Artigo Anais IV SINALGE

ANAIS de Evento

ISSN: 2527-0028

CONCEPÇÃO DE SUJEITO NA EDUCAÇÃO FÍSICA: UM ESTUDO COM ALUNOS DO 9º ANO DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE CAMPINA GRANDE, PARAÍBA, BRASIL

Palavra-chaves: PRÁTICAS PEDAGÓGICAS, EDUCAÇÃO FÍSICA, CONSTRUÇÃO DE SUJEITOS Comunicação Oral (CO) GT01-FORMAÇÃO DOCENTE E CONTEMPORANEIDADE Publicado em 27 de abril de 2017

Resumo

Este trabalho corresponde a uma síntese de uma dissertação defendida no curso de mestrado em Ciências da Educação do curso de Pós-graduação da Universidad de Desarrollo Sustentable – UDS/Assunção, Paraguai. O objetivo do estudo foi compreender o processo de construção do sujeito a partir das concepções dos mesmos. A questão orientadora foi: qual concepção de sujeito a Educação Física produz? Para analisar este processo buscamos o levantamento de dados em uma escola da rede municipal de ensino em uma turma do 9º ano do ensino fundamental. Como técnicas para levantar os dados necessários à análise do objeto investigado, recorremos à observação e a entrevista. A observação foi realizada durante um período aproximado de três meses. As entrevistas aconteceram logo após o período de observações. Foram realizadas com uma amostra de treze alunos, entre meninos e meninas. Os resultados indicaram uma precária formação de sujeito, sobretudo marcada por um contexto em que o discurso e a prática não se coadunam, ausência de articulação entre conteúdos e componentes curriculares na escola, concentração de conteúdos centralizados na saúde e no esporte, vistos de forma separada e ausência de práticas dialógicas com base em pressupostos filosóficos e sociológicos, significando o desenvolvimento de uma área de conhecimento que ainda se ressente de estudos e práticas que rompam com o paradigma deveras antigo de exercer a prática pela prática, desprovidas de ações teórico-metodológicas coerente com a construção de sujeitos críticos, atuantes e imbrincados com uma sociedade mais justa, menos doentia e mais humana.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.