Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

ABORDANDO O ENSINO DA CIÊNCIA COM ATIVIDADES EXPERIMENTAIS DEMONSTRATIVAS

Palavra-chaves: ENSINO DE CIÊNCIAS, , PRÁTICAS EXPERIMENTAIS DEMONSTRATIVAS, , ENSINO E APRENDIZAGEM. Pôster (PO) GT 16 – Ensino de Ciências
"2017-12-19 23:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 35699
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 3826
    "inscrito_id" => 5127
    "titulo" => "ABORDANDO O ENSINO DA CIÊNCIA COM ATIVIDADES EXPERIMENTAIS DEMONSTRATIVAS"
    "resumo" => """
      Segundo Lima, Aguiar Júnior e Braga 1999 o se utilizar metodologias diferentes das que são corriqueiramente utilizadas nas salas de aulas e no ensino de ciências, percebe-se uma melhor relação entre o aprendiz e os objetos de seu conhecimento, uma melhor transposição da teoria para a prática, ou seja, ocorrerá a junção da interpretação do sujeito aos fenômenos e processos naturais observados, pautados não somente pelo conhecimento científico, mas pelos saberes e argumentações levantadas pelos estudantes, diante de situações que são desafiadoras. Nesse contexto, com a introdução de atividades experimentais possibilita uma participação mais ativa na construção do conhecimento dos alunos, tornando o processo de ensino-aprendizagem mais dinâmico e significativo. Com isso visamos à importância na realização de atividades demonstrativas como forma de não tornar as aulas maçantes, mas sim estimulantes para que os alunos vejam na prática como algo que seja um complemento da teórica e assim poder ter uma visão diferente da sala de aula.\r\n
      O presente trabalho teve como objetivo estimular o uso de atividades experimentais demonstrativas para instigar os discentes a participar mais ativamente da construção de seus conhecimentos, e subsidiar os pibidianos a elaborar e desenvolver atividades experimentais demonstrativas para o ensino de ciências, visando o desenvolvimento de competências e habilidades para melhorar o processo de ensino e aprendizagem. \r\n
      As Atividades foram realizadas na Escola Estadual José Fernandes Machado (EEJFM), localizada na Avenida praia de Múriu, Ponta Negra, Natal-RN nas turmas do 8º ano A e B do ensino fundamental II. As atividades foram desenvolvidas durante o segundo bimestre de 2017.  Inicialmente foi elaborado um planejamento das atividades, em seguida foi realizado um diagnóstico dos conhecimentos prévios dos discentes através de um questionário com perguntas abertas e fechadas, a partir do diagnóstico foram elaboradas sequencias didáticas com os conteúdos de sistema tegumentar (A pele), e sistema locomotor (Esquelético e Muscular). Os alunos tiveram como meta construir mais fielmente possível um modelo anatômico dos sistemas Tegumentar e Locomotor, usando o máximo de sua criatividade. Foi possível observar e vivenciar as principais dificuldades encontradas, principalmente com relação à realização de atividades experimentais. Apesar das condições instáveis com relação a materiais, foi verificado que é possível realizar atividades utilizando materiais simples com baixo custo e ao mesmo tempo promover uma aprendizagem mais significativa, proporcionando ao aluno uma aprendizagem mais contextualizada e mais próxima da teoria à medida que facilita a compreensão dos conteúdos por meio da observação e elaboração, a teoria estudada, tornando-os mais ativos no processo de ensino e aprendizagem (GASPAR; MONTEIRO, 2005; SALVADEGO et al. 2009; LABURÚ; SILVA, 2011). Com o uso de atividades experimentais demonstrativas utilizando materiais de baixo custo no ensino de ciências, foi possível observar uma grande participação dos discentes nas aulas, melhorando o comportamento cooperativo e de trabalho em equipe. Ressaltamos a importância da experiência para os alunos pibidianos futuros docentes pela oportunidade de vivenciar possibilidades do fazer diferente, incentivando a docência.
      """
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "GT 16 – Ensino de Ciências"
    "palavra_chave" => "ENSINO DE CIÊNCIAS,, PRÁTICAS EXPERIMENTAIS DEMONSTRATIVAS,, ENSINO E APRENDIZAGEM."
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD4_SA16_ID5127_16102017010308.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:20"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:02"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "LIANA ELOIZA DE OLIVEIRA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "LIANA ELOIZA"
    "autor_email" => "lianaeloiza@hotmail.com"
    "autor_ies" => "CENTRO UNIVERSITÁRIO FACEX (UNIFACEX)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-19 23:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 35699
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 3826
    "inscrito_id" => 5127
    "titulo" => "ABORDANDO O ENSINO DA CIÊNCIA COM ATIVIDADES EXPERIMENTAIS DEMONSTRATIVAS"
    "resumo" => """
      Segundo Lima, Aguiar Júnior e Braga 1999 o se utilizar metodologias diferentes das que são corriqueiramente utilizadas nas salas de aulas e no ensino de ciências, percebe-se uma melhor relação entre o aprendiz e os objetos de seu conhecimento, uma melhor transposição da teoria para a prática, ou seja, ocorrerá a junção da interpretação do sujeito aos fenômenos e processos naturais observados, pautados não somente pelo conhecimento científico, mas pelos saberes e argumentações levantadas pelos estudantes, diante de situações que são desafiadoras. Nesse contexto, com a introdução de atividades experimentais possibilita uma participação mais ativa na construção do conhecimento dos alunos, tornando o processo de ensino-aprendizagem mais dinâmico e significativo. Com isso visamos à importância na realização de atividades demonstrativas como forma de não tornar as aulas maçantes, mas sim estimulantes para que os alunos vejam na prática como algo que seja um complemento da teórica e assim poder ter uma visão diferente da sala de aula.\r\n
      O presente trabalho teve como objetivo estimular o uso de atividades experimentais demonstrativas para instigar os discentes a participar mais ativamente da construção de seus conhecimentos, e subsidiar os pibidianos a elaborar e desenvolver atividades experimentais demonstrativas para o ensino de ciências, visando o desenvolvimento de competências e habilidades para melhorar o processo de ensino e aprendizagem. \r\n
      As Atividades foram realizadas na Escola Estadual José Fernandes Machado (EEJFM), localizada na Avenida praia de Múriu, Ponta Negra, Natal-RN nas turmas do 8º ano A e B do ensino fundamental II. As atividades foram desenvolvidas durante o segundo bimestre de 2017.  Inicialmente foi elaborado um planejamento das atividades, em seguida foi realizado um diagnóstico dos conhecimentos prévios dos discentes através de um questionário com perguntas abertas e fechadas, a partir do diagnóstico foram elaboradas sequencias didáticas com os conteúdos de sistema tegumentar (A pele), e sistema locomotor (Esquelético e Muscular). Os alunos tiveram como meta construir mais fielmente possível um modelo anatômico dos sistemas Tegumentar e Locomotor, usando o máximo de sua criatividade. Foi possível observar e vivenciar as principais dificuldades encontradas, principalmente com relação à realização de atividades experimentais. Apesar das condições instáveis com relação a materiais, foi verificado que é possível realizar atividades utilizando materiais simples com baixo custo e ao mesmo tempo promover uma aprendizagem mais significativa, proporcionando ao aluno uma aprendizagem mais contextualizada e mais próxima da teoria à medida que facilita a compreensão dos conteúdos por meio da observação e elaboração, a teoria estudada, tornando-os mais ativos no processo de ensino e aprendizagem (GASPAR; MONTEIRO, 2005; SALVADEGO et al. 2009; LABURÚ; SILVA, 2011). Com o uso de atividades experimentais demonstrativas utilizando materiais de baixo custo no ensino de ciências, foi possível observar uma grande participação dos discentes nas aulas, melhorando o comportamento cooperativo e de trabalho em equipe. Ressaltamos a importância da experiência para os alunos pibidianos futuros docentes pela oportunidade de vivenciar possibilidades do fazer diferente, incentivando a docência.
      """
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "GT 16 – Ensino de Ciências"
    "palavra_chave" => "ENSINO DE CIÊNCIAS,, PRÁTICAS EXPERIMENTAIS DEMONSTRATIVAS,, ENSINO E APRENDIZAGEM."
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD4_SA16_ID5127_16102017010308.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:20"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:02"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "LIANA ELOIZA DE OLIVEIRA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "LIANA ELOIZA"
    "autor_email" => "lianaeloiza@hotmail.com"
    "autor_ies" => "CENTRO UNIVERSITÁRIO FACEX (UNIFACEX)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-19 23:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 19 de dezembro de 2017

Resumo

Segundo Lima, Aguiar Júnior e Braga 1999 o se utilizar metodologias diferentes das que são corriqueiramente utilizadas nas salas de aulas e no ensino de ciências, percebe-se uma melhor relação entre o aprendiz e os objetos de seu conhecimento, uma melhor transposição da teoria para a prática, ou seja, ocorrerá a junção da interpretação do sujeito aos fenômenos e processos naturais observados, pautados não somente pelo conhecimento científico, mas pelos saberes e argumentações levantadas pelos estudantes, diante de situações que são desafiadoras. Nesse contexto, com a introdução de atividades experimentais possibilita uma participação mais ativa na construção do conhecimento dos alunos, tornando o processo de ensino-aprendizagem mais dinâmico e significativo. Com isso visamos à importância na realização de atividades demonstrativas como forma de não tornar as aulas maçantes, mas sim estimulantes para que os alunos vejam na prática como algo que seja um complemento da teórica e assim poder ter uma visão diferente da sala de aula. O presente trabalho teve como objetivo estimular o uso de atividades experimentais demonstrativas para instigar os discentes a participar mais ativamente da construção de seus conhecimentos, e subsidiar os pibidianos a elaborar e desenvolver atividades experimentais demonstrativas para o ensino de ciências, visando o desenvolvimento de competências e habilidades para melhorar o processo de ensino e aprendizagem. As Atividades foram realizadas na Escola Estadual José Fernandes Machado (EEJFM), localizada na Avenida praia de Múriu, Ponta Negra, Natal-RN nas turmas do 8º ano A e B do ensino fundamental II. As atividades foram desenvolvidas durante o segundo bimestre de 2017. Inicialmente foi elaborado um planejamento das atividades, em seguida foi realizado um diagnóstico dos conhecimentos prévios dos discentes através de um questionário com perguntas abertas e fechadas, a partir do diagnóstico foram elaboradas sequencias didáticas com os conteúdos de sistema tegumentar (A pele), e sistema locomotor (Esquelético e Muscular). Os alunos tiveram como meta construir mais fielmente possível um modelo anatômico dos sistemas Tegumentar e Locomotor, usando o máximo de sua criatividade. Foi possível observar e vivenciar as principais dificuldades encontradas, principalmente com relação à realização de atividades experimentais. Apesar das condições instáveis com relação a materiais, foi verificado que é possível realizar atividades utilizando materiais simples com baixo custo e ao mesmo tempo promover uma aprendizagem mais significativa, proporcionando ao aluno uma aprendizagem mais contextualizada e mais próxima da teoria à medida que facilita a compreensão dos conteúdos por meio da observação e elaboração, a teoria estudada, tornando-os mais ativos no processo de ensino e aprendizagem (GASPAR; MONTEIRO, 2005; SALVADEGO et al. 2009; LABURÚ; SILVA, 2011). Com o uso de atividades experimentais demonstrativas utilizando materiais de baixo custo no ensino de ciências, foi possível observar uma grande participação dos discentes nas aulas, melhorando o comportamento cooperativo e de trabalho em equipe. Ressaltamos a importância da experiência para os alunos pibidianos futuros docentes pela oportunidade de vivenciar possibilidades do fazer diferente, incentivando a docência.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.