Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 282
ADQUIRINDO CONHECIMENTO SOBRE OS MICRORGANISMOS DE FORMA PRÁTICA: UM RELATO DE AULA INOVADORA

Palavra-chaves: FUNGOS, LÍQUENS, MICRORGANISMOS, PROTOZOÁRIOS Comunicação Oral (CO) GT 16 – Ensino de Ciências Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

Os microrganismos são seres que sempre aguçam a curiosidade dos alunos. Entre esses pequenos seres, estão os fungos, líquens e os protozoários. Esses seres são muitos citados devido aos danos causados ao ser humano, principalmente porque podem ser causadores de doenças. Contudo, algumas espécies são, por sua vez, benéficas ao ser humano. Os fungos podem conter apensas um único tipo de células ou vários tipos de células diferentes, sendo os principais decompositores da natureza. Os Líquens, são considerados como importantes bioindicadores de poluição da atmosfera, formados pela simbiose entre um fungo (micobionte) e representantes de algas e/ou cianobactérias (fotobionte). Os protozoários são células eucarióticas, em sua maioria de vida livre, embora alguns representantes são parasitas. Assim, o objetivo do presente trabalho foi, por meio de práticas simples de laboratório, despertar o interesse, esclarecer dúvidas, estabelecendo relações com o cotidiano dos alunos sobre importância dos microrganismos, dando ênfase aos fungos, liquens e protozoários. Foi utilizado um vegetal em estado de decomposição coberto por fungos, microscópios ópticos, lâminas para corte, lâminas e lamínulas, pipetas, água, lâmina histológica de Paramecium e lâmina histológica com corte de líquen. Os alunos revelaram possuir um conhecimento prévio, afirmando conhecer algumas doenças causadas por microrganismos. Assim, no decorrer da aplicação os educandos sempre buscavam participar e explicar as dúvidas recorrentes, facilitando a interação com os estagiários do PIBID. A abordagem prática facilitou o entendimento dos alunos em relação as estruturas dos microrganismos trabalhados, pois a compreensão dos assuntos se tornou facilitada pela abordagem prática. Foi possível notar o interesse dos estudantes em todas as práticas realizadas, e a facilidade em compreender a parte teórica anteriormente exposta em sala de aula. O uso alternativo de modelos educacionais mais interativos de ensino, proporcionaram um prazer mútuo no aprendizado, entre alunos e professores.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.