Artigo Anais IV SINALGE

ANAIS de Evento

ISSN: 2527-0028

O BIFE, A PIPOCA E UMA PROPOSTA: ESTRATÉGIAS DE LEITURA NO ENSINO FUNDAMENTAL

Palavra-chaves: ESTRATÉGIA DE LEITURA, FORMAÇÃO DE LEITORES, FRUIÇÃO ESTÉTICA Comunicação Oral (CO) GT17-LITERATURA INFANTOJUVENIL E DIVERSIDADE DE GÊNEROS LITERÁRIOS Publicado em 27 de abril de 2017

Resumo

A abordagem do texto literário em sala de aula sempre apresentou problemas. A ausência de formação inicial e continuada, que capacite o docente para o trabalho adequado com este texto, bem como a existência de um cunho pedagogizante, que a muito permeia as relações entre o texto infanto-juvenil e a educação, são alguns deles. Neste artigo apresentaremos uma possibilidade de trabalho docente com o conto O bife e a Pipoca, publicado no livro Tchau (1984), de Lygia Bojunga Nunes, por meio de estratégias de leitura, a saber: conexão, visualização e sumarização. Duas razões justificam essas delimitações: o fato de as estratégias de leitura, quando bem mediadas, assumirem papel determinante para a formação leitora e a necessidade de repensar metodologias que sistematizem as práticas de leitura e considerem a dimensão artística e lúdica da literatura, promovendo a fruição estética. Para os objetivos desse artigo, planejamos nossas atividades considerando um público dos anos finais do ensino fundamental, pois, conforme presumem os documentos parametrizadores da educação brasileira, este é um período decisivo para a formação de leitores. Ancorados nos princípios metodológicos apresentados por Solé (1998), organizamos nossa proposta em três momentos: antes, durante e após a leitura. Tomaremos como fonte os estudos desenvolvidos por Girotto e Souza (2010) sobre as estratégias de leitura e adotaremos as discussões de Cosson (2014), sobre literatura na escola.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.