muito debilitado decorrente de poluição da comunidade em geral e compreender a importância da conservação dos recursos naturais oferecidos gratuitamente pela natureza. A ida a campo permitiu o contato direto com a natureza, proporcionando vivenciar os conhecimentos de forma contextualizada, intensificando também a construção de uma visão crítica, por constituir uma prática que envolve o ver, o sentir, o participar e o estar presente. O presente projeto, foi possível contribuir para formação de cidadãos mais informados e sensibilizados quanto importância da conservação e preservação do meio ambiente onde vivemos, e da necessidade de se preserva os recursos naturais, despertando dessa forma mudanças de atitudes e hábitos. Isso mostra que EA constitui como um importante instrumento de transformação social.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.