Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

A IMPORTÂNCIA DA AULA DE CAMPO NA FORMAÇÃO DOS ESTUDANTES DO CURSO DE LICENCIATURA EM GEOGRAFIA NO IFPE/RECIFE: CONTRIBUIÇÕES DO PIBID

Palavra-chaves: GEOGRAFIA, AULA DE CAMPO, FORMAÇÃO, ENSINO, ENSINO Comunicação Oral (CO) GT 17 – Ensino e suas interseções Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

O presente artigo propõe analisar através das ações do Programa de Iniciação à Docência (PIBID) a contribuição da aula de campo na formação do futuro professor no curso de Licenciatura em Geografia no IFPE / Campus Recife. Neste sentido analisar-se-á se o estudante em formação pretende fazer uso dessa metodologia no exercício da profissão na educação básica. Os procedimentos metodológicos adotados para alcançar os objetivos delineados na pesquisa foram: 1. Revisão da literatura e a explicação dos conceitos estruturantes realizados no laboratório de ensino e na aula de campo, aos estudantes do PIBID/Recife, planejamento, observação sistemática das reflexões. 2. No segundo momento ocorreu a troca de saberes referentes aos conhecimentos específicos sobre aula de campo e o estudo do meio, sobretudo, nos seus objetivos com base nas autoras (BRAGA, 2016, CAVALCANTI, 2011, VIADANA, 2011, PONTUSCHKA, 2009) 3. No terceiro momento, os estudantes pibidianos elaboraram a entrevista semiestruturada e aplicaram com os estudantes do 2º, 4º e 6º período da Licenciatura. A inserção do método colaborativo, a reflexão organizada na e sobre a prática do profissional de ensino o professor, assumem papel relevante, todavia este processo reflexivo não é percebido apenas de modo individual. Os futuros professores e professores formadores inseridos no universo de pesquisadores-colaboradores em espaços organizados e planejados em ambiente escolar e em atividade pedagógica em campo são incentivados através do diálogo com outros pares a pronunciarem suas práticas e saberes, realizando sobre eles, interpretação, análise e reconstrução que os levam a perceberem-se como gestores de suas atitudes profissionais. Torna-se essencial cada vez mais um entendimento na relação ensino; metodologia e pesquisa na busca de vencer um ensino pautado na passividade e dualismos que durante séculos fomos ensinados e que nutrimos até hoje. Os resultados preliminares da pesquisa mostraram que os estudantes em seus discursos destacaram a relação entre teoria e prática como elementos integradores, e quando formados professores da educação básica possam mediar os conteúdos conceituais, conteúdos procedimentais e os conteúdos atitudinais a serem ministrados com maior capacidade de leitura de mundo.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.