Artigo Anais IV SINALGE

ANAIS de Evento

ISSN: 2527-0028

Visualizações: 250
O TRABALHO COM SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS: CONQUISTAS E DESAFIOS

Palavra-chaves: CONQUISTAS, DESAFIOS, TRABALHO, SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS Comunicação Oral (CO) GT09-GÊNEROS TEXTUAIS E FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE LÍNGUA MATERNA: O AGIR DOCENTE POR MEIO DAS SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS Publicado em 27 de abril de 2017

Resumo

O uso de sequências didáticas como estratégia para explorar os gêneros textuais nas aulas de Língua Portuguesa é uma prática recorrente entre os docentes que atuam em turmas do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental. Em razão de os livros didáticos não explorarem de forma sistemática essa estratégia, muitos profissionais recorrem à sites de domínio público em busca desse tipo de atividades. No entanto, a qualidade das sequências didáticas disponíveis na internet não correspondem às orientações teóricas que sistematizam o conjunto de atividades que as constituem. O objetivo da nossa pesquisa é analisar a qualidade das sequências didáticas que contemplam os gêneros artigo de opinião e poema, captadas de um site de domínio público, destinadas aos estudantes dos anos finais do Ensino Fundamental. Adotaremos como referencial teórico para a nossa pesquisa a abordagem dos gêneros textuais proposta por Bakhtin (2003) e Marcuschi (2008); já para nortear a discussão sobre sequência didática utilizaremos os pressupostos teóricos de Schneuwly e Dolz (2004). Considerando a experiência alcançada através da utilização do material selecionado para análise no processo de formação de professores do 6º ao 9º ano, podemos adiantar que há um significativo distanciamento entre a orientação teórica dos pesquisadores que norteiam o trabalho com sequências didáticas e as atividades propostas a partir do estudo dos gêneros artigo de opinião e poema. A nossa perspectiva é que os professores de Língua Portuguesa se apropriem das orientações teóricas que fundamentam o ensino produtivo das sequências didáticas, conhecimento que contribui para o desenvolvimento de uma visão crítica do docente acerca das atividades prontas disponíveis na internet sob o rótulo de sequências didáticas, mas que correspondem parcialmente às etapas que constituem esse processo de produção escrita sistematizado em ações sequenciais previamente definidas.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.