Artigo Anais I CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

UM NOVO OLHAR SOBRE AS QUEDAS EM IDOSOS: PROPOSTA DE DIAGNÓSTICO AMBIENTAL E PREVENÇÃO

Palavra-chaves: IDOSO, ACIDENTES POR QUEDAS, HABITAÇÃO Tema Livre (TL) / Oral Papers Submission AT 13: ACESSIBILIDADE E MOBILIDADE URBANA PARA A PESSOA IDOSA
"2016-11-23 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 24730
    "edicao_id" => 51
    "trabalho_id" => 365
    "inscrito_id" => 1284
    "titulo" => "UM NOVO OLHAR SOBRE AS QUEDAS EM IDOSOS: PROPOSTA DE DIAGNÓSTICO AMBIENTAL E PREVENÇÃO"
    "resumo" => "O envelhecimento populacional implica na necessidade de um novo olhar para prevenção de quedas e segurança domiciliar do idoso, principalmente diante da evidência de que os idosos ficam a maior parte de seu tempo em casa. O objetivo principal deste estudo é implantar uma estratégia de ação para prevenção de quedas em pessoas idosas, a partir da elaboração de um guia de segurança ambiental e utilização da caderneta de saúde da pessoa idosa. Foi realizada uma pesquisa ação com uma das etapas de diagnóstico feita a partir de um estudo analítico e observacional com abordagem quantitativa em 288 idosos, através do método de amostra probabilística aleatória simples (p=0,30 e e=0,05). Utilizou-se questionários pertencentes à caderneta de saúde da pessoa idosa. Capacitaram-se os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) no reconhecimento e identificação dos riscos ambientais de quedas do domicilio da pessoa idosa através de um Guia produzido pelas autoras, fruto da intervenção da pesquisa, intitulado: Lar seguro, idoso ativo. Verificou-se que o ambiente domiciliar do idoso é inseguro. O banheiro é o cômodo mais inseguro. Foi observada queda em 24,65% dos entrevistados tendo a maioria ocorrido dentro de casa (63,38%). 23,94% das quedas resultaram em algum tipo de fratura e 21,13% dos idosos afirmaram ter paralisado suas atividades por medo de cair novamente.15,49% caíram mais de uma vez no ano. Os itens de segurança só foram encontrados em domicílios em que o idoso sofreu alguma queda, evidenciando a falta de prevenção."
    "modalidade" => "Tema Livre (TL) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "AT 13: ACESSIBILIDADE E MOBILIDADE URBANA PARA A PESSOA IDOSA"
    "palavra_chave" => "IDOSO, ACIDENTES POR QUEDAS, HABITAÇÃO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV054_MD2_SA14_ID1284_09102016223652.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:10"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:04:56"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ZULEIKA DANTAS DO VALE TAVARES"
    "autor_nome_curto" => "ZULEIKA TAVARES"
    "autor_email" => "zuleikat@bol.com.br"
    "autor_ies" => "UFRN"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-cneh"
    "edicao_nome" => "Anais I CNEH"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/cneh/2016"
    "edicao_logo" => "5e49f6afa2a77_16022020231303.png"
    "edicao_capa" => "5f183e7033782_22072020102608.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-11-23 00:00:00"
    "publicacao_id" => 34
    "publicacao_nome" => "Anais CNEH"
    "publicacao_codigo" => "2526-1908"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 24730
    "edicao_id" => 51
    "trabalho_id" => 365
    "inscrito_id" => 1284
    "titulo" => "UM NOVO OLHAR SOBRE AS QUEDAS EM IDOSOS: PROPOSTA DE DIAGNÓSTICO AMBIENTAL E PREVENÇÃO"
    "resumo" => "O envelhecimento populacional implica na necessidade de um novo olhar para prevenção de quedas e segurança domiciliar do idoso, principalmente diante da evidência de que os idosos ficam a maior parte de seu tempo em casa. O objetivo principal deste estudo é implantar uma estratégia de ação para prevenção de quedas em pessoas idosas, a partir da elaboração de um guia de segurança ambiental e utilização da caderneta de saúde da pessoa idosa. Foi realizada uma pesquisa ação com uma das etapas de diagnóstico feita a partir de um estudo analítico e observacional com abordagem quantitativa em 288 idosos, através do método de amostra probabilística aleatória simples (p=0,30 e e=0,05). Utilizou-se questionários pertencentes à caderneta de saúde da pessoa idosa. Capacitaram-se os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) no reconhecimento e identificação dos riscos ambientais de quedas do domicilio da pessoa idosa através de um Guia produzido pelas autoras, fruto da intervenção da pesquisa, intitulado: Lar seguro, idoso ativo. Verificou-se que o ambiente domiciliar do idoso é inseguro. O banheiro é o cômodo mais inseguro. Foi observada queda em 24,65% dos entrevistados tendo a maioria ocorrido dentro de casa (63,38%). 23,94% das quedas resultaram em algum tipo de fratura e 21,13% dos idosos afirmaram ter paralisado suas atividades por medo de cair novamente.15,49% caíram mais de uma vez no ano. Os itens de segurança só foram encontrados em domicílios em que o idoso sofreu alguma queda, evidenciando a falta de prevenção."
    "modalidade" => "Tema Livre (TL) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "AT 13: ACESSIBILIDADE E MOBILIDADE URBANA PARA A PESSOA IDOSA"
    "palavra_chave" => "IDOSO, ACIDENTES POR QUEDAS, HABITAÇÃO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV054_MD2_SA14_ID1284_09102016223652.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:10"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:04:56"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ZULEIKA DANTAS DO VALE TAVARES"
    "autor_nome_curto" => "ZULEIKA TAVARES"
    "autor_email" => "zuleikat@bol.com.br"
    "autor_ies" => "UFRN"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-cneh"
    "edicao_nome" => "Anais I CNEH"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/cneh/2016"
    "edicao_logo" => "5e49f6afa2a77_16022020231303.png"
    "edicao_capa" => "5f183e7033782_22072020102608.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-11-23 00:00:00"
    "publicacao_id" => 34
    "publicacao_nome" => "Anais CNEH"
    "publicacao_codigo" => "2526-1908"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 23 de novembro de 2016

Resumo

O envelhecimento populacional implica na necessidade de um novo olhar para prevenção de quedas e segurança domiciliar do idoso, principalmente diante da evidência de que os idosos ficam a maior parte de seu tempo em casa. O objetivo principal deste estudo é implantar uma estratégia de ação para prevenção de quedas em pessoas idosas, a partir da elaboração de um guia de segurança ambiental e utilização da caderneta de saúde da pessoa idosa. Foi realizada uma pesquisa ação com uma das etapas de diagnóstico feita a partir de um estudo analítico e observacional com abordagem quantitativa em 288 idosos, através do método de amostra probabilística aleatória simples (p=0,30 e e=0,05). Utilizou-se questionários pertencentes à caderneta de saúde da pessoa idosa. Capacitaram-se os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) no reconhecimento e identificação dos riscos ambientais de quedas do domicilio da pessoa idosa através de um Guia produzido pelas autoras, fruto da intervenção da pesquisa, intitulado: Lar seguro, idoso ativo. Verificou-se que o ambiente domiciliar do idoso é inseguro. O banheiro é o cômodo mais inseguro. Foi observada queda em 24,65% dos entrevistados tendo a maioria ocorrido dentro de casa (63,38%). 23,94% das quedas resultaram em algum tipo de fratura e 21,13% dos idosos afirmaram ter paralisado suas atividades por medo de cair novamente.15,49% caíram mais de uma vez no ano. Os itens de segurança só foram encontrados em domicílios em que o idoso sofreu alguma queda, evidenciando a falta de prevenção.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.