Artigo Anais IV SINALGE

ANAIS de Evento

ISSN: 2527-0028

Visualizações: 229
LENDO LITERATURA E CINEMA: O TEXTO CINEMATOGRÁFICO COMO MOTIVADOR PARA LEITURA DO TEXTO LITERÁRIO

Palavra-chaves: CINEMA, LITERATURA, FORMAÇÃO DO LEITOR LITERÁRIO Comunicação Oral (CO) GT17-LITERATURA INFANTOJUVENIL E DIVERSIDADE DE GÊNEROS LITERÁRIOS Publicado em 27 de abril de 2017

Resumo

Um dos maiores e mais ousados desafios da escola é propiciar aos educandos momentos que possam despertar-lhes o gosto pela leitura, afeição ao livro e a sede pela descoberta. Sendo assim, este artigo propõe um estudo do ensino da literatura na escola por meio do contato com a obra literária e sua respectiva adaptação cinematográfica, tendo como sujeitos de investigação alunos de uma turma do 9º ano do Ensino Fundamental de uma escola da rede pública estadual de ensino na cidade de Sapé – PB, caracterizados como leitores em formação, com pouco ou nenhum contato espontâneo com a literatura. Portanto, sujeitos leitores cujas habilidades de estabelecer relações lógico-discursivas presentes nos textos e de ler e interligar elementos de diferentes linguagens necessitam ser desenvolvidas. Este trabalho fundamenta-se em vários estudos teóricos dentre os quais destacamos: a perspectiva da análise semiótica e do conceito de leitor imersivo de Santaella (2012); a relação do modelo interacional de Kleiman (2008); no que se refere às práticas de leitura e letramento literário, utilizamos as contribuições de Cosson (2012); e para a relação entre cinema e literatura, utilizamos o aporte teórico de Stam (2008) e Figueiredo (2010). Para este estudo, partimos da hipótese de que a relação entre literatura e cinema pode aproximar o aluno do texto literário por meio da construção de referências visuais e análise das diferentes possibilidades narrativas próprias das linguagens literária e cinematográfica. Para as atividades de leitura propostas, foram escolhidos o longa-metragem O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares, dirigido por Tim Burton (2016) e o romance homônimo, escrito por Ransom Riggs (2012).

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.