Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

CRIANÇAS TRANSGÊNERO NA ESCOLA: UM DESAFIO PARA O PROFESSOR

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO, CRIANÇAS TRANSGÊNEROS, GÊNERO Comunicação Oral (CO) GT 07 - Gênero, Sexualidade e Educação Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

O termo gênero designado a uma serie de expectativa de implicações sociais baseadas nas características, físicas (principalmente a genitália) com vias a dividir a sociedade humana em dois grandes grupos: homens e mulheres.Esta pesquisa surgiu a partir de um debate iniciado em sala de aula sobre a posição do professor quanto a essa temática, e se justifica na premente necessidade de abordar o assunto em questão, para tentar ajudar na compreensão do tema transgênero aos professores em sala de aula.Ao iniciarmos a pesquisa, surgiram as seguintes perguntas que nortearam o nosso trabalho: A escola tende a explicar as normas sociais dominantes quanto à questão de gênero? O professor está preparado para receber essas crianças em sala de aula? Há um preparo das escolas sobre como lidar com essas questões sem preconceito? A partir dos questionamentos levantados, o objetivo desse trabalho cientifico é descrever os conceitos sobre gênero, para esclarecimento dos professores sobre as questões da diversidade sexual - na sociedade e no ambiente escolar em particular -, a fim de que promovam uma preparação para situações em sala de aula, com alunos supostamente transgênero. Quanto à metodologia, classifica-se esta pesquisa como descritiva quanto aos seus objetivos; de cunho qualitativo, tendo como técnica de coleta de dados uma pesquisa bibliográfica em artigos, livros, vídeos, relatos biográficos. As informações obtidas, mostram que sabemos pouco sobre o assunto. Que ainda existem muitos preconceitos, exclusões, violações de direitos das crianças, muitos tabus para falar na escola sobre sexualidade.O que podemos perceber, em relação aos direitos do sujeito transgênero, é que mesmo que você não aceite, tem que respeitar as leis, e, é o primeiro passo para que eles tenham os seus direitos respeitados, o que na maioria das vezes não acontece.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.