Artigo Anais IV SINALGE

ANAIS de Evento

ISSN: 2527-0028

Visualizações: 222
ADEQUAÇÕES CURRICULARES PARA ALUNOS COM DEFICIÊNCIA NO TRABALHO COM GÊNEROS TEXTUAIS EM AULAS DE LÍNGUA ESTRANGEIRA

Palavra-chaves: INCLUSÃO, PIBID, ADEQUAÇÃO CURRICULAR, GÊNEROS TEXTUAIS Comunicação Oral (CO) GT14-ESTUDOS DE LÍNGUA INGLESA E FORMAÇÃO DOCENTE Publicado em 27 de abril de 2017

Resumo

No Brasil, várias pesquisas sobre o ensino de línguas estrangeiras voltado para fortalecer a inclusão de pessoas com deficiência têm sido desenvolvidas nos últimos anos. Dialogando com essas pesquisas, esse trabalho enfoca uma experiência de ensino para alunos com deficiência – Síndrome de Down e deficiência intelectual leve – em uma escola de ensino fundamental da cidade de João Pessoa, dentro do subprojeto Pibid Letras Inglês da Universidade Federal da Paraíba nos anos de 2015 e 2016. O objetivo é explorar de que forma alguns gêneros textuais foram trabalhados através da utilização de recursos multimodais e de adequações de tarefas para possibilitar a construção de sentidos e o engajamento discursivo dos alunos com deficiência presentes nas aulas de língua inglesa. Parte-se do princípio de que as adequações curriculares são formas de criar possibilidades educacionais para atuar diante das dificuldades de aprendizagem dos alunos, de forma a atender as necessidades individuais de cada um, estabelecendo uma relação coerente entre as necessidades dos aprendizes e o currículo, tornando-o mais flexível e considerando desde o que e como ensinar, até a seleção dos conteúdos mais significativos para cada aluno. Discutiremos os princípios que orientaram a seleção e a exploração pedagógica dos gêneros textuais e apresentaremos fragmentos das atividades propostas para exemplificar o trabalho realizado. Espera-se que o compartilhamento dessa experiência possa contribuir para que a proposta do ensino de língua inglesa através da perspectiva de gêneros textuais seja implementada de forma inclusiva, empoderando todos os alunos para fazer uso de práticas de linguagem relevantes na sociedade atual, sem preconceitos ou restrições.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.