Artigo Anais I CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

Visualizações: 248
QUALIDADE DE VIDA DE IDOSOS LONGEVOS SEGUNDO SUA CARACTERIZAÇÃO SÓCIODEMOGRÁFICA

Palavra-chaves: QUALIDADE DE VIDA, IDOSOS, BEM ESTAR Pôster (PO) / Poster Submission AT 7: ENVELHECIMENTO ATIVO E QUALIDADE DE VIDA Publicado em 23 de novembro de 2016

Resumo

A qualidade de vida das pessoas é uma tema a ser amplamente discutido na sociedade contemporânea diante do aumento da expectativa de vida e do envelhecimento da população. Observa-se no cenário atual uma população idosa em crescimento e um envelhecimento distante da qualidade de vida ideal. O presente estudo tem como objetivo avaliar a qualidade de vida de idosos longevos a partir do seu perfil sócio demográfico. Estudo descritivo de delineamento transversal e abordagem quantitativa realizado no município de Vitória da Conquista, Ba. Os participantes foram 69 idosos de ambos os sexos que obedeceram aos seguintes critérios de inclusão: idade igual ou superior a 60 anos, lúcido e orientado quanto ao tempo e espaço, os critérios de exclusão foram apresentar algum tipo de deficiência visual ou auditiva que impossibilitasse a aplicação do instrumento. O instrumento foi aplicado por meio de entrevista em busca das características sociodemográficas e da qualidade de vida dos idosos com a aplicação do questionário WHOQOL- BREF. Após a coleta de dados estes foram submetidos ao software SPSS versão 23.0 que possibilitou a análise de dados. O Projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa sob o parecer n. 1.670.007 obedecendo aos critérios de segurança e sigilo das informações em pesquisas que envolvem seres humanos e em conformidade com a resolução 466/12 através da obtenção e assinatura do Termo de Consentimento Livre esclarecido. Constatou-se no presente estudo que houve uma maior distribuição de idosos do sexo feminino (83,1%), com ensino médio completo (16,9%), casados (42,5%) e com renda familiar de 1 a 3 salários mínimos (45,8%). Quanto a qualidade de vida observou-se que esta se encontra mais comprometida nos domínios psicológico (51,30 pontos) e ambiente (59,98 pontos). Conclui-se que a qualidade de vida de idosos longevos da população estudada encontra-se comprometida nos domínios psicológicos e de ambiente num grupo com perfil sócio demográfico de mulheres, com nível de escolaridade incompleto, casadas e com renda familiar de 1 a 3 salários mínimos. Os resultados deste estudo podem contribuir para a fundamentação e o desenvolvimento de atividades voltadas para o bem estar e a qualidade de vida do idoso principalmente no que diz respeito ao ambiente em que ele está inserido e os fatores psicológicos que o cercam.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.