Artigo Anais IV SINALGE

ANAIS de Evento

ISSN: 2527-0028

ANÁLISE DA HETEROGENEIDADE DISCURSIVA DIANTE A LEGALIZAÇÃO DO ABORTO VISTOS POR MEIO DE COMENTÁRIOS DE UM ARTIGO DE OPINIÃO POSTADO EM UM BLOG

Palavra-chaves: DISCURSO, HETEROGENEIDADE, ABORTO Comunicação Oral (CO) GT15-ESTUDOS DE LÍNGUAS E LITERATURAS ESTRANGEIRAS E FORMAÇÃO DOCENTE (ESPANHOL) Publicado em 27 de abril de 2017

Resumo

A formação discursiva possibilita aquilo que pode e não pode ser dito, tomando por base o lugar social, sendo esta não homogênea, toma assim a forma ideológica diante da posição do sujeito. Este conceito de formação discursiva é posto pela Análise do Discurso - AD, configurando-se como um discurso ideológico, vindo a constitui-se como um conjunto de atitudes e representações dos sujeitos de forma que não é individual, quanto menos universal, mas que apresenta-se sempre em relação com os conflitos dos outros. Por isso, o objetivo deste trabalho é analisar o processo de heterogeneidade discursiva posta em comentários de um blog a partir de um artigo de opinião, que tem como assunto a ser abordado a legalização do aborto, esses comentários irão mostrar opiniões contra e a favor deste assunto. Nessa sentido, utilizaremos como corpus desta pesquisa o artigo de opinião, disponibilizado em um blog, juntamente com quatro comentários feitos a partir do que é defendido no artigo sendo que dois deles são a favor por entender que deve-se respeitar uma decisão que só cabe a mulher tomar já que é um assunto delicado e que envolve muitas questões inclusive seu próprio corpo, os outros dois são contra por entender que a vida começa logo na fecundação e que não se deve atentar contra um ser indefeso já que isso é contra a lei divina. Por isso, mesmo sendo um tema polêmico, não se trabalha mais com tanto tabu sobre ele, talvez pela luta que é travada em prol da legalização do aborto. E como fundamentação teórica adotada temos Mussalim (2003) e Maingueneau (1997) que todavia fornece a base da AD. Logo, falar sobre essa temática implica em considerar não apenas a lei mas também a formação ideológica em que cada pessoa foi estruturada o que cada família prega e respeita, o que foi ensinado como certo e errado e tantos outros fatores como: igreja, religião, o que dizem os médicos sobre quando começa a vida e muito outros, e são todos esses fatores que fazem com que esse tema tenha posicionamentos contra, mas também a favor.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.