Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 233
DESENVOLVIMENTO DE HABILIDADES SOCIAIS EMPÁTICAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Palavra-chaves: HABILIDADES SOCIAIS, EMPATIA, CRIANÇAS Comunicação Oral (CO) GT 09 - Educação Infantil Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

As habilidades sociais empáticas podem ser caracterizadas pela expressão afetiva de compreensão e compartilhamento com a experiência positiva ou negativa do outro. É ciente da importância do desenvolvimento de habilidades sociais, como a empatia, que alunas do curso de Psicologia da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), dedicaram-se a promoção do desenvolvimento dessas habilidades junto a crianças pré-escolares, durante a vigência do Estágio Básico I, que teve como objetivo geral a Educação socioemocional. Foram trabalhadas, por meio de intervenções em grupo, 7 habilidades sociais, a saber: autocontrole e expressividade emocional, civilidade, empatia, assertividade, fazer amizades, solução de problemas interpessoais e habilidades sociais acadêmicas. Diante do volume de dados coletados, apenas serão apresentados os resultados oriundos das intervenções que se focaram nas habilidades sociais empáticas. Participaram das intervenções 15 crianças, na faixa etária de 4 anos de idade, alunos/as de uma unidade pública de educação infantil da cidade de Campina Grande – PB. Os encontros, realizados com base no método-vivencial, duraram em média 30 minutos (cada) e foram facilitados por 4 pessoas, sendo uma mediadora e três auxiliares. As duas intervenções com foco nas habilidades sociais empáticas buscaram, respectivamente, trabalhar o ato de compartilhar pelo viés da consideração empática, e o ato de presentear, com o foco na tomada de perspectiva do outro. Para tanto, foi realizado no primeiro encontro uma vivência de compartilhamento de brinquedos, inspirado no Episódio da animação Daniel Tigre, intitulado “Daniel compartilha seu carro fantastigre”; e no segundo, a construção da “caixa de empatia”, produzida pelas próprias crianças para ser presenteada aos pares. De um modo geral, podemos afirmar que as atividades desenvolvidas foram exitosas, pois possibilitaram momentos de construção da autonomia e o desenvolvimento da habilidade empática.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.